ministeriohorafinal

YAHU-Khánam (João)

YAHU-Khánam (João)

YAHUKHANAM 1

Hol-MEHUSHKHAY
(O Messias), a Palavra eterna

1-No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com YAHU UL, e a Palavra era YAHU ULHÍM, o Criador Eterno.

2-Aquele que é a Palavra sempre esteve com YAHU UL.

3-Criou tudo o que existe e nada existe que não tenha sido feito por ele.

4-Nele está a vida eterna, e essa vida dá luz a toda a humanidade.

5-A sua vida é a luz que brilha nas trevas, e estas nunca poderão pôr fim a essa luz.

6-7- YAHU UL enviou YAHUKhanam Batista para dar testemunho da verdadeira luz.

8- YAHUKhanam não era a luz, mas apenas uma testemunha para que essa luz pudesse ser conhecida.

9-Mais tarde, veio aquele que é a verdadeira luz para brilhar sobre todo o ser humano.
10-Esteve neste mundo, que foi criado por ele, mas não o conheceram.

11-Veio para o seu povo e os seus não o receberam.

12-Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos Filhos de YAHU UL; a saber: aos que creem no seu (Nome)Shúam;

13- os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne,
nem da vontade do varão, mas de YAHU UL.

14-A Palavra tornou-se homem e viveu aqui na terra entre nós, cheio de amor e perdão, cheio de verdade. E vimos a sua glória, a glória do ha-BOR único de YAHU ABí.

15- YAHUKhanam  deu testemunho dele clamando à multidão: Eis aquele de quem eu falava quando disse: Esse que vem depois de mim é muito maior do que eu, porque existia antes de mim.

.
16-17-Todos nós recebemos da abundância dos seus bens, e a sua graça contínua. Mehushua deu-nos a lei, mas YAHUSHUA hol-MEHUSHKHAY trouxe-nos a graça e a verdade.

18-Nunca ninguém viu YAHU UL. Mas o seu ha-BOR único, que vive na
intimidade de YAHU ABí, no-lo revelou.

YAHUKHANAM
Batista nega ser hol-MEHUSHKHAY

19-Os chefes YAHÚ-dim enviaram intermediários e intermediários auxiliares desde YAHUSHUA-oléym para perguntarem a YAHUKHANAM: Quem és tu?

20-E ele afirmou-lhes claramente:Eu não sou hol-MEHUSHKHAY.

21-Então quem és tu?, repetiram. Serás Uli-YAHU?Não, respondeu.Serás o profeta? Não.

22-Então quem és? É preciso que nos digas para que possamos responder aos que nos enviaram. Que tens a dizer de ti mesmo?

23- YAHUKhanam respondeu: Sou, como anunciou YASHUAYAHU,Uma voz vinda do deserto e que grita: Preparem-se para a vinda de YAHU ULHÍM!

.
24-25-Então os enviados, que eram Farsyím, perguntaram a YAHUKHANAM Batista: Se não és ha-MEHUSHKHAY, nem Uli-YAHU, nem o profeta, porque batizas tu?

26-27-Eu batizo com água, mas aqui nesta multidão está alguém que não conhecem, e que em breve começará a sua obra no vosso meio; eu nem sequer sou digno de lhe descalçar o calçado.

28-Deu-se isto em Bóhay-Anyáo, uma localidade do outro lado do YArdayán, onde YAHUKhanam batizava.

YAHUSHUA o
Cordeiro de YAHU UL

29-31-No dia seguinte, YAHUKHANAM viu YAHUSHUA aproximar-se e disse: Olhem, ali está o Cordeiro de YAHU UL, que tira o pecado do mundo. É ele de quem eu falava quando disse: Em breve virá um muito maior do que eu e que já existia antes de mim. Eu não sabia que era ele, mas eu tenho estado a batizar com água a fim de o revelar ao povo de YAshorúl.

32-Então YAHUKHANAM contou como vira o RÚKHA hol-HODSHUA (Espírito Santo) descer do céu com a forma de uma pomba e pousar sobre YAHUSHUA.

33-34-Não sabia que era ele, repetiu YAHUKhanam , mas, quando YAHU UL me enviou para batizar, disse-me: Quando vires o RÚKHA hol-HODSHUA descer e pousar sobre alguém, esse é aquele que batizará com o RÚKHA hol-HODSHUA. Vi isso acontecer e dou testemunho de que é ha-BOR de YAHU UL.

Os primeiros
discípulos de YAHUSHUA

35-36-No dia seguinte, estando YAHUKhanam com dois dos seus discípulos, YAHUSHUA passou junto deles. YAHUKhanam disse: Aqui está o cordeiro de YAHU UL!

37-Então os dois discípulos de YAHUKhanam voltaram-se e seguiram YAHUSHUA.

38-Olhando para trás,YAHUSHUA viu que eles o seguiam: Que querem?, perguntou-lhes. YAHU UL, onde vives?

39-Venham ver. Assim, foram até ao lugar onde morava, e com ele ficaram desde cerca das quatro daquela tarde até ao fim do dia.

40-Um destes homens era Andorúl, irmão de Shamiúl Kafos.

41-Então Andorúl foi à procura de seu irmão Kafos e disse-lhe: Encontramos hol-MEHUSHKHAY! (quer dizer o Messias).

42-E levou-o para que conhecesse YAHUSHUA. Este olhou para Kafos durante um tempo e disse: Tu és Shamiúl, filho de YAHUKhanam, mas serás chamado Kafos.

YAHUSHUA
chama Felipe e Naokhan-Úl

43-Um dia depois, YAHUSHUA resolveu ir para a Galileia e, encontrando Felipe, disse-lhe: Vem comigo.

44-Felipe era de Bóhay Shua-odái, a terra natal de Andorúl e de KAFOS.

.
45-Felipe, por sua vez, foi ter com Naokhan-Úl e contou-lhe: Encontramos aquele acerca de quem Mehushua e os profetas escreveram! O seu (Nome) Shúam é YAHUSHUA, filho de YAHU-saf, de Nudtzoróth.

.

46-De Nudtzoróth?, perguntou Naokhan-Úl admirado. Poderá vir daí alguma coisa boa? e vê!, disse Felipe.

47-Ao aproximarem-se, YAHUSHUA disse: Aí vem um homem honesto, um verdadeiro filho de YAshorúl.

.

48-Como sabes o que sou?, perguntou Naokhan-Úl. YAHUSHUA respondeu: Vi-te debaixo da figueira, ainda antes de Felipe te ter encontrado.

.

49-Então Naokhan-Úl replicou: Maoro-éh, tu és ha-BOR de YAHU UL, o Rei de YAshorúl!

.
50-YAHUSHUA perguntou-lhe: Acreditas nisso só por eu te dizer que te tinha visto debaixo da figueira? Terás provas muito mais fortes do que esta.

51-A verdade é que vocês hão-de ver o céu aberto e os anjos de YAHU UL indo e vindo sobre mim, ha-BOR do Homem.

YAHUKHANAM 2

YAHUSHUA
transforma água em vinho

1-2-Passados dois dias, a mãe de YAHUSHUA foi convidada para um casamento na aldeia de Caná,na Galileia. YAHUSHUA e os seus discípulos também foram convidados.

3-A certa altura da celebração, o vinho acabou-se e a mãe de YAHUSHUA procurou-o para resolver o problema.

4-As tuas preocupações não são as minhas, respondeu. Aliás, ainda não chegou a minha hora.

5-A sua mãe recomendou aos criados: Façam tudo o que ele vos disser.

6-8-Encontravam-se ali seis jarros de pedra que eram utilizados para as celebração de purificação dos YAHÚ-dim e que levavam entre 75 e 115 litros cada. YAHUSHUA disse aos criados que os enchessem até acima com água. Feito isto, ordenou: Tirem algum e levem-no ao chefe de celebração. Assim o fizeram.

9-Quando este provou a água transformada em vinho, e não sabendo qual a sua origem (embora os criados o soubessem), chamou o noivo:

10-É costume o dono da casa gastar primeiro o vinho melhor e depois, quando todos se fartaram, apresentar o vinho inferior. Mas vocês guardaram o melhor para o fim.

11-Este milagre de Caná da Galileia foi a primeira manifestação pública que YAHUSHUA deu do Poder Divino. E os seus discípulos acreditavam que era realmente hol-MEHUSHKHAY.

.
12-Depois deste banquete de casamento, foi para Kefár-Naokhem com a mãe, os irmãos e os discípulos, e permaneceram ali alguns dias.

YAHUSHUA no
Templo

13-Veio a celebração YAHÚ-di da PósqaYA, e YAHUSHUA foi a YAHUSHUA-oléym.

14-16-No recinto do Templo, viu comerciantes que vendiam gado, ovelhas e rolas para os sacrifícios, e cambistas que trocavam dinheiro sentados atrás de bancas. Com cordas, YAHUSHUA fez um chicote e pô-los fora do Templo, assim como os bois e ovelhas, espalhando o dinheiro dos que faziam negócio, e derrubando as mesas. Dirigindo-se aos vendedores de pombos, mandou: Tirem isto daqui! Não façam da casa de meu YAHU ABí uma feira!

17-Os discípulos lembraram-se então disto, que as Qaotáv dizem: Arde em mim um grande zelo com a tua casa!

18-Com que direito os mandas sair daqui?, inquiriram os YAHÚ-dim. Se a tua autoridade vem de YAHU UL, mostra-nos um milagre que a prove.

19-Está bem, este será o milagre que vos farei: destruam este Templo, que eu em três dias o porei novamente de pé.

20-O quê?, exclamaram! Se o Templo levou quarenta e seis anos a construir, tu poderás refazê-lo em três dias?

21-22-Mas o Templo do que ele falava era o seu corpo. Depois de ter ressuscitado, os discípulos lembraram-se destas palavras e compreenderam que a frase que ele tinha citado das Qaotáv dizia respeito a si próprio.

23-25-Por causa dos milagres que fez em YAHUSHUA-oléym durante a celebração da PósqaYA, muitas pessoas creram nele. YAHUSHUA, porém, não confiava nelas, pois conhecia bem as pessoas. Não era preciso ninguém dizer-lhe como é a natureza humana, nem o que está dentro dela.

YAHUSHUA
ensina Nakdímos

1-2-Certa noite, um chefe religioso chamado Nakdímos, um Farsyí, procurou YAHUSHUA: Maoro-éh, todos sabemos que YAHU UL te enviou para nos ensinares, e bastam os teus milagres para o provar.

3-YAHUSHUA retorquiu: Digo-te muito seriamente que, se alguém não nascer de novo, não poderá ver o reino de YAHU UL.

4-Que queres dizer com isso?, exclamou Nakdímos. Como pode uma pessoa voltar para o ventre de sua mãe e nascer outra vez?

5-7-YAHUSHUA respondeu: O que tão seriamente te digo é isto: aquele que não nascer da água e do RÚKHA não pode entrar no reino de YAHU UL. Os homens só conseguem reproduzir vida humana, mas o RÚKHA hol-HODSHUA dá vida Espiritual; por isso não te admires de te ter dito que precisas de nascer de novo.

8-Assim como ouves o vento, mas não sabes donde vem nem para onde vai, assim se passa com aquele que é nascido do RÚKHA.

9-Que queres dizer?, perguntou Nakdímos.

10-13-YAHUSHUA respondeu: Então tu, um respeitado ensinador, não compreendes estas coisas? Estou a dizer-te aquilo que sei e que vi, e, contudo, não queres acreditar em mim. Mas, se nem sequer acreditas em mim enquanto te falo nestas coisas que acontecem aqui entre os homens, como poderás crer se te falar de coisas celestiais? Pois só eu, ha-BOR do Homem, desci à terra e voltarei novamente para o céu.

14-15-Assim como Mehushua ergueu no deserto a figura de uma serpente, assim também eu irei ser levantado, para que todo aquele que crer em mim tenha a vida eterna.

16- YAHU UL amou tanto o mundo que deu o seu único ha-BOR para que todo aquele que nele crê não se perca espiritualmente, mas tenha a vida eterna.

17- YAHU UL não mandou o seu ha-BOR para condenar o mundo, mas para o salvar.

18-Para os que confiam nele como MihushuaYA não há condenação eterna. Mas os que não confiam nele já estão julgados e condenados por não crerem no Shúam (Nome) do ha-BOR único de YAHU UL.

19-E são condenados por a luz do céu ter vindo ao mundo mas eles preferirem as trevas à luz, pois só fazem o mal.

20-Eles odeiam a luz celestial porque querem pecar nas trevas. Afastam-se da luz com medo de os seus pecados serem postos às claras e sofrerem castigo.

21-Mas os que procedem bem procuram a luz para que todos vejam que estão a fazer o que YAHU UL deseja.

O testemunho de YAHUKHANAM Batista sobre YAHUSHUA

22-Depois disto, YAHUSHUA e os discípulos saíram de YAHUSHUA-oléym e ficaram durante algum tempo na YAHUDAH, batizando ali.

23-24-Nessa altura, YAHUKHANAM Batista não estava ainda preso. Batizava em Enom, perto de Salim, porque ali havia água em abundância, e o povo vinha ter com ele para ser batizado.

25-Um dia,alguém começou a discutir com os discípulos de YAHUKHANAM acerca de questões relacionadas com a purificação.

26-Foram então ter com YAHUKHANAM e informaram-no: Maoro-éh, o homem que conheceste do outro lado do rio Yardayán, aquele que afirmaste ser o enviado de YAHU UL, anda também a batizar, e toda a gente vai lá ter com ele.

27- YAHUKHANAM esclareceu: Uma pessoa só pode receber o que lhe for dado do céu. O meu trabalho é preparar o caminho para aquele Homem, para que todos o procurem.

28-Vocês próprios sabem como eu sempre disse que não sou hol-MEHUSHKHAY. Estou aqui para lhe preparar o caminho.

29-As pessoas procuram, naturalmente, aquilo que mais as atrai – a noiva vai para junto do noivo. Os amigos do noivo alegram-se com ele. Ora, eu sou o amigo do noivo, e o seu triunfo enche-me de alegria.

30-Ele deve tornar-se cada vez maior, e eu cada vez mais pequeno.

31-34-Ele veio do céu e é maior do que ninguém. Eu sou da terra e o meu entendimento limita-se às coisas terrenas. Ele fala do que viu e ouviu, mas são poucos os que acreditam nas suas palavras! Os que nele creem descobrem que YAHU UL é a fonte da verdade. Pois esse, o enviado de YAHU UL, fala as palavras de YAHU UL, porque o RÚKHA-YAHU está sobre ele, sem medida nem limite.

35-36-O YAHU ABí ama ha-BOR, e deu-lhe autoridade sobre tudo o que existe. E todos os que creem nele, em ha-BOR de YAHU UL, têm a vida eterna; os que não creem nunca participarão da vida eterna, antes a ira de YAHU UL permanece sobre eles.

YAHUKHANAM 4

YAHUSHUA
conversa com a mulher Shomoroniyá

1-2-Os Farsyím (Fariseus) ouviram dizer que YAHUSHUA estava a batizar e a ganhar mais discípulos que YAHUKHANAM (embora de fato não era YAHUSHUA que batizava, mas os seus discípulos).

3Quando YAHU UL constatou isso, deixou a YAHUDAH e voltou para a província da Galileia.

4-6Para isso, tinha de atravessar Shuamor-YAHU. Cerca do meio-dia, ao aproximar-se da localidade de Sicar, chegou ao poço de YAHUCAF, no terreno que este dera a seu filho YAHU-saf. Cansado da longa caminhada, YAHUSHUA sentou-se junto ao poço.

7-Apareceu uma samaritana para tirar água, e YAHUSHUA pediu-lhe: Dá-me de beber.

8-(Os discípulos tinham ido à aldeia comprar comida.)

9-A mulher estava admirada, pois os YAHÚ-dim não comunicam com os
Shomroním, e disse: Como, sendo tu YAHÚ-di, me pedes de beber a mim, que sou samaritana?

10-YAHUSHUA respondeu: Se ao menos compreendesses o Dom Maravilhoso que YAHU UL tem para ti e quem Eu Sou, serias tu a pedir-me que te desse água viva.

11-12-Mas tu não tens com que a tirar, tornou ela, e o poço é fundo. Onde ias buscar essa água viva? Além disso, serás maior que o nosso antepassado YAHUCAF? Como poderás tu oferecer água melhor do que esta, que ele, os seus filhos e o seu gado beberam?

13-14-YAHUSHUA respondeu: As pessoas que bebem desta água depressa ficam outra vez com sede. Mas a água que eu lhes der torna-se numa fonte sem fim dentro delas, dando-lhes vida eterna.

15-Maór, dá-me dessa água, para não sentir mais sede e não ter de vir aqui tirar água!

16-Vai chamar o teu marido, disse-lhe YAHUSHUA.

17-Não tenho marido.YAHUSHUA disse: É verdade, não tens marido.

18-Porque tiveste cinco maridos e nem sequer estás casada com o homem com quem vives agora.

19-20- Maór, exclamou a mulher, deves ser profeta! Mas diz-me: porque é que vocês, YAHÚ-dim, teimam que YAHUSHUA-oléym é o único lugar de adoração? Para nós, Shomroním, esse lugar é aqui no monte Gerizim, onde os nossos antepassados adoravam.

21-24-YAHUSHUA esclareceu-a: Vem o tempo em que já não teremos que nos preocupar se YAHU ABí deve ser adorado aqui ou em YAHUSHUA-oléym, mas sim, se a nossa adoração é Espiritual e Autêntica. YAHU UL é RÚKHA; os que o adoram devem Adorá-lo em Espírito e em Verdade. É assim que YAHU ABí quer que o adoremos. Mas vocês Shomroním sabem bem pouco acerca dele, adorando-o às cegas, enquanto que nós, YAHÚ-dim, temos dele um conhecimento perfeito, pois é através dos YAHÚ-dim que a salvação vem ao mundo.

25-26-A mulher disse: Eu sei que há-de vir hol-MEHUSHKHAY, chamado Messias, e que quando vier nos explicará tudo.Então YAHUSHUA disse-lhe: Sou eu hol-MEHUSHKHAY.

27-Nesse momento chegaram os discípulos, que ficaram espantados ao encontrá-lo a falar com aquela mulher, mas ninguém lhe perguntou porquê.

28-30-A mulher deixou o balde junto ao poço e, voltando para a aldeia, disse a toda a gente: Venham ver um homem que me disse tudo o que eu fiz! Não será ele hol-MEHUSHKHAY (o Messias)? Então o povo veio a correr da localidade para o ver.

31-Entretanto, os discípulos insistiam com YAHUSHUA para que comesse.

32-Não, disse-lhes. Eu tenho um alimento que vocês não conhecem.

33-E puseram-se a perguntar uns aos outros quem lhe teria trazido
comida.

34-YAHUSHUA explicou: O meu alimento é fazer a vontade de YAHU UL, que me enviou, e terminar a sua obra.

35-Pensam, porventura, que a ceifa só começará quando o Verão acabar daqui a quatro meses? Olhem à vossa volta! Em torno de nós amadurecem vastos campos, já prontos para a ceifa.

36-Os ceifeiros recebem o seu salário e o fruto que colhem são pessoas trazidas para a vida eterna. E que alegria, tanto daquele que semeia como daquele que colhe!

37-38-Pois é bem verdade que um semeia o que outro irá colher. Mandei-vos colher onde não semearam; outros tiveram o trabalho e vocês receberam a colheita.

39-41-Muitos dos habitantes daquela terra samaritana creram em YAHUSHUA, levados por aquilo que a mulher afirmara: Disse-me tudo o que fiz! Os que foram vê-lo junto ao poço pediram-lhe que ficasse na sua aldeia, e YAHUSHUA assim fez durante dois dias, o suficiente para que muitos outros cressem depois de o ouvirem.

42-Então disseram à mulher: Agora acreditamos porque nós próprios o ouvimos e não apenas pelo que nos contaste. É, de fato, o MihushuaYA (Salvador) do mundo.

YAHUSHUA
cura o filho de um oficial

43-45-Depois de ter ficado ali dois dias, seguiu para a Galileia, embora ele próprio tivesse dito que um profeta tem honras em toda a parte menos na sua própria terra. Mas os galileus receberam-no de braços abertos, pois tinham estado em YAHUSHUA-oléym durante a celebração da PósqaYA e assistido aos seus milagres.

.
46-47-No decurso da sua deslocação através da Galileia, chegou à vila de Caná, onde tinha transformado a água em vinho. Enquanto ali esteve, um homem que morava na cidade de Kefár-NAOKHEM, funcionário do governo e cujo filho estava muito mal, ouviu dizer que YAHUSHUA viera da YAHUDAH e andava pela Galileia. Então foi a Caná e, encontrando YAHUSHUA, pediu-lhe que o acompanhasse a Kefár NAOKHEM e lhe curasse o filho que estava às portas da morte.

48-YAHUSHUA perguntou-lhe: Então nenhum de vocês acredita em mim a não ser vendo-me fazer milagres?

49-Mas o homem rogou-lhe: Molkhiúl, vem já, antes que o meu filho morra.

50-Volta para casa porque o teu filho vai sobreviver. O homem, crendo em YAHUSHUA, voltou para casa.

51-Ainda ia a caminho, saíram-lhe ao encontro alguns servos seus com
a notícia de que o seu filho já estava bom.

52-Perguntou-lhes quando fora que o jovem se sentira curado, e responderam: Ontem à tarde, por volta da uma hora, a febre desapareceu.

53-Então aquele pai compreendeu que isso sucedera no momento
em que YAHUSHUA lhe dissera: O teu filho vai sobreviver. Ele e toda a sua casa creram.

54-Foi este o segundo milagre de YAHUSHUA na Galileia depois de ter
vindo da YAHUDAH.

YAHUKHANAM 5

A cura do
paralítico no tanque de Bóhay-Hosodyá

1-2-Mais tarde, YAHUSHUA regressou a YAHUSHUA-oléym para uma das celebrações religiosas YAHÚ-dim. Dentro da cidade, próximo da porta das Ovelhas, ficava o tanque de Bóhay-Hosodyá, com cinco plataformas cobertas à volta.

3-4-Multidões de doentes– coxos, cegos, paralíticos – estavam deitados nas plataformas, à espera de certo movimento da água, pois de vez em quando vinha um anjo de YAHU UL que a agitava, e a primeira pessoa que nela entrasse, logo depois, ficava curada.

.
5-6-Um dos homens que ali se encontravam estava aleijado havia trinta e oito anos. Quando YAHUSHUA o viu e soube há quanto tempo estava doente, perguntou-lhe: Queres ficar curado?

7-Sim, o doente disse, mas não tenho ninguém
que me ajude a entrar no tanque logo que a água se agita. Enquanto estou a tentar entrar, há sempre outro que se mete à minha frente.

8-YAHUSHUA disse-lhe: Levanta-te, enrola a tua esteira e vai para casa!

9-Imediatamente aquele homem ficou bom e, enrolando a esteira, começou a andar. Ora, este milagre foi realizado num Shábbos (Sábado).

10-Os dirigentes religiosos YAHÚ-dim começaram a dizer ao homem que fora curado: Não se pode trabalhar em dia de Shábbos! É ilegal carregares hoje com essa esteira!

11-Mas ele respondeu: Aquele que me curou é que me disse para o fazer.

12-E quem foi que te mandou fazer uma coisa dessas?, exigiram eles.

13-O homem não sabia, pois entretanto YAHUSHUA desaparecera na multidão.

14-Mais tarde, YAHUSHUA encontrou-o no Templo e
disse-lhe: Agora que estás curado, pára de pecar, para que não te aconteça alguma coisa ainda pior.

15-O homem foi ter com os chefes YAHÚ-dim e disse-lhes que YAHUSHUA é que o curara.

Vida através
do ha-BOR de YAHU UL

16-Os YAHÚ-dim começaram a fazer uma campanha contra YAHUSHUA, dizendo que transgredia a lei de descanso no dia de Shábbos.

17-Mas YAHUSHUA respondeu: Meu

YAHU ABí trabalha até agora, e eu trabalho também.

18-Por causa disto, os YAHÚ-dim sentiam ainda maior desejo de o matar, pois, além de desobedecer à suas leis acerca do Shábbos, chamara YAHU UL seu ABí, pondo-se assim em igualdade com YAHU UL.

19-YAHUSHUA acrescentou: O ha-BOR nada pode fazer por si só. Faz unicamente o que vê YAHU ABí fazer, e do mesmo modo.

20-Pois YAHU ABí ama ha-BOR e diz-lhe tudo o que faz; e ha-BOR realizará obras maiores do que a cura deste homem, de forma que hão-de ficar maravilhados.

21-Tal como YAHU ABí ressuscita os mortos e os vivifica, assim também ha-BOR dará a vida a quem ele entender.

22-23-E YAHU ABí confia todo o julgamento ao ha-BOR, para que todos honrem ha-BOR, assim como honram YAHU ABí. Mas se não quiserem honrar ha-BOR de YAHU UL, que ele vos enviou, certamente não estarão a honrar YAHU ABí.

24-Digo e repito que todo aquele que ouve a minha mensagem e crê em YAHU UL, que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado pelos seus pecados, antes passou já da morte para a vida.

25-27-E solenemente afirmo que vem o tempo, já chegou mesmo, em que os mortos ouvirão a minha voz, a voz do ha-BOR de YAHU UL. E os que a escutarem viverão. YAHU ABí tem vida em si mesmo, e concedeu ao ha-BOR que também ele tenha vida em si mesmo, e deu-lhe autoridade para julgar toda a humanidade, por ser ha-BOR do Homem.

28-30-Não se admirem! Vem até o tempo em que todos os mortos ouvirão nas suas sepulturas a voz do ha-BOR de YAHU UL. E levantar-se-ão de novo, os que praticaram o bem, para a vida eterna, e os que continuaram no mal, para o julgamento. Mas eu não pronuncio sentença sem falar com YAHU ABí. Julgo segundo ele me manda. E o meu julgamento é justo, pois está de acordo com a vontade de YAHU UL, que me enviou, e não é só meu.

Testemunhos
sobre YAHUSHUA >

31-34-Se dou testemunho de mim próprio, o meu testemunho não é aceite. Mas há um outro que dá esse mesmo testemunho a meu favor. Vocês foram escutar as pregações de YAHUKHANAM Batista, e posso garantir que tudo o que diz acerca de mim é verdadeiro. Mas o testemunho mais verdadeiro que tenho não provém de um homem, embora vos tenha lembrado o testemunho de YAHUKHANAM para crerem em mim e serem salvos.

35-38- YAHUKHANAM brilhou durante algum tempo, e vocês, que tiraram proveito disso, alegraram-se. Mas eu tenho um testemunho maior do que o de YAHUKHANAM: os milagres que faço; esses foram-me confiados pelo YAHU ABí, e provam que foi ele quem me enviou. E o próprio YAHU ABí deu testemunho acerca de mim, embora sem vos aparecer pessoalmente nem vos falar de forma direta Mas vocês não me escutam porque não querem crer em mim, que fui enviado para vos dar a mensagem de YAHU UL.

39-40-Examinem as Qaotáv, porque vocês creem que elas vos trarão a vida eterna, e são elas que apontam para mim. No entanto, não querem vir a mim para que vos dê essa mesma vida eterna.

41-43-A vossa aprovação nada significa para mim, porque sei que não têm o amor de YAHU UL em vocês. Vim em Shúam (Nome) de meu YAHU ABí, e não querem receber-me, embora recebam aqueles que não são enviados por ele, mas que se representam a si próprios.

.
44-Não admira que não possam crer! Porque de bom grado se honram uns aos outros, mas não cuidam da honra que provém do único YAHU UL!

45-No entanto, não sou eu quem vos acusará disto diante de YAHU ABí, mas sim Mehushua, esse a cujas leis vão buscar as vossas esperanças do céu!

46-Porque também não querem crer em Mehushua. Ele escreveu acerca de mim, mas vocês recusam crer nele e, portanto, não querem crer em mim.

47-E, uma vez que não acreditam no que ele escreveu, não admira que também não me deem crédito.

YAHUKHANAM 6

YAHUSHUA
alimenta os cinco mil homens

1-Depois,YAHUSHUA atravessou o Mar da Galileia, também conhecido como Mar de Tiberíades.

2-Uma multidão enorme – em grande parte formada por viajantes que iam a YAHUSHUA-oléym para a celebração anual da PósqaYA – seguia-o para onde quer que fosse, para o ver curar os doentes.

3-Assim, quando YAHUSHUA subiu ao monte e se sentou com os discípulos à sua volta,

4-E a celebração da PósgaYA, que é Principal Festa dos YAhudim estava próxima.

5-em breve viu que um grande grupo de pessoas subia também a colina à sua procura. Voltando-se para Felipe, perguntou: Felipe, onde poderemos comprar pão para alimentarmos esta gente toda?

6-Estava a experimentá-lo, pois já sabia o que ia fazer.

7-Felipe respondeu: Só para isso era preciso uma fortuna.

8-Andorúl, irmão de Shamiúl Kafos, acrescentou:

9-Está aqui um rapaz com cinco pães de cevada e alguns peixes! Mas
de que serve para multidão tão numerosa?

10-11-Digam a toda a gente que se sente, mandou YAHUSHUA. E todos se sentaram na colina relvada – só homens eram aproximadamente cinco mil. YAHUSHUA, pegando nos pães, deu graças a YAHU UL e passou-os ao povo. Depois fez o mesmo com os peixes. E toda a gente comeu até estar satisfeita.

12-Agora juntem os sobejos, disse YAHUSHUA aos discípulos, para que nada se estrague.

13-E encheram-se doze cestos, só de restos.

14-Quando o povo se deu conta daquele grande milagre, exclamou: Sem dúvida é este o Profeta, cuja vinda temos esperado!

15-YAHUSHUA viu que estavam a ponto de o levar para fazer dele o seu rei e, assim, subiu o monte ainda mais para o alto, ficando sozinho.

YAHUSHUA
anda sobre a água

16-21-Ao cair da noite, os discípulos desceram à praia para o esperar; mas fez-se noite e,como YAHUSHUA ainda não tivesse voltado, meteram-se no barco e remaram para Kefár-Naokem, do outro lado do lago. Em breve, porém, se abateu um vendaval sobre eles enquanto remavam, e o mar ficou bravo. Encontravam-se a cinco ou seis quilômetros de terra quando viram YAHUSHUA a caminhar para o barco. Ficaram cheios de medo, mas ele disse-lhes que não se assustassem. Fizeram-no entrar, e o barco chegou ao destino desejado.

22-24-Na manhã seguinte, de novo no outro lado, as multidões começaram a juntar-se na praia, pois sabiam que ele e os discípulos tinham atravessado juntos e que estes últimos haviam partido no barco, deixando-o em terra. Encontravam-se ali perto várias embarcações pequenas de Tiberíades, e, quando o povo viu que nem YAHUSHUA nem os discípulos estavam ali, meteu-se nas embarcações e atravessou para Kefár-NAOKHEM a fim de o procurar.

YAHUSHUA, O
PÃO  DA VIDA

25-27-Quando chegaram e o encontraram, disseram: Molkhiúl, quando vieste aqui?YAHUSHUA retorquiu: A verdade é que vocês vieram ter comigo porque vos alimentei, e não porque acreditam em mim. Mas não se devem preocupar tanto com coisas que se acabam, tal como o alimento. Esforcem-se antes por procurar a vida eterna que eu, ha-BOR do Homem, vos posso dar; pois YAHU ABí (o Pai), me enviou para isso mesmo.

28-Perguntaram-lhe então: Que devemos fazer para obedecer à vontade de YAHU UL?

29-A vontade de YAHU UL é que creiam naquele que ele enviou.

30-31-Eles responderam: Que sinal fazes para que creiamos em ti? Os nossos pais comeram do maná, no deserto, como dizem as Qaotáv: Mehushua deu-lhes pão do céu. E tu, que fazes?

32-33-YAHUSHUA disse: Não. Na verdade não foi Mehushua quem lho deu, mas meu YAHU ABí. Mas, agora, ele oferece-vos o verdadeiro pão do céu. O pão verdadeiro é uma pessoa: é aquele que foi enviado do céu por YAHU UL e que dá a vida ao mundo.

.
34-Molkhiúl, dá-nos sempre desse pão!

35-Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não
terá fome. Quem crê em mim nunca terá sede.

36-O pior, como vos disse, é não acreditarem, mesmo depois de me terem visto.

37-Mas alguns virão ter comigo, aqueles que YAHU ABí me deu, e a esses jamais mandarei embora.

38-Eu vim do céu para fazer a vontade de YAHU UL, que me enviou, e não a minha.

39-E a vontade de YAHU UL é esta: que eu não perca nem um só daqueles que ele me deu, antes os faça viver de novo para a vida eterna, no último dia.

40-Porque a vontade de meu YAHU ABí é que todo aquele que vê ha-BOR, e nele crê, tenha a vida eterna, para que lhe torne a dar vida no último dia.

41-Então os YAHÚ-dim começaram a murmurar contra ele por dizer que era o pão do céu.

42-O quê?, exclamavam. Se ele não é outro senão YAHUSHUA, filho de YAHU-saf, cujo pai e mãe conhecemos. Que é isto que diz agora, que veio do céu?

43-Mas YAHUSHUA respondeu: Não murmurem por eu ter dito isso.

44-Ninguém pode vir a mim se YAHU ABí, que me enviou, o não atrair a mim, e no último dia os trarei a todos de novo para a vida.

45-Como dizem as Qaotáv, Todos eles serão ensinados por YAHU UL. Aqueles que escutaram YAHU ABí e que dele aprendem serão atraídos para mim.

46-Aliás,ninguém realmente vê YAHU ABí; só eu o vi.

47-E solenemente vos digo que todo aquele que crê em mim tem a vida eterna!

48-Eu sou o pão da vida!

49-Os vossos antepassados, no deserto, comeram o maná e morreram.

50-Mas aqui está o pão que veio do céu e que dá a vida a todo aquele que o come.

51-E eu sou o pão da vida, que veio do céu. Quem comer deste pão viverá para sempre; a minha carne é esse pão, que darei para dar vida à humanidade.

52-Então os YAHÚ-dim começaram a discutir entre si acerca do que queriam dizer as suas palavras. Como nos pode este homem dar a sua carne a comer?

53-56-E YAHUSHUA repetiu: Solenemente vos digo isto: a não ser que comam a carne do ha-BOR do Homem e bebam o seu DAM (sangue), não poderão ter em vós a vida eterna. Mas todo aquele que mcomer a minha carne e beber o meu DAM (sangue) tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne é o alimento verdadeiro, e o meu DAM (sangue) é a bebida verdadeira. Todo aquele que come a minha carne e bebe o meu DAM (sangue) está em mim, e eu nele.

57-58-Assim como eu vivo pelo YAHU ABí, o qual me enviou e vive eternamente, do mesmo modo aqueles que se alimentam de mim por mim viverão. Eu sou o pão vindo do céu; e todo aquele que comer este pão viverá para sempre, e não morrerá. Não é o caso dos vossos antepassados, que comeram o maná e morreram.

59-Estas coisas ele disse enquanto ensinava na sinagoga em Kefár-NAOKHEM.

Muitos
discípulos abandonam YAHUSHUA

60-Até os discípulos diziam: Isto é muito difícil de compreender. Quem é que pode aceitar estas coisas?

61-YAHUSHUA sabia em si mesmo que os seus discípulos se queixavam,
e disse-lhes: Estas coisas chocam-vos?

62-Então o que pensarão quando me virem, a mim, ha-BOR do Homem, voltar de novo para o céu?

63-Só o RÚKHA hol-HODSHUA dá a vida eterna. Pelo poder humano jamais se receberá este dom. As palavras que eu vos disse são espírito e vida.

64-Alguns de vocês, porém, não creem em mim. (Pois YAHUSHUA sabia desde o princípio quem não cria, e quem o ia trair.)

65-Era isto que eu queria dizer quando revelei que ninguém pode vir a mim a não ser que YAHU ABí o traga para mim.

66-Nesta altura muitos dos seus discípulos se afastaram e o abandonaram.

67-YAHUSHUA voltou-se para os doze e perguntou-lhes:
Também se querem ir embora?

68-Shamiúl KAFOS respondeu: Maoro-éh, para quem
iremos nós? Só tu tens as palavras que dão a vida eterna;

69-nós acreditamos nelas e sabemos que és o santo ha-BOR de YAHU UL.

70-Então YAHUSHUA informou-os: Escolhi-vos a todos, mas um é um diabo.

71-(Falava de Yudas, filho de Shamiúl Ish-Kerióth, um dos doze, que o iria trair.)

YAHUKHANAM 7

YAHUSHUA vai
à celebração dos tabernáculos

1-2-Depois disto, YAHUSHUA ficou na Galileia, andando de terra em terra, pois queria conservar-se fora da YAHUDAH, onde os dirigentes YAHÚ-dim tramavam a sua morte. Em breve, porém, vieram as celebração do Khag Sukkós (Tabernáculos), e

3-os irmãos de YAHUSHUA disseram-lhe que fosse para a YAHUDAH: Vai para onde os teus discípulos possam ver os teus milagres.

4-Não podes tornar-te conhecido se te esconderes assim. Já que fazes estas coisas, mostra-te ao mundo!

5-Pois os seus irmãos não acreditavam nele.

6-YAHUSHUA respondeu: Ainda não chegou o meu tempo.
Mas o vosso tempo sempre está presente.

7-O mundo não vos pode querer mal; mas a
mim aborrece-me, porque o acuso do pecado e do mal.

8-Vão, pois, que eu seguirei mais tarde, quando chegar a altura.

9-E assim ficou na Galileia.

10-Todavia, depois de os seus irmãos terem partido para a celebração, foi também, embora em segredo, conservando-se longe dos olhares do público.

11-13-Os chefes YAHÚ-dim procuravam-no na celebração, perguntando se alguém o teria visto. Entre a multidão, YAHUSHUA era assunto de muitas discussões, dizendo alguns: É um homem de bem. Enquanto que outros afirmavam: Não, anda mas é a enganar o povo.Ninguém, aliás, tinha a coragem de falar a seu favor em público, com medo dos dirigentes.

YAHUSHUA
ensina na celebração

14-15-A meio da celebração da festa, YAHUSHUA foi ao Templo e começou a ensinar ao povo. Os dirigentes YAHÚ-dim ouviam-no com espanto. Como pode saber tanta coisa se não andou nas nossas escolas?

16-19-Então YAHUSHUA disse-lhes: O que vos ensino não
são os meus pensamentos, mas os de YAHU UL, que me enviou. Se alguém quiser fazer a vontade de YAHU UL, saberá de certeza se o meu ensino vem de YAHU UL ou se é só de mim mesmo. Todo aquele que apresenta as suas próprias ideias procura ser louvado, mas quem se esforça por honrar quem o enviou é verdadeiro e está a atuar com justiça. Não vos deu Mehushua a lei? Contudo nenhum de vocês cumpre a lei. Porque procuram matar-me?

20-A multidão respondeu: Estás doido! Quem procura matar-te?

21-Trabalhei em dia de Shábbos para curar um homem e ficaram
espantados.

22-Mas também vocês trabalham ao Shábbos quando é para cumprir com a
lei de Mehushua da circuncisão. (Aliás, esta tradição da circuncisão é mais antiga do que a lei de Mehushua; ela remonta a Abruham.)

23-Porque, se o momento de circuncidar os vossos filhos calha a um Shábbos, não hesitam em fazê-lo, para não quebrar a lei de Mehushua. Então porque serei eu condenado por curar um homem num Shábbos?

24-Não devem julgar segundo a aparência, mas segundo a
verdadeira justiça.

Será
YAHUSHUA hol-MEHUSHKHAY?

25-27-Algumas das pessoas que viviam ali em YAHUSHUA-oléym diziam entre si: Não é este o homem que querem matar? Mas aqui está ele a falar em público e não lhe dizem nada. Será que os nossos dirigentes acabaram por descobrir que é, de fato, hol-MEHUSHKHAY (o Messias)? Mas como pode ser? Sabemos onde este nasceu. Quando hol-MEHUSHKHAY vier, limitar-se-á a aparecer sem que ninguém saiba donde vem.

28-29-Então YAHUSHUA, enquanto estava a ensinar no Templo, disse: Sim, conhecem-me e sabem onde nasci e fui criado, mas aquele que me enviou, que expressa a verdade, vocês não o conhecem. Eu conheço-o porque sou dele, e foi ele que me enviou a vocês.

30-Procuraram prendê-lo, mas ninguém lhe pôs a mão, pois não chegara
ainda a hora marcada por YAHU UL.

31-Muitas pessoas de entre as multidões que acorriam ao Templo criam nele: Ao fim e ao cabo, que milagres esperam vocês que hol-MEHUSHKHAY (o Messias) faça e que este homem não tenha já feito?

32Quando souberam o que a multidão pensava, os Farsyím e os principais dos intermediários mandaram guardas para prendê-lo. Mas YAHUSHUA disse-lhes:
33-34-Deverei estar convosco mais algum tempo, e então voltarei para aquele que me enviou. Vocês procurar-me-ão mas não me acharão. Para onde eu vou não podem vocês ir.

35-36-Os YAHÚ-dim  (Judaicos) ficaram intrigados com esta afirmação: Onde tencionará ir? Talvez pense ir aos YAHÚ-dim doutras terras, ou ensinar aos YAHÚ-dim Gregos. Que quer ele dizer com aquilo de o procurarmos e não o podermos encontrar e de não podermos ir para onde ele vai?

37-38-No último dia, o momento mais importante da celebração, YAHUSHUA clamou às multidões: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Pois as Qaotáv dizem que do mais íntimo de todo aquele que crê em mim sairão rios de água viva.

39-(Referia-se ao RÚKHA hol-HODSHUA, que seria dado a todos quantos cressem nele; mas o RÚKHA ainda não fora dado, porque YAHUSHUA não voltara ainda à sua glória no céu.)

40-Quando as multidões o ouviram dizer isto, houve quem afirmasse: Não há dúvida de que este homem é o Profeta.

41-Outros diziam: É hol-MEHUSHKHAY. E outros ainda: Mas é impossível que o seja! Porventura virá hol-MEHUSHKHAY (o Messias) da Galileia?

42Pois as Qaotáv dizem claramente que hol-MEHUSHKHAY (o Messias) nascerá da família real de Dáoud, em Beth-Lékhem, a terra onde Dáoud nasceu.

43E a multidão tinha opiniões diferentes acerca dele.

44Havia quem quisesse que fosse preso, mas ninguém se atrevia a tocar-lhe.

A descrença
dos chefes YAHÚ-dim

45-A guarda do Templo, que fora mandada para o prender, voltou para os principais dos intermediários e para os Farsyím. Porque não o trouxeram?, exigiram.

46-Nunca ninguém falou como este homem!, os guardas responderam.

47-49- Também vocês foram desencaminhados?, retorquiram os Farsyím. Porventura algum dos chefes YAHÚ-dim ou dos Farsyím creu nele? A multidão ignorante da lei, essa sim. Malditos sejam!

50-Então falou Nakdímos, aquele chefe YAHÚ-di que tivera uma entrevista secreta com YAHUSHUA:

51-Será legal condenar um homem ainda antes de ser julgado?

52-E responderam: Também tu és um desses galileus? Pesquisa e verás que da Galileia nunca veio qualquer profeta!

53E foram todos para casa.

YAHUKHANAM 8

E o caso da mulher acusada de adultério

1-2-YAHUSHUA voltou para o Monte das Oliveiras, mas logo no dia seguinte, de manhã cedo, encontrava-se de novo no Templo. Em breve se juntou uma multidão e, sentando-se, pôs-se a falar-lhe.

3-Enquanto falava, os professores da lei e os Farsyím (Fariseus) trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério, e puseram-na diante do povo:

4-5- Maoro-éh, esta mulher foi apanhada em flagrante adultério. As leis de Mehushua ordenam que a apedrejemos. Que achas?

6-8-Procuravam, assim, levá-lo a dizer qualquer coisa que pudessem usar contra ele. YAHUSHUA, baixando-se, pôs-se a escrever na terra com a ponta do dedo. Eles teimavam em ter uma resposta. Então, endireitando-se, disse: Está bem, apedrejem-na, mas que a primeira pedra seja lançada por aquele que nunca tenha pecado. E, curvando-se de novo, continuou a escrever no pó do chão.

9-10-E começaram a afastar-se um a um, principiando pelos mais velhos, até que ficou só YAHUSHUA com aquela mulher. Tornando a erguer-se e vendo só a mulher perguntou-lhe: Onde estão os teus acusadores? Nem um sequer te condenou?

11Não, Molkhiúl.E YAHUSHUA disse-lhe: Também eu não te condeno. Vai e não tornes a pecar.

A validade
do testemunho de YAHUSHUA

12-Numa outra ocasião, YAHUSHUA disse ao povo: Eu sou a luz do mundo. Quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida.

13-Os Farsyím exclamaram: Falas de ti próprio. O teu testemunho não tem valor!

14-16YAHUSHUA disse-lhes: O que afirmo acerca de mim mesmo é verdadeiro, embora seja eu a dizê-lo, pois sei donde vim e para onde vou, e isso não sabem vocês acerca de mim. Julgam-me, mas de uma forma humana. Contudo eu não julgo ninguém, mas mesmo que eu julgue, o meu julgamento é justo, pois tenho comigo YAHU ABí que me enviou.

17-18-Segundo as vossas leis, se dois homens concordarem um com o outro acerca de qualquer coisa, o seu testemunho é aceite como verdadeiro. Pois bem: Eu sou uma testemunha e a outra é o meu YAHU ABí, que me enviou.

19-Onde está o teu YAHU ABí?, perguntaram. Então YAHUSHUA respondeu: Não sabem quem sou e, portanto, não conhecem o meu YAHU ABí. Se me conhecessem, conhecê-lo-iam também a ele.

.
20-YAHUSHUA disse estas coisas no local do Templo onde eram recolhidas as ofertas. Ninguém o prendeu porque não tinha chegado a sua hora.

21-Disse-lhes outra vez: Vou-me embora. Vocês procurar-me-ão e morrerão nos vossos pecados. Para onde eu vou não podem vocês ir.

22-Os YAHÚ-dim perguntaram: Acaso pensa em matar-se? Que quer dizer com aquilo, para onde vou não podem vocês ir?

23-24-Ele disse-lhes: Vocês são cá de baixo, e eu sou de cima. Vocês são do mundo, e eu não. Por isso é que disse que haviam de morrer nos vossos pecados; porque, se não crerem que eu sou quem sou, morrerão nos vossos pecados.

25-26-Declara-nos quem és, insistiram. Então YAHUSHUA respondeu: Eu sou aquele que sempre disse que era. Poderia condenar-vos por muitas coisas; mas eu digo aquilo que me transmite aquele que me enviou; e Ele é a Verdade.

27-No entanto, continuavam sem perceber que era de YAHU UL que lhes falava.

28-Então YAHUSHUA disse: Quando tiverem levantado na poste ha-BOR do Homem, compreenderão quem sou eu e que não tenho estado a dar-vos as minhas próprias ideias, antes transmiti o que YAHU ABí me ensinou.

29- E Aquele que me enviou está comigo, não me abandonou, pois faço sempre o que lhe agrada.

Os filhos de
Abruham

30-32- Muitos que o ouviram declarar estas coisas começaram a acreditar que era ele hol-MEHUSHKHAY (o Messias). YAHUSHUA dizia a estes: Serão verdadeiramente meus discípulos se viverem obedecendo aos meus ensinos. E conhecerão a verdade, e a verdade vos tornará livres.

33-Mas nós somos descendentes de Abruham, tornaram eles, e nunca fomos escravos de ninguém. Como é que dizes que seremos livres?

.
34-YAHUSHUA respondeu: Certamente, quem comete pecado é um escravo do pecado.

.
35-E os escravos não pertencem à família. Mas um filho está ligado para sempre à família.

36-Assim, se ha-BOR vos libertar, ficarão livres, de verdade.

37-38-Sim, bem sei que são descendentes de Abruham! Contudo, alguns de vocês tentam matar-me porque a minha mensagem não encontra abrigo nos vossos corações. O que eu vos digo é o que vi junto de meu YAHU ABí; mas é o conselho do vosso pai que vocês seguem.

39-O nosso pai é Abruham, declararam.Não, respondeu YAHUSHUA. Se fossem filhos de Abruham, seguiriam o seu exemplo.

40-Em vez disso, porém, procuram matar-me, apenas por vos ter dito a verdade que ouvi de YAHU UL. Abruham jamais faria uma coisa dessas!

41-Procedendo assim, é ao vosso verdadeiro pai que obedecem.Protestaram: Não somos bastardos; o nosso verdadeiro pai é o próprio Criador Eterno.

Os filhos de
ha-satan

42-YAHUSHUA disse-lhes: Se YAHU UL fosse o vosso pai, amar-me-iam, porque é da parte de YAHU UL que vim. Não estou aqui por resolução minha, antes foi ele que me enviou.

43-Porque não entendem o que vos digo? Porque não podem compreender.

.
44-45-Pois vocês são filhos do vosso pai, ha-Satan, e querem praticar a maldade que ele pratica. Desde o princípio que ele tem sido homicida e inimigo da verdade; nele não há nada de verdade. Quando ele mente, faz o que lhe é próprio, porque é o pai da mentira. Assim, quando vos digo a verdade, é natural que não acreditem.

46-47-Qual de vocês me pode acusar com verdade de um único
pecado que seja? E, uma vez que vos digo a verdade, porque não acreditam em mim? Todo aquele cujo YAHU ABí é YAHU UL escuta as palavras que de YAHU UL. Uma vez que o não fazem, isso só prova que não são de YAHU UL.

YAHUSHUA
fala de si próprio

48-O povo retorquiu: Bem dizemos nós que és Shomroní e que tens demônio!

49-51-Não, disse YAHUSHUA, não tenho demônio, porque honro meu YAHU ABí, mas vocês desonram-me. E, embora não tenha desejo de me glorificar, YAHU UL quer que eu o seja. É ele quem julga. Digo-vos com toda a verdade que quem guarda as minhas palavras não verá a morte!

52-Os YAHÚ-dim exclamaram: Agora sabemos que estás possuído por um demônio Até Abruham e os profetas morreram e, contudo, dizes que obedecer-te faz com que uma pessoa não morra.

53-Serás porventura maior do que o nosso pai Abruham, que morreu? E do que os profetas, que morreram? Quem julgas tu que és?

.
54-56-YAHUSHUA respondeu: Se estivesse simplesmente a honrar-me a mim próprio, isso não contaria. Meu pai, a quem vocês chamam vosso Criador Eterno, é quem me honra. Mas vocês nem sequer o conhecem, enquanto que eu conheço-o. Se dissesse qualquer outra coisa, seria tão mentiroso como vocês. Mas, na verdade, conheço-o e obedeço-lhe. O vosso pai Abruham alegrou-se ao ver o meu dia. Sabia que eu viria e ficou satisfeito.

57-Os YAHÚ-dim disseram: Não tens ainda cinquenta anos e viste Abruham?

58-YAHUSHUA replicou: A verdade é que ainda
antes de Abruham nascer eu já era quem sou!

.
59-Naquela altura, pegaram em pedras para o matar. Mas YAHUSHUA foi
ocultado à sua vista e, passando por eles, saiu do Templo.

YAHUKHANAM 9

YAHUSHUA
cura um cego de nascença

1-Enquanto YAHUSHUA caminhava, viu um homem que era cego de nascença.

2-Maoro-éh,perguntaram-lhe os discípulos, porque foi que este homem nasceu cego? Por causa dos seus pecados ou por causa dos pecados de seus pais?

3-Nem uma coisa nem outra, disse YAHUSHUA, mas para nele se mostrar o poder de YAHU UL.

4-Temos todos de fazer as obras daquele que me enviou, enquanto é dia. A noite desce e todo o trabalho pára.

5-Mas, enquanto estiver aqui neste mundo, sou a luz do
mundo.

6-7-Então, cuspiu no chão e, fazendo lama com o cuspo, espalhou-a sobre os olhos do cego e disse-lhe: Vai lavar-te ao tanque de Shelóé (Shelóé significa enviado). O homem assim fez e depois de se lavar voltou, vendo.

8-Os vizinhos e outros que o tinham conhecido ainda cego perguntavam: Será o mesmo homem, o tal pedinte?

9-Uns diziam que sim e outros: Não há dúvida de que se
parece com ele!O cego dizia: Sou eu mesmo!

10-11-Então perguntaram-lhe como fora possível ter-se curado da cegueira. Que acontecera? E ele contou: Um homem a quem chamam YAHUSHUA fez lama, aplicou-ma nos olhos e depois disse-me que fosse ao tanque de Silóakh para a tirar. Assim fiz, e fiquei a ver!

12-Onde está ele agora?, perguntaram.Não sei.

Os Farsyím
investigam a cura

13-Então levaram o homem aos Farsyím.

14-Ora, tudo isto se passou num dia de Shábbos.

.
15-Os Farsyím interrogaram-no e ele contou-lhes como YAHUSHUA lhe espalhara lama sobre os olhos e como, depois de os lavar, já via.

16-Alguns dos Farsyím disseram: Esse tal YAHUSHUA não pode ser um homem de YAHU UL, porque trabalha num Shábbos. Outros diziam: Mas como pode um pecador vulgar fazer milagres assim? E havia grandes discussões entre eles por causa disto.

17-Os Farsyím voltaram-se para o antigo cego e perguntaram-lhe:Esse homem que te abriu os olhos, quem achas tu que é?O homem respondeu: É um profeta.

18-Os YAHÚ-dim não queriam crer que ele tivesse sido cego, até que, por fim, chamaram os pais:

.
19-Esse homem é o vosso filho? Nasceu cego? Se nasceu, como é que vê agora?

20-E os pais responderam: Sabemos que este é o nosso filho, cego de nascença,

21-mas ignoramos o que aconteceu para que agora veja, ou quem o teria feito. Já tem idade, perguntem-lhe a ele, e ele que vos explique.

22-Diziam isto com medo dos YAHÚ-dim, que tinham avisado que quem quer que afirmasse que YAHUSHUA era hol-MEHUSHKHAY (o Messias) seria expulso da sinagoga.

23-Por isso os pais disseram: Ele tem idade suficiente para falar por si. Perguntem-lhe.

24-Pela segunda vez, os Farsyím mandaram vir o que tinha sido cego e disseram-lhe: Dá glória antes a YAHU UL, porque sabemos que esse homem é um pecador.

25-Ele respondeu: Se é pecador, não sei, mas o que sei é isto: que era cego e agora vejo.

26-Mas que te fez ele? Como é que te curou?, perguntaram-lhe.

27-O homem exclamou: Já vos expliquei uma vez e não ouviram. Porque é que querem ouvir outra vez a mesma coisa? Também querem ser seus discípulos?

28-29-Eles injuriaram-no: Discípulo dele sejas tu; nós somos discípulos de Mehushua. Sabemos que YAHU UL falou a Mehushua, mas quanto a este nada sabemos.

30-33-Que coisa esquisita!, tornou o homem. Ele curou-me, e vocês nada sabem acerca dele. YAHU UL não escuta os pecadores, mas sim os que o honram e fazem a sua vontade. Desde que o mundo é mundo, ninguém jamais conseguiu abrir os olhos a um cego de nascença. Se este homem não viesse de YAHU UL, não conseguiria fazê-lo.

34-Tu nasceste em pecado, responderam, e queres ensinar-nos? E expulsaram-no da sinagoga.

A cegueira
espiritual

35-Quando YAHUSHUA soube do sucedido, encontrando o homem, perguntou-lhe: Crês no ha-BOR de YAHU UL?

36-Quem é ele, Molkhiúl, para que creia nele?

37-Já o viste, disse YAHUSHUA. É aquele que fala contigo.

38-O homem disse: Sim, Molkhiúl,( REI) creio! E
Adorou-o.

39-YAHUSHUA explicou: Vim para julgar o mundo. Vim para dar vista aos cegos e para mostrar àqueles que julgam ver que, afinal, são eles os cegos.

.
40-Os Farsyím que ali estavam perguntaram: Queres dizer com isso que somos cegos?

41-Se fossem realmente cegos, não teriam culpa, respondeu YAHUSHUA. Mas a
vossa culpa mantém-se, pois afirmam que podem ver.

YAHUKHANAM
10

O Ro-éh
(Apascentador) e o rebanho

1-Todo aquele que recusa entrar no estábulo pela porta e que prefere esgueirar-se por cima do muro é certamente ladrão.

2-Porque o apascentador, esse entra pela porta;

3-o guarda abre-lha, as ovelhas ouvem a sua voz e aproximam-se dele; ele chama as
ovelhas pelo seu nome e leva-as para fora.

4-Depois de as ajuntar, ele caminha à sua frente e elas seguem-no, porque reconhecem a sua voz.

5-Se fosse um estranho, não o seguiriam; antes fugiriam dele por não lhe conhecerem a voz.

.
6-8-Aqueles que ouviram este exemplo não compreenderam o que queria dizer, e
assim YAHUSHUA explicou: Eu sou a porta das ovelhas. Todos os que vieram antes
de mim eram ladrões e salteadores, mas as ovelhas não os escutaram.

9-Eu sou a porta. Quem entrar por mim salvar-se-a. E entrará, sairá e encontrará pastagens.

10-O ladrão só quer roubar, matar e destruir. Mas eu vim para dar
vida, e com abundância.

11-13-Eu sou o bom apascentador O bom apascentador sacrifica a vida pelas ovelhas. Quem é assalariado para guardar o rebanho foge quando vê vir um lobo. Ele abandona o rebanho porque não lhe pertencem e ele não é verdadeiramente o seu apascentador Assim o lobo salta sobre elas e espalha o rebanho. Tal homem foge porque é contratado e não se preocupa a sério com as ovelhas.

14-16-Eu sou o Tav Ro-éh (Bom Apascentador) e conheço as minhas ovelhas, e elas conhecem-me também, assim como meu YAHU ABí me conhece e eu conheço o meu YAHU ABí. E sacrifico a minha vida pelas ovelhas. Tenho ainda mais ovelhas que não estão neste curral. Preciso de as trazer também, e ouvirão a minha voz; e haverá um só rebanho e um só apascentador

17-18-O YAHU ABí ama-me porque dou a minha vida para poder tornar a recebê-la. Ninguém me pode matar sem o meu consentimento, é de livre vontade que dou a vida. Porque tenho o direito e o poder de a sacrificar quando quiser, e também o direito e o poder de a tornar a receber. Porque esse direito foi YAHU ABí quem mo deu.

19-Quando disse estas coisas, os YAHÚ-dim ficaram novamente divididos nas suas opiniões acerca dele.

20-Alguns comentavam: Ou tem demônio ou está doido. Para que serve
dar-lhe ouvidos?

21-Outros, porém, diziam: Estas palavras não são de um homem
dominado pelo demônio Poderá um demônio abrir os olhos aos cegos?

A descrença
dos YAHÚ-dim

22-24-Era agora Inverno e YAHUSHUA encontrava-se em YAHUSHUA-oléym na altura das celebração da Khag Kanukáh (Dedicação). Quando atravessava a parte do Templo a que chamavam o alpendre de Shua-ólmoh, os YAHÚ-dim rodearam-no e perguntaram-lhe: Durante quanto tempo mais nos vais manter nesta incerteza? Se és ha-MEHUSHKHAY (o Messias), o enviado de YAHU UL, di-lo claramente.

.
25-26-YAHUSHUA respondeu: Já vos disse e não acreditaram. A prova está nos milagres que faço em nome de meu YAHU ABí, mas vocês não creem em mim porque não pertencem ao meu rebanho.

27-29-As minhas ovelhas conhecem a minha voz, e eu conheço-as a elas, e elas seguem-me. Dou-lhes a vida eterna e jamais perecerão. Ninguém mas arrancará, porque meu YAHU ABí é quem mas deu. E sendo ele mais poderoso do que ninguém, pessoa alguma mas pode roubar.

30-Eu e YAHU ABí somos um.

31-32-Então os dirigentes YAHÚ-dim tornaram a pegar em pedras para o apedrejar. YAHUSHUA perguntou: Por ordem de YAHU UL fiz muitas obras boas. Por qual dessas obras querem agora matar-me?

33-E responderam: Não por qualquer obra boa, mas por ofensa a YAHU UL; pois tu, um simples homem, afirmas ser O Criador Eterno: YAHU ULHÍM.

34-38-YAHUSHUA replicou: Mas na vossa lei está escrito que YAHU UL disse: Vocês são ‘ulhím’. Então, se as Qaotáv, que não podem ser anuladas, dizem serem ulhím aqueles a quem foi enviada a mensagem de YAHU UL, como é que vocês agora afirmam que aquele que foi santificado e enviado ao mundo pelo YAHU ABí está a ofender YAHU UL ao declarar: Sou ha-BOR de YAHU UL? Compreende-se que não acreditem em mim a não ser que faça as obras do meu YAHU ABí. Mas, já que as realizo, acreditem nelas, mesmo que não creiam em mim. Então ficarão convencidos de que YAHU ABí está em mim, e eu em YAHU ABí.

39-Uma vez mais procuravam prendê-lo. Ele, porém, afastou-se e deixou-os.

40-42-Atravessou o rio YArdayán até ao local onde YAHUKHANAM andara primeiro a batizar, e muitos o seguiam. YAHUKhanam não fez milagres, diziam entre si, mas realizaram-se todas as suas predições acerca deste homem. E ali muitos creram nele.

YAHUKHANAM
11

A morte de
Úlozor

1-Havia em Bóhay-Anyáo um homem chamado Úlozor, que vivia com suas irmãs, Maoro-ém e Marta.

2Maoro-ém foi aquela que deitou o perfume muito caro sobre os pés de
YAHUSHUA e os enxugou com os cabelos.

3-Úlozor adoeceu,e as duas irmãs mandaram recado a YAHUSHUA, dizendo: Molkhiúl, o nosso irmão está muito mal.

4-Contudo, quando YAHUSHUA soube disso, observou: Essa doença não é para morte, mas para a glóriade YAHU UL. Eu, ha-BOR de YAHU UL, receberei glória em resultado desta enfermidade.

5-Embora YAHUSHUA fosse muito amigo de Marta, de Maoro-ém e de
Úlozor,

6-ficou onde estava durante mais dois dias, sem nada fazer para ir ter
com eles.

7-Por fim, passados esses dois dias, disse aos discípulos: Vamos para
a YAHUDAH.

8-Mas os discípulos opuseram-se. Maoro-éh, ainda há uns dias atrás os
YAHÚ-dim procuraram matar-te, e queres voltar para lá?

9-10-YAHUSHUA respondeu: Há doze horas de luz em cada dia e em que uma pessoa pode caminhar sem tropeçar. Só de noite é que há perigo de se dar um passo em falso por causa da escuridão.

11-E acrescentou depois: O nosso amigo Úlozor adormeceu, mas agora
vou acordá-lo!

12-13-Os discípulos, pensando que YAHUSHUA quisesse dizer que Úlozor estava a dormir normalmente, comentaram: Isso significa que está melhor. Mas o que YAHUSHUA queria dizer era que Úlozor tinha morrido.

14-15-Então disse-lhes abertamente: Úlozor morreu, e por vossa causa estou satisfeito por não me encontrar ali nessa altura, pois isto dar-vos-á outra oportunidade de confirmarem a vossa fé. Vamos ter com Úlozor.

16Tomé, que também era chamado o Gémeo, disse aos outros discípulos: Vamos nós também, para morrer com YAHUSHUA.

YAHUSHUA
consola as irmãs de Ulozor

17-19Quando chegaram a Bóhay-Anyáo, souberam que Úlozor já estava sepultado havia quatro dias. Bóhay-Anyáo ficava a poucos quilômetros na estrada para YAHUSHUA-oléym, e muitos dos YAHÚ-dim tinham ido para consolar Marta e Maoro-ém na sua perda.

.
20-22-Quando Marta soube que YAHUSHUA vinha a caminho, foi ao seu encontro; mas Maoro-ém ficou em casa. Marta disse a YAHUSHUA, Molkhiúl, se aqui estivesses, o meu irmão não teria morrido. Mas eu sei que mesmo agora não é tarde demais, pois que tudo o que pedires a YAHU UL ele te dará.

23-YAHUSHUA respondeu-lhe: O teu irmão ressuscitará.

24-Sim, tornou Marta, quando toda a gente ressuscitar no
dia da ressurreição.

25-26-YAHUSHUA disse-lhe: Eu sou a ressurreição e a vida.
Quem crer em mim viverá, mesmo que morra. É-lhe dada a vida eterna por crer em mim e nunca mais morrerá. Crês nisto, Marta?

27-Sim, Maoro-éh. Creio que és ha-MEHUSHKHAY (o Messias), ha-BOR de YAHU UL, aquele que há tanto tempo esperávamos.

28-29-Então ela retirou-se e foi chamar Maoro-ém à parte: O Maro-éh já chegou e quer ver-te. Esta foi logo ter com ele.

30-32-Ora, YAHUSHUA parara fora da aldeia, no local onde Marta se encontrara com ele. Quando os YAHÚ-dim, que estavam na casa e procuravam confortar Maoro-ém, a viram sair tão apressadamente, pensaram que fosse ao túmulo de Úlozor para chorar, e seguiram-na. Chegada ao lugar onde YAHUSHUA se encontrava, Maoro-ém caiu-lhe aos pés, dizendo: Molkhiúl, se tivesses estado aqui, o meu irmão não teria morrido.

33-Ao vê-la chorar acompanhada no seu pranto pelas pessoas da terra, YAHUSHUA comoveu-se e sentiu forte emoção:

34Onde está ele sepultado?,perguntou-lhes.Vem ver, disseram-lhe.

35E YAHUSHUA chorou.

36Vejam como ele era amigo de Úlozor!, comentaram as pessoas.

37Mas outros disseram: Se pôde curar
cegos, porque não evitou a morte de Úlozor?

YAHUSHUA
ressuscita Úlozor

38-YAHUSHUA comoveu-se muito outra vez.Entretanto,chegaram ao sepulcro. Era uma gruta com uma pesada pedra a tapar a entrada.

39-Retirem a pedra, ordenou YAHUSHUA. Mas Marta, irmã de Úlozor, observou: Já
deve cheirar muito mal, porque há quatro dias que morreu.

40-YAHUSHUA respondeu:
Não te disse que, se creres, verás a glória de YAHU UL?

41-43Rolaram pois a pedra. YAHUSHUA ergueu o olhar para o céu e disse: YAHU ABí, graças te dou por me ouvires. Tu ouves-me sempre, mas digo isto por causa de toda a gente que aqui está, para que creiam que me enviaste. Então YAHUSHUA mandou, em voz muito forte: Úlozor, sai!

44-Úlozor surgiu, ainda todo envolvido em panos e o rosto tapado com uma toalha (ou lenço). YAHUSHUA ordenou-lhes: Desliguem-no e deixem-no ir!

45-E foi assim que,finalmente, muitos YAHÚ-dim que se encontravam com Maoro-ém, e viram isto acontecer, creram nele.

O plano para
matar YAHUSHUA

46-Alguns, porém, foram ter com os Farsyím e contaram-lhes o sucedido.

47-Os principais intermediários e os Farsyím convocaram o supremo conselho para discutir o caso. Que vamos fazer?, perguntavam-se uns aos outros. Não há dúvida de que este homem faz grandes milagres.

48-Se não interviermos, toda a gente o seguirá, e o exército romano virá e destruirá tanto o nosso Templo como a nossa nação.

.
49-50-Um deles, Caifás, que naquele ano era supremo intermediário, disse: Vocês não percebem nada. Deixem este homem morrer pelo povo. Porque é que se há-de perder toda a nação?

51-52-Esta revelação de que YAHUSHUA deveria morrer por toda a nação veio da boca de Caifás, no seu cargo de supremo intermediário; não foi coisa que ele tivesse pensado por si próprio, mas foi inspirado a dizê-lo. Era uma predição de que a morte de YAHUSHUA não seria só por YAshorúl, mas para reunir todos os filhos de YAHU UL espalhados pelo mundo.

53-A partir daí,começaram a planejar a morte de YAHUSHUA.

54-YAHUSHUA já não andava manifestamente em público. Saindo de YAHUSHUA-oléym, dirigiu-se para a proximidade do deserto, para a localidade de Efroím, onde ficou com os discípulos.

55-56-A PósqaYA dos YAHÚ-dim estava próxima, e muitos daquela
província entraram em YAHUSHUA-oléym antes da data para poderem proceder primeiro à cerimônia da purificação. Queriam ver YAHUSHUA e perguntavam uns aos outros: O que é que acham? Virá ele à PósqaYA?

57Entretanto, os principais intermediários e Farsyím tinham anunciado publicamente que, se alguém visse YAHUSHUA, devia participar imediatamente o fato para que o pudessem prender.

YAHUKHANAM
12

YAHUSHUA é
ungido em Bóhay-Anyáo

1-Seis dias antes do começo das celebração da PósqaYA, YAHUSHUA chegou a Bóhay-Anyáo, onde morava Úlozor, a quem tornara a dar vida.

2-3-Fizeram um jantar em honra de YAHUSHUA; Marta servia à mesa e Úlozor estava ali sentado com ele. Então Maoro-ém pegou num vaso de perfume caro feito de essência de nardo e deitou-o sobre os pés de YAHUSHUA, enxugando-os com o cabelo; toda a casa se encheu daquele belo cheiro.

4-Mas Yudas Ish-Kerióth, um dos discípulos, aquele que o iria trair, comentou:

5-Este perfume valia uma fortuna. Melhor teria sido vendê-lo e dar o dinheiro aos pobres.

6-Falava assim, não porque se preocupasse com os pobres, mas porque estava encarregado do dinheiro dos discípulos e costumava servir-se dele em seu benefício próprio.

7-YAHUSHUA respondeu-lhe:Deixem-na. Ela fez isto como preparação para a minha morte.

8Sempre terão pobres para lhes valer, mas eu não estarei convosco muito mais tempo.

9-11Quando o povo de YAHUSHUA-oléym soube da sua chegada, acorreu a vê-lo, a ele e a Úlozor, o ressuscitado. Então os principais intermediários decidiram matar Úlozor também, pois fora por causa dele que muitos YAHÚ-dim o tinham seguido, crendo ser YAHUSHUA o seu Messias

A entrada em
YAHUSHUA-oléym

12-13-o dia seguinte, a notícia de que YAHUSHUA ia a caminho de YAHUSHUA-oléym espalhou-se pela cidade, e uma multidão enorme de gente de fora que tinha ido para celebrar a PósqaYA pegou em ramos de palmeira, veio ao seu encontro e seguiu pela estrada adiante, gritando: Glória a YAHU UL! Bendito o Rei de YAshorúl, que vem em Shúam (Nome) de YAHU UL!

14-15YAHUSHUA ia montado num jumento novo, dando cumprimento ao que na Qaotáv estava escrito:Não receies, ó povo de YAshorúl. O teu rei virá a ti com humildade,sentado na cria de um jumento!

16-Naquela altura, os discípulos não compreenderam que era o cumprimento duma profecia. Somente depois de YAHUSHUA ter voltado para a sua glória no céu é que repararam no cumprimento das profecias das Qaotáv a seu respeito.

17-18-E aqueles dentre a multidão que tinham visto YAHUSHUA chamar Úlozor de novo à vida contavam o caso aos restantes. Foi esse o principal motivo que levou tantos a saírem ao seu encontro, por terem ouvido falar neste grandioso milagre.

19-Os Farsyím disseram entre si: Perdemos! Olhem como todo o povo vai atrás dele!

YAHUSHUA
prediz a sua morte

20-22-Alguns dos Gregos que tinham ido a YAHUSHUA-oléym para assistir à PósqaYA vieram ter com Felipe, que era de Bóhay Shua-odái da Galileia, e pediram: Nós queríamos conhecer YAHUSHUA! Felipe falou neste pedido a Andorúl, e foram juntos ter com YAHUSHUA.

23-YAHUSHUA esclareceu que chegara a hora de voltar para a sua glória
no céu e acrescentou:

24- verdade é esta: se um grão de trigo, ao cair na terra, não morrer, ficará somente uma semente isolada. Mas se morrer, ele produzirá muitos grãos.

25-Quem amar a sua vida irá perdê-la, enquanto quem
desprezar a sua vida neste mundo irá guardá-la para a vida eterna.

26-Se alguém quer ser meu discípulo, que venha e me siga, pois os meus servos deverão estar onde eu estiver. E, se me seguirem, YAHU ABí os honrará.

27-Agora a minha alma está perturbada. Deverei eu orar para que YAHU ABí me livre do que me espera? Mas se foi para isso mesmo que vim!

28- YAHU ABí, traz honra ao teu Shúam (Nome)!E ouviu-se uma voz vinda do céu que disse: Já o honrei, e glorificá-lo-ei outra vez.

29-Quando a multidão ouviu a voz, alguns julgaram que fosse um trovão,
enquanto que outros afirmavam que um anjo lhe tinha falado.

30- YAHUSHUA explicou-lhes: A voz que ouviram foi para vosso bem e não para o meu.

31-Chegou a hora de o mundo ser julgado, e a hora também em que o príncipe deste mundo será expulso.

32-E quando eu for erguido da terra atrairei todos a mim.

33-Disse isto indicando a maneira como ia morrer.

34-A multidão perguntou: A lei ensina-nos que hol-MEHUSHKHAY (o Messias) vive para todo o sempre. Porque dizes que ele devera ser levantado? De quem falas tu?

35-YAHUSHUA respondeu: A minha luz brilhará para vocês mais algum tempo ainda. Caminhem enquanto têm a luz, para que as trevas não vos apanhem; quem anda nas trevas não sabe para onde vai.

36-Acreditem na luz enquanto ainda há tempo; então tornar-se-ão filhos da luz. Depois de dizer estas coisas, YAHUSHUA retirou-se e ocultou-se da vista das pessoas.

Os YAHÚ-dim
continuam na sua descrença

37-38-Mas, apesar de todos os milagres que tinha feito, havia muita gente que não cria nele, exatamente como YASHUAYAHU, o profeta, havia dito: YAHU UL, quem crerá na nossa mensagem? Quem aceitará a revelação do poder de YAHU UL?

39-40-Mas não podiam crer porque, como YASHUAYAHU também disse:YAHU UL fechou-lhes os olhos e endureceu-lhes os coraçõesde forma que não veem nem entendem, nem se voltam para Ele para que os cure.

41-YASHUAYAHU, ao fazer esta revelação, referia-se a YAHUSHUA, pois tinha tido uma visão da Sua Glória.

42-43-Por outro lado, mesmo muitos dos chefes YAHÚ-dim acreditavam nele, sem contudo o confessarem, receosos de que os Farsyím os expulsassem da sinagoga, porquanto davam mais apreço ao louvor dos homens do que ao louvor a YAHU UL.

44-47-YAHUSHUA clamou à multidão: Quem crê em mim crê naquele que me enviou. E quem me vê a mim vê aquele que me enviou. Vim como a luz que veio ao mundo para que todo o que crê em mim não fique nas trevas.

48-50-Se alguém ouvir as minhas palavras e não crer, não sou eu quem o julga, pois vim para salvar o mundo e não para ojulgar. Mas todos quantos me rejeitam, a mim e as minhas palavras, serão julgados no dia do julgamento pelas próprias palavras que lhes falei. Porque o que tenho falado não é de mim mesmo; apenas vos disse o que YAHU ABí me mandou que vos comunicasse. Os seus preceitos conduzem à vida eterna; por isso digo tudo o que ele me manda dizer.

YAHUKHANAM
13

YAHUSHUA
lava os pés aos discípulos

1-2-Na noite da PósqaYA, YAHUSHUA já sabia que seria aquela a sua última noite neste mundo antes de voltar para junto de YAHU ABí. Ha-Satan já convencera Yudas Ish-Kerióth, filho de Shamiúl, a traí-lo.

3-YAHUSHUA sabia que YAHU ABí dera tudo nas suas mãos e que viera de YAHU UL e para YAHU UL voltaria. Quanto aos seus discípulos, amou-os sempre da forma mais perfeita!

4-5-Depois da ceia,levantou-se da mesa, despiu a túnica, pôs uma toalha à volta da cintura, e, deitando água numa bacia, começou a lavar os pés dos discípulos e a enxugá-los com a toalha.

6-Quando chegou a vez de Shamiúl Kafos, este observou-lhe: Maoro-éh, não devias lavar-me os pés.

7-YAHUSHUA retorquiu: Agora não entendes o que faço, mas virá o dia em que compreenderás.

8-Não, protestou Kafos. Não consinto que me laves os pés!Se não deixares, não poderás ter parte comigo.

9-Kafos respondeu: Molkhiúl, então não só os pés, mas as mãos e a cabeça!

10-YAHUSHUA respondeu: Aquele que se lavou por completo só precisa de lavar os pés para se manter limpo. Agora estás limpo, mas nem todos os que aqui se encontram o estão.

11-Pois YAHUSHUA sabia quem o ia trair. Por isso disse aquela frase: Nem todos vocês estão limpos.

12-Depois de lhes ter lavado os pés, tornou a vestir a túnica e, sentando-se, perguntou: Compreendem o que eu fiz?

13-Chamam-me Maoro-éh e Molkhiúl, e fazem bem, porque é verdade.

14-E uma vez que eu, Molkhiúl e Maoro-éh, vos lavei os pés, também devem lavar os pés uns aos outros.

15-Dei-vos um exemplo; façam como eu vos fiz.

16-17-É bem verdade que o criado não é mais do que o seu patrão, nem o mensageiro mais importante do que aquele que o enviou! Agora que sabem estas coisas, serão felizes se as praticarem.

YAHUSHUA
fala da traição

18-19-Ao dizer estas coisas, não me refiro a todos sem excepção; porque vos conheço bem. Eu próprio vos escolhi! As Qaotáv dizem: O que comia do meu pão, até esse me trai. Isto cumprir-se-a. Digo-vos isto agora para que, quando acontecer, possam crer que eu sou quem sou.

20-Na verdade, todo aquele que receber quem eu
enviar recebe-me a mim. E receber-me a mim é receber YAHU ABí que me enviou.

.
21-Neste momento, YAHUSHUA começou a angustiar-se e exclamou: Sim, é verdade, um de vocês vai trair-me.

22-Os discípulos entreolharam-se sem saberem a quem se
referia.

23-25-Um deles, que estava à mesa, ao lado de YAHUSHUA, era o seu amigomais íntimo. Shamiúl Kafos fez-lhe sinal para que lhe perguntasse de quem falava. Então inclinando-se para YAHUSHUA, perguntou-lhe: Molkhiúl, quem é?

26-27-YAHUSHUA disse: Aquele a quem eu der o pão ensopado no molho. E, depois de ter molhado um pedaço de pão, deu-o a Yudas, filho de Shamiúl Ish-Kerióth. Logo que Yudas o comeu, ha-Satan entrou nele, e YAHUSHUA disse-lhe: O que pretendes fazer fá-lo já.

.
28-30-Nenhum dos outros que estavam à mesa percebeu com que propósito YAHUSHUA lhe dissera aquilo. Alguns pensavam que, como Yudas era o tesoureiro, YAHUSHUA o mandara pagar a refeição ou dar dinheiro aos pobres. Yudas saiu imediatamente e desapareceu na noite.

YAHUSHUA
prediz que Kafos o vai negar

31-32-Logo depois, disse: Chegou a hora da Glória do ha-BOR do Homem, e YAHU UL receberá Glória por Ele. YAHU UL dar-lhe-á a Sua Glória, em breve.

33-Meus queridos filhos, vou estar convosco por pouco tempo mais! E então, apesar de me procurarem, não poderão vir ter comigo, tal como disse aos YAHÚ-dim.

34-Assim, dou-vos agora um novo mandamento: que se amem uns aos outros. Como eu vos tenho amado, assim devem amar-se uns aos outros.

35-O vosso amor uns pelos outros provará ao mundo que são meus discípulos.

36-Shamiúl Kafos perguntou: Molkhiúl, para onde vais?E YAHUSHUA replicou: Agora não podes ir comigo, mas seguir-me-ás mais tarde.

37-Porque é que não posso ir agora, se estou pronto a morrer por ti?

38-YAHUSHUA respondeu: Morrer por mim? Não; antes que o galo cante de madrugada, três vezes negarás que me conheces!

YAHUKHANAM
14

YAHUSHUA
conforta os discípulos

1-Que o vosso coração não se aflija. Creem em YAHU UL, creiam também em mim.

2-3-Há muitas moradas onde vive meu YAHU ABí, e vou aprontá-las para a vossa chegada. Quando tudo estiver pronto, então virei para vos levar, para que possam estar sempre comigo onde eu estiver. Se assim não fosse, eu próprio vos teria dito
claramente.

4-Aliás vocês sabem para onde vou e como se vai para lá.

YAHUSHUA é o
Caminho para YAHU ABí

5-Não, não sabemos, interrompeu Tomé. Se não fazemos a menor ideia para onde vais, como podemos conhecer o caminho?

6-7-YAHUSHUA disse-lhe: Sou eu o caminho. Sim, e a Verdade e a Vida. Ninguém pode chegar a YAHU ABí sem ser através de Mim. Se tivessem sabido quem sou, então saberiam também quem é o meu YAHU ABí. A partir de agora, já o conhecem e o têm visto!

8-Felipe disse: Molkhiúl, mostra-nos YAHU ABí, e isso nos
basta.

9-11-YAHUSHUA respondeu: Ainda não sabes quem eu sou, Felipe, mesmo depois de todo este tempo que passei convosco? Todo aquele que me viu, viu também YAHU ABí. Então, porque me pedes para o veres? Não acreditas que eu estou em YAHU ABí e que YAHU ABí está em mim? As palavras que digo não são minhas, mas vêm do meu YAHU ABí, que vive em mim. E é através de mim que ele realiza as suas obras. Creiam somente que estou em YAHU ABí e que YAHU ABí está em mim. Ou então acreditem por causa das obras que me viram fazer.

12-14-Digo-vos solenemente que aquele que crer em mim fará as mesmas obras que eu, e maiores até, porque vou para junto de YAHU ABí. Podem pedir-lhe tudo, em meu Shúam (Nome), que eu o farei, pois isso contribuirá para a glória de YAHU ABí por causa do que eu, ha-BOR, farei por vocês. Sim, peçam seja o que for, servindo-se do meu Shúam (Nome), que eu o farei.

YAHUSHUA
promete o RÚKHA hol-HODSHUA (Espírito O Santo)

15-17-Se me amam, obedeçam-me; e eu pedirei a YAHU ABí que vos envie outro conselheiro, e este nunca vos abandonará. Ele é o RÚKHA hol-HODSHUA, o RÚKHA que conduz a toda a Verdade. O mundo não o pode receber porque nem o procura, nem o reconhece. Mas vocês, sim, pois ele vive convosco e estará mesmo no vosso íntimo.

.
18-21-Não, não vos abandonarei nem vos deixarei na orfandade; antes virei até vocês. Mais um pouco e terei saído do mundo, mas continuarei convosco. Pois tornarei a viver, e vocês também. Quando eu voltar à vida, hão-de saber que eu estou no meu YAHU ABí, e vocês em mim, e eu em vocês. Aquele que me obedece é aquele que me ama; e, por ele me amar, meu YAHU ABí amá-lo-á; e também eu o amarei e me revelarei a ele.

22-YAHUDAH (não o Yudas Ish-Kerióth) perguntou-lhe: Molkhiúl, porque é que te
revelarás unicamente a nós, e não a todo o mundo?

23-24-YAHUSHUA respondeu: Porque só me revelarei àqueles que me amam e me obedecem. Também YAHU ABí os amará, e viremos a eles e com eles viveremos. Aquele que não me obedece não me ama. Esta resposta à vossa pergunta não é imaginação minha! É a resposta dada pelo YAHU ABí, que me enviou.

25-26-Digo-vos estas coisas enquanto estou ainda convosco. Mas, YAHU ABí mandará o Mináokhem (Conselheiro) em meu Shúam (Nome) – esse Mináokhem é o RÚKHA hol-HODSHUA – ele vos ensinará muitas coisas e vos lembrará tudo o que eu próprio vos tenho dito.

27-28-Deixo-vos a minha paz. E a paz que eu dou não é como aquela que o mundo dá. Por isso, não se aflijam nem tenham receio. Lembrem-se do que vos disse: Retiro-me, mas voltarei de novo para vocês. Se realmente me amam, sentir-se-ão felizes, pois agora posso ir para YAHU ABí, que é maior do que eu.

29-Disse-vos estas coisas antes de acontecerem para que, quando se realizarem, possem crer.

30-Não tenho muito mais tempo para falar convosco, pois que se aproxima o dominador deste mundo. Ele não tem poder sobre mim;

31-mas o mundo deve saber que amo YAHU ABí e que faço exatamente o que meu YAHU ABí me mandou fazer. Levantem-se. Vamos.

YAHUKHANAM
15

A videira e
os ramos

1-2-Eu sou a videira verdadeira, e meu YAHU ABí é o lavrador. Ele corta todos os ramos que não produzirem fruto. E, aos que o produzem, poda-os para que frutifiquem ainda
mais.

3-Ele já cuidou de vocês, podando-vos para que tenham mais vigor e
utilidade, graças aos ensinamentos que vos dei.

4-Tenham o cuidado de viver em mim, e deixem-me viver em vocês. Porque um ramo não pode dar fruto quando separado da videira. Por isso não poderão dar fruto afastados de mim.

5-Sim, eu sou a videira, e vocês são os ramos. Aquele que viver em mim e eu nele produzirá muito fruto. Pois sem mim nada podem fazer.

6-8-Se alguém se separar de mim, será lançado fora por ser um ramo inútil; seca e é posto com todos os outros que serão depois queimados. Mas se continuarem em mim e obedecerem aos meus mandamentos, poderão pedir o que quiserem, que vos será concedido. Os meus verdadeiros discípulos produzem muito fruto, o que traz grande glória ao meu YAHU ABí.

9-14-Amei-vos como YAHU ABí me amou. Vivam no meu amor. Se guardarem os meus mandamentos estarão a viver no meu amor, assim como eu obedeço ao meu YAHU ABí e vivo no seu amor. Disse-vos isto para que se possam encher da minha alegria. Sim, a vossa taça de alegria transbordará! Mando-vos que se amem uns aos outros como eu vos amei. E é esta a medida: o maior amor é mostrado quando alguém dá a vida pelos seus amigos. E vocês serão meus amigos se fizerem o que vos mando.

15-16-Já não vos chamo criados, pois estes não acompanham o que faz o
patrão. Vocês são meus amigos, e a prova disso é o fato de vos ter revelado tudo o que YAHU ABí me disse. Não foram vocês quem me escolheram, mas eu vos escolhi a vocês e vos nomeei para irem e produzirem fruto, e fruto que perdure, de modo que YAHU ABí vos dê tudo o que lhe pedirem em meu Shúam (Nome).

17-É pois isto o que vos mando, que se amem uns aos outros.

O mundo
odeia os discípulos

18-20-Se o mundo vos aborrece, primeiro me aborreceu a mim. O mundo amar-vos-ia se vocês lhe pertencessem; mas vocês não lhe pertencem. Eu vos escolhi para saírem do mundo, e por isso o mundo vos odeia. Lembrem-se do que vos disse: O criado não é maior do que o seu Amo! Assim, visto que me perseguiram, também vos perseguirão a vocês. E, se me tivessem escutado, escutar-vos-iam também a vocês.

21-A gente do mundo perseguir-vos-á por me pertencerem, pois não conhecem
YAHU UL que me enviou.

22-Se eu não tivesse vindo e não lhes tivesse falado, não
seriam culpados. Mas agora o seu pecado não tem desculpa.

23-Qualquer que me repudia, repudia também o meu YAHU ABí.

24-Se eu não tivesse feito entre eles as coisas que mais ninguém fez, não seriam considerados culpados. Mas eles viram esses milagres, e mesmo assim aborreceram-nos, a mim e ao meu YAHU ABí.

25Assim se cumpriu o que está escrito na sua lei: Odeiam-me sem motivo.

26-27-Mas mandar-vos-ei o RÚKHA hol-HODSHUA, fonte de toda a verdade. Ele virá desde YAHU ABí e vos dirá tudo a meu respeito. E também vocês devem testemunhar de mim, porque têm estado comigo desde o princípio.

YAHUKHANAM
16

1-Disse-vos estas coisas para que não se desviem.

2-3-Porque serão expulsos das sinagogas, e aqueles que vos matarem julgarão ter feito um serviço a YAHU UL, porque nunca conheceram nem YAHU ABí nem a mim.

4-Sim, digo-vos estas coisas agora para que, quando se derem, se lembrem de que vos avisei. Não vos disse mais cedo porque ia ainda estar convosco mais algum tempo.

A obra do
RÚKHA hol-HODSHUA

5-Agora,volto para aquele que me enviou. Mas nenhum de vocês me pergunta para onde vou.

.
6-Em vez disso, sentem apenas tristeza.

7-Mas a verdade é que melhor vos será que eu me vá, porque se eu não for, não virá o RÚKHA hol-HODSHUA. Se eu for, ele virá, pois vou enviá-lo a vocês.

8-E quando ELE vier, convencerá o mundo do
pecado, de que tem de contar com a justiça de YAHU UL, e de que haverá um juízo.

9-11O pecado do mundo é não crer em mim. Haverá justiça porque eu vou para YAHU ABí e vocês não me verão mais. O juízo virá porque o príncipe deste mundo já foi julgado.

12-Ficam ainda tantas outras coisas que vos queria dizer,
mas agora não as podem suportar!

13-14-Mas quando o RÚKHA da verdade vier, ele
vos guiará em toda a verdade. Ele não vos apresentará as suas próprias ideias, antes irá transmitir aquilo que ouviu. Ele vos revelará o futuro. Louvar-me-á e me trará grande honra, mostrando-vos a minha glória.

15-Toda a glória de YAHU ABí me pertence; é isto que quero dizer ao afirmar que ele vos mostrará a minha glória.

16-Mais um pouco de tempo e terei partido, e não me tornarão a ver; mas mais um pouco de tempo ainda e ver-me-ão de novo!

A tristeza
dará lugar à alegria

17-18-Mas que está ele a dizer?, interrogaram-se os discípulos. Que é isto quando ele diz: Vocês não me verão, mas mais tarde hão-de ver-me? Que quer dizer: Eu vou para YAHU ABí? E o que significa: um pouco mais tarde? Não entendemos.

19-21-YAHUSHUA percebeu que eles pretendiam que se explicasse
melhor e disse: Perguntam a si mesmos o que quero dizer? Eu disse, num breve tempo partirei e vocês não me verão mais. Então um pouco mais tarde, vocês me verão de novo. O mundo ficará muito feliz com o que me vai acontecer, e vocês chorarão. Mas o vosso choro se transformará de súbito em alegria, a mesma alegria que tem uma mulher quando nasce o seu filho, pois nela, ao medo segue-se o encanto, e a dor fica esquecida.

22-24-Agora têm desgosto, mas eu tornarei a ver-vos, e então alegrar-se-ão; e essa alegria ninguém vo-la pode roubar. Então não precisarão de me pedir nada, pois poderão falar com YAHU ABí e pedir-lhe, e ele vos dará o que desejam se falarem em meu Shúam (Nome). Ainda não experimentaram fazê-lo; mas peçam, invocando o meu Shúam (Nome), e receberão, e terão alegria abundante.

25-28-Falei nestas coisas muito por meio de parábolas, mas virá o tempo em que isso não será necessário e em que de forma bem clara vos revelarei YAHU ABí. Então poderão apresentar os vossos pedidos em meu Shúam (Nome). E não será preciso eu pedir a YAHU ABí por vós, pois o próprio YAHU ABí vos tem grande amor por me amarem e crerem que venho dele. Sim, vim de YAHU ABí a este mundo, e deixarei o mundo para voltar para YAHU ABí.

29-30-Até que enfim que falas claramente, reconheceram os discípulos,
e não por enigmas. Agora compreendemos que sabes tudo e sabes até o que precisamos de conhecer, sem te interrogarmos. Por isso acreditamos que foi de YAHU UL que vieste.

31-32-YAHUSHUA disse: Acreditam finalmente? Mas virá tempo,
e é agora mesmo, em que serão espalhados, cada um seguindo o seu próprio caminho, deixando-me só. No entanto, não estarei sozinho, porque YAHU ABí está comigo.

33-Disse-vos tudo isto para que tenham paz. Aqui na terra terão muitos
sofrimentos; mas tenham coragem, porque eu venci o mundo.

YAHUKHANAM
17

YAHUSHUA
fala com YAHU ABí (o Pai)

1-Depois deter falado em todas estas coisas, YAHUSHUA levantou o olhar para o céu e disse: YAHU ABí, chegou a altura. Revela a glória de teu ha-BOR para que ele te possa dar também glória a ti.

2-Porque lhe deste autoridade sobre cada ser humano em toda a terra. Ele dá a vida eterna a todo aquele que tu lhe confiaste.

3-E a vida eterna significa conhecer-te a ti,
o único YAHU UL verdadeiro, e a YAHUSHUA hol-MEHUSHKHAY, a quem enviaste ao
mundo.

4-5-Trouxe-te glória aqui na terra fazendo o que me deste a fazer. E
agora, YAHU ABí, dá-me a glória que eu tinha junto de ti, antes de o mundo começar.

YAHUSHUA ora
pelos discípulos

6-8-Revelei-te a estes homens. Eles estavam no mundo, mas depois deste-mos. Foram sempre teus, e tu mos deste; e eles têm obedecido à tua palavra. Agora sabem que tudo o que tenho provém de ti. Porque lhes transmiti as ordens que me deste; e eles aceitaram-nas e sabem de certeza que eu desci à terra vindo de ti, e creem que me enviaste.

9-10-Peço, não pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque te
pertencem. E todos eles, uma vez que são meus, te pertencem a ti também; e tu mos tornaste a dar com tudo o mais que é teu, e, assim, eles são a minha glória.

11Agora vou deixar o mundo e deixá-los a eles também, para ir para junto de ti. YAHU ABí Santo, guarda-os sob o teu cuidado, todos aqueles que me deste, para que permaneçam unidos, como nós estamos unidos.

12Durante o tempo que aqui estive, tenho conservado seguros em teu Shúam (Nome) todos estes que me deste, guardando-os de modo que nenhum se perdeu, exceto aquele que tinha de perder-se, conforme predisseram as Qaotáv.

13-14E agora vou para junto de ti. Disse-lhes muitas coisas enquanto estive com eles, para que ficassem cheios da minha alegria. Dei-lhes os teus ensinamentos. E o mundo quer-lhes mal porque não se adaptam ao mundo, como eu também nele não tenho lugar.

15-Não te peço que os tires do mundo, mas que os conserves a salvo do poder de ha-Satan

16-Eles não são parte deste mundo, como também eu o não sou.

17-Torna-os santos, ensinando-lhes as tuas palavras da verdade.

18-Assim como me enviaste ao mundo,
também eu os envio ao mundo.

19-E dedico-me a ir ao encontro da sua necessidade de crescerem na verdade e santidade.

YAHUSHUA ora
por todos os YAHUSHUAHEEM (crentes)

20-Não Oro só por estes, mas também por todos os futuros crentes que venham a mim pelo testemunho que estes derem.

21-E a minha oração para todos eles é que estejam unidos, como tu e eu o estamos, YAHU ABí, para que, assim como estás em mim e eu em ti, também eles estejam em nós, e para que o mundo acredite que tu me enviaste.

22-Dei-lhes a glória que me deste, para que possam ser um, como nós o
somos;

23-eu neles, e tu em mim, e tudo perfeito num só, para que o mundo saiba que me enviaste e compreenda que os amas tanto como tu me amas a mim próprio.
24- YAHU ABí, quero tê-los comigo, aqueles que me deste, para que possam ver minha glória. Essa glória deste-ma tu por me amares antes do princípio do mundo.

25-26- YAHU ABí justo, o mundo não te conhece, mas eu conheço-te, e estes discípulos sabem que me enviaste. Eu revelei o teu Shúam (Nome) a eles e continuarei a revelar-o, para que o amor que tens por mim esteja neles, e eu neles esteja também.

YAHUKHANAM
18

YAHUSHUA é
preso

1-2-Depois de dizer estas coisas, YAHUSHUA atravessou o vale de Kidron com os discípulos e entrou num olival, local conhecido de Yudas, o traidor, por YAHUSHUA ali ter ido muitas vezes com os discípulos.

3-Os principais intermediários e Farsyím tinham dado a Yudas um destacamento de soldados e polícias, que o acompanharam. Chegaram ao olival à luz de archotes e lanternas, e de armas na mão.

4-YAHUSHUA sabia bem tudo o que lhe ia acontecer e, avançando ao encontro deles, perguntou: Quem procuram?

5-YAHUSHUA Nudtzorothíy, responderam.Sou eu, disse
YAHUSHUA. Yudas estava ali com eles quando YAHUSHUA se identificou.

6-7-Quando YAHUSHUA disse, Sou eu, todos caíram para trás. Uma vez mais lhes perguntou: Quem procuram?YAHUSHUA Nudtzorothíy.

8-9-Já vos disse que sou eu, disse YAHUSHUA. Uma vez que é a mim que procuram, deixem estes outros irem-se embora. Procedeu assim em cumprimento daquilo que tinha dito, havia pouco tempo, quando orava: Não perdi um único daqueles que me deste.

10-11-Então Shamiúl KAFOS puxou de uma espada e cortou a orelha direita de Malco, servo do supremo intermediário. YAHUSHUA, porém, disse a KAFOS: Guarda a espada. Não devo eu beber a taça que meu YAHU ABí me deu?

YAHUSHUA
perante Anás

12-14-Os guardas e os soldados, mais o comandante, prenderam YAHUSHUA, amarraram-no elevaram-no primeiro a Anás, sogro de Caifás, que era o supremo intermediário daquele ano. Fora Caifás quem dissera aos outros dirigentes YAHÚ-dim: É melhor que um homem morra pelo povo.

KAFOS nega
YAHUSHUA

15-17-Shamiúl Kafos seguiu-os, assim como outro discípulo que conhecia o supremo intermediário. Por isso, esse outro discípulo foi autorizado a entrar no pátio juntamente com YAHUSHUA, enquanto que Kafos ficou fora do portão. Então esse discípulo falou à jovem que guardava o portão, e ela deixou Kafos entrar. A jovem perguntou a Kafos: Não és um dos discípulos de YAHUSHUA?Não, não sou,
respondeu.

18-Os guardas e os criados estavam à volta de uma fogueira que tinham
feito, pois o tempo ia frio. Kafos encontrava-se com eles, a aquecer-se.

O ‘supremo’
intermediário interroga YAHUSHUA

19-21-Lá dentro, o ‘supremo’ intermediário começou a interrogar YAHUSHUA acerca dos seus seguidores e do que lhes andara a ensinar. YAHUSHUA respondeu: O que tenho ensinado é bem conhecido, pois preguei com regularidade nas sinagogas e no Templo; todos os YAHÚ-dim me ouviram e nada ensinei em particular que não tivesse já dito em público. Aliás, porque me fazes tal pergunta? Interroga aqueles que me ouviram. Alguns estão aqui e sabem o que eu disse.

22-Um dos soldados que ali se encontrava deu-lhe uma bofetada: É assim que respondes ao supremo intermediário?

23-Se menti, prova-o, replicou YAHUSHUA. Se não, por que
me feres?

24-Então Anás enviou YAHUSHUA, amarrado, a Caifás, o supremo
intermediário.

KAFOS nega
YAHUSHUA mais duas vezes

25-Entretanto, estando Shamiúl Kafos junto à fogueira, tornaram a perguntar-lhe: Não és um dos seus discípulos?Não sou, não, disse Kafos.

26-Mas um dos criados da casa do supremo intermediário, parente do homem cuja orelha Kafos tinha cortado, inquiriu: Não foi a ti que eu vi no olival com YAHUSHUA?

27-Uma vez mais, Kafos negou. E imediatamente cantou um galo.

YAHUSHUA
perante Pilatos

28-29-O julgamento de YAHUSHUA na presença de Caifás só acabou de madrugada. Levaram-no em seguida para o palácio do governador romano. Os seus acusadores não podiam entrar porque isso os tornaria impuros, segundo diziam, impedindo-os de comer o cordeiro pascal. Assim, Pilatos, que era o governador, saiu ao encontro deles e perguntou: Que queixa têm contra este homem?

30-Se não fosse malfeitor não to teríamos trazido, retorquiram.

31-32-Então levem-no e julguem-no vocês mesmos de acordo com as vossas leis, tornou-lhes PilatosMas queremos que seja morto, e nós não podemos fazê-lo, replicaram os YAHÚ-dim. Assim se cumpriu a predição de YAHUSHUA acerca do modo como havia de morrer.

33-Pilatos voltou para dentro do palácio e mandou que lhe levassem YAHUSHUA. És o rei dos YAHÚ-dim?, perguntou-lhe.

34-YAHUSHUA replicou: Perguntas isso de ti mesmo, ou são outros
que o querem saber?

35-Sou porventura YAHÚ-di?, replicou Pilatos O teu povo e os
seus intermediários é que te trouxeram aqui. Que fizeste?

36-Então YAHUSHUA respondeu: Não sou um rei terreno. Se o fosse, os meus seguidores teriam lutado quando os YAHÚ-dim me prenderam. Mas o meu reino não é deste mundo.

37-Então és rei?, perguntou Pilatos Então YAHUSHUA respondeu: Tens razão em dizer que sou Rei. De fato, foi para isso que nasci. E vim para trazer a verdade ao mundo. Todos os que amam a verdade reconhecem que eu falo a verdade.

38-39-O que é a verdade?, exclamou Pilatos Tornando a sair ao povo, anunciou: Ele não é culpado de crime algum todavia, é vosso costume pedir-me que solte alguém da prisão todos os anos pela PósqaYA. Assim, se desejam, solto-vos o rei dos
YAHÚ-dim.

40-Mas eles, em alta gritaria, responderam: Não! Não soltes este,
mas sim Barrabás! Barrabás era um salteador.

YAHUKHANAM
19

YAHUSHUA é
‘condenado’

1-2Então Pilatos mandou açoitar YAHUSHUA. Os soldados fizeram uma coroa de espinhos e colocaram-lha sobre a cabeça, vestindo-lhe um manto cor de púrpura.

3-Viva, ó rei dos YAHÚ-dim! E batiam-lhe.

4-Pilatos apareceu de novo: Vou tornar a trazê-lo, mas que fique bem entendido que não o acho culpado de coisa nenhuma.

.
5-YAHUSHUA surgiu com uma coroa de espinhos e uma túnica cor de púrpura. Pilatos disse: Eis o Homem!

6-Ao vê-lo, os principais intermediários e os seus guardas do Templo começaram a gritar: Sacrifica-O! Sacrifica-O! Sacrifiquem-no vocês, disse Pilatos, que eu não acho que esteja culpado de nada.

7-Os YAHÚ-dim responderam-lhe: Pelas nossas leis deve morrer porque se intitulou ha-BOR de YAHU UL.

8-9-Quando Pilatos ouviu isto, ficou mais assustado do que nunca. Tornando a levar YAHUSHUA para dentro do palácio, perguntou-lhe: De onde és tu? Mas YAHUSHUA não deu resposta.

10-Não queres dizer nada?, insistiu Pilatos Não compreendes que
tenho poder para te soltar ou para te empalar?

11-YAHUSHUA disse: Não terias poder nenhum sobre mim se não te tivesse sido dado do alto. Por isso ainda maior é o pecado de quem me trouxe aqui.

12-Pilatos tentou ainda soltá-lo, mas os chefes YAHÚ-dim avisaram-no: Se soltares esse homem, não és amigo de César. Quem se proclama rei é culpado de rebelião contra César.

13-Perante estas palavras, Pilatos tornou a levar-lhes YAHUSHUA e sentou-se no banco do juiz, na plataforma de lajes.

14-Era agora cerca do meio-dia, da véspera da PósqaYA. E Pilatos disse aos YAHÚ-dim: Aqui têm o vosso rei!

15-Fora com ele, clamavam, fora com ele! Sacrifica-O!Quê? Sacrificar o vosso rei?, perguntou Pilatos Não temos outro rei senão César, gritaram os principais dos intermediários.

YAHUSHUA é
Sacrificado

16-Então Pilatos entregou-lhes YAHUSHUA para ser Sacrificado Pegaram nele
e levaram-no para fora da cidade.

17-Carregando o madeiro, YAHUSHUA foi para o local a que chamavam Caveira (em Hebraico, Gólgota).

18-Ali O Sacrificaram na companhia de dois outros homens, um de cada lado.

19-20-E Pilatos pôs por cima dele uma tabuleta que dizia: YAHUSHUA NUZROTHÍY, REI DOS YAHÚ-DIM. Muitos YAHÚ-dim puderam ler estes dizeres porque o lugar onde YAHUSHUA foi Sacrificado ficava perto da cidade. A tabuleta estava escrita em Hebraico, latim e Grego.

.
21-Os principais intermediários disseram a Pilatos Muda a frase de modo que, em vez de Rei dos YAHÚ-dim, fique o que ele disse de si: Eu sou o Rei dos YAHÚ-dim.

22-Mas Pilatos respondeu: O que escrevi, escrevi.

23-24Depois de Sacrificarem YAHUSHUA, os soldados fizeram quatro lotes com a sua roupa, um para cada um deles. Mas disseram: Não rasguemos a túnica, porque não tinha costura. Lancemos dados para ver quem fica com ela. Assim se cumpriu a profecia das Qaotáv: Repartem a minha roupa entre si, e tiram à sorte a minha túnica.

25-Junto ao madeiro, estavam a mãe de YAHUSHUA, a sua tia
Maoro-ém (mulher de Cleofas) e Maoro-ém Magdalena.

26-27-Quando YAHUSHUA viu a sua mãe ali de pé junto ao discípulo a quem ele amava, disse-lhe: Ele é teu filho. E ao discípulo: Ela é tua mãe! E, a partir daí, este recolheu-a em sua casa.

A morte de
YAHUSHUA

28-YAHUSHUA sabia que estava já tudo acabado e, para cumprir as Qaotáv, disse: Tenho sede.

.
29-Encontrava-se ali pousado um recipiente com vinho azedo; mergulharam nele uma esponja, e colocando-a numa cana, aproximaram-lha dos lábios.

30-Depois de o ter provado, YAHUSHUA disse: Está realizado! e, curvando a cabeça, entregou o espírito.

.
31-34-Os dirigentes YAHÚ-dim não queriam que as vítimas continuassem ali penduradas no dia seguinte, que era Shábbos – ainda por cima, um Shábbos especial, por ser o da PósqaYA. Por isso pediram a Pilatos que lhes mandasse partir as pernas, e já poderiam ser apeados. Assim os soldados vieram e partiram as pernas dos dois que tinham sido Sacrificados com YAHUSHUA; mas, quando se aproximaram dele, viram que já estava morto, e não lhas quebraram. Mesmo assim, um dos soldados ainda lhe atravessou o lado com uma lança, saindo sangue e água da ferida.

35-37Eu próprio assisti a tudo isto e escrevi este relato exato para que também vocês possam crer. Os soldados fizeram isto em cumprimento da passagem das Qaotáv que diz: Nem um dos seus ossos será quebrado, e Olharão para aquele a quem traspassaram.

YAHUSHUA é
sepultado

38-Depois disto, YAHU-saf de Arimateia, que fora discípulo secreto de YAHUSHUA com medo dos YAHÚ-dim, pediu a Pilatos que autorizasse a descida do corpo; Pilatos deixou, e assim ele levou o corpo.

39-Nakdímos, o homem que procurara YAHUSHUA de noite, veio também, trazendo uns trinta e cinco quilos de unguento de embalsamento feito de mirra e aloés.

40-Os dois envolveram o corpo de YAHUSHUA em lençóis de linho embebidos em perfumes, de acordo com o costume YAHÚ-di de enterramento.

41-42-O local do sacrifício ficava perto de um jardim onde havia um
túmulo novo que nunca fora usado. E assim, devido à necessidade de se
apressarem antes que chegasse o Shábbos, e também por o túmulo ficar perto, ali colocaram o corpo.

YAHUKHANAM
20

O túmulo
vazio

1-2-Na madrugada de domingo, fazendo ainda escuro, Maoro-ém Magdalena foi ao túmulo e viu que a pedra tinha sido afastada da entrada. Correu logo a buscar Shamiúl Kafos e o outro discípulo, a quem YAHUSHUA tinha muita afeição, e disse: Levaram o corpo de YAHUSHUA (YAHU ULHIM) e não sei onde o puseram!

3-5-Kafos e o companheiro correram ao túmulo a ver. O companheiro, mais veloz que Kafos, chegou primeiro, e, baixando-se, viu o lençol pousado. Mas não entrou.

6-7-Depois, chegou Shamiúl Kafos e entrou no túmulo, reparando também no lençol ali caído, enquanto que a ligadura que cobrira a cabeça de YAHUSHUA se encontrava dobrada a um canto.

.
8-10-Então, também o outro discípulo entrou e ficou convencido, porque até ali não se tinham apercebido de que as Qaotáv diziam que ele tornaria a viver. E voltaram para casa.

YAHUSHUA
aparece a Maro-ém Madalena

11-12-Maro-ém regressou ao túmulo, ficando do lado de fora a chorar. Enquanto chorava, espreitou para dentro e viu dois anjos vestidos de branco, sentados à cabeceira e aos pés do local onde estivera o corpo de YAHUSHUA.

13-Porque choras?, perguntaram-lhe os anjos.Porque levaram o meu Molkhiúl e não sei onde o puseram.

14-Então reparou que alguém estava atrás de si. Era YAHUSHUA, mas não o reconheceu.

15-Porque choras?, perguntou ele. Quem procuras? Ela pensava que
fosse o jardineiro: Se foste tu quem o levaste, mostra-me onde o puseste que eu vou buscá-lo.

16-Maro-ém!, disse YAHUSHUA! Ela voltou-se para ele: Ro-ebohée!,
que quer dizer Maoro-éh meu.

17-Não me toques, disse YAHUSHUA, porque ainda não
subi para meu YAHU ABí. Mas vai ter com os meus irmãos e diz-lhes que subo para meu YAHU ABí e vosso ABí (Pai), meu YAHU UL e vosso Criador Eterno.

18Maro-ém Madalena procurou os discípulos e disse-lhes: Vi YAHU UL!, dando-lhes em seguida o recado.

YAHUSHUA
aparece aos discípulos

19-Naquela noite, encontravam-se os discípulos reunidos à porta fechada, com medo dos YAHÚ-dim, quando surgiu YAHUSHUA no meio deles dizendo: A paz seja convosco!

.
20-Depois de os saudar, mostrou-lhes as mãos e o lado. E qual não foi a alegria deles ao verem o Molkhiúl!

21-23Ele tornou a falar-lhes: A paz seja convosco. Assim como YAHU ABí me enviou, também eu vos envio. E, soprando sobre eles, acrescentou: Recebam o RÚKHA HOL-HODSHUA. Se perdoarem a alguém os seus pecados, perdoados ficam. Se se recusarem a perdoá-los, ficarão por perdoar.

YAHUSHUA
aparece a Tomé

24-25-Um dos discípulos, Tomé (o Gémeo), não se encontrava ali com os outros. Mais tarde quando teimaram com ele dizendo: Vimos o Molkhiúl, ele replicou, Não acredito, a não ser que veja as feridas dos pregos nas suas mãos, ponha os dedos nelas, e toque com a minha mão na sua ferida do lado.

26-27 -Passados oito dias, os discípulos estavam outra vez juntos, e nessa ocasião encontrava-se Tomé também presente. As portas estavam fechadas mas, tal como antes, YAHUSHUA apareceu no meio deles e disse: Paz seja convosco! Depois disse a Tomé: Mete o dedo nas feridas das minhas mãos, e a mão no meu lado. Não continues descrente. Acredita!
28YAHU UL (Criador) meu e meu Molkhiúl (Rei)!, exclamou Tomé.

29-Então YAHUSHUA Observou-lhe: Crês porque me viste, mas benditos os que não me viram e, mesmo assim, creem.

30-31-Os discípulos de YAHUSHUA viram-no realizar muitos mais
milagres do que os registados neste livro. Mas estes vêm aqui descritos para que creiam que ele é hol-MEHUSHKHAY (o Messias), ha-BOR de YAHU UL, e para que, crendo nele, tenham vida em seu (Nome) Shúam.

YAHUKHANAM
21

YAHUSHUA e a
pesca milagrosa

1-Mais tarde, YAHUSHUA tornou a aparecer aos discípulos junto ao Mar da Galileia, e eis como isto se passou:

2-Estava lá um grupo formado por Shamiúl Kafos, Tomé (o Gémeo),
Naokhan-Úl de Caná na Galileia, os filhos de Zebedeu, além de outros dois discípulos.

3Shamiúl Kafos disse: Vou à pesca.Também nós, disseram todos. Assim
fizeram; mas nada apanharam toda a noite.

4-Ao romper do dia, avistaram um homem de pé na praia, mas não conseguiram ver quem seria.

5-Amigos, apanharam algum peixe?, gritou ele.Não, responderam.

6-Então ele disse: Lancem a rede do lado
direito do barco e apanharão bastante! Assim foi, e depois nem sequer podiam puxar a rede devido ao peso do peixe, pela sua abundância.

7-Então aquele discípulo a quem YAHUSHUA amava disse a Kafos: É o Molkhiúl! Ao ouvir isto, Shamiúl Kafos vestiu a roupa que tinha tirado e saltou para dentro da água.

.
8-9-Os outros discípulos continuaram no barco e puxaram a rede carregada até à praia, a cerca de cem metros de distância. Quando lá chegaram, viram uma fogueira com peixe em cima; havia também pão.

10-Tragam-me peixe do que acabaram de apanhar, disse YAHUSHUA.

11-Shamiúl Kafos foi e puxou a rede para terra. Pela sua contagem, havia cento e cinquenta e três peixes grandes, sem que, contudo, a rede se tivesse rompido.

12-13Agora venham comer, disse YAHUSHUA. E nenhum de nós se atrevia a perguntar-lhe se era realmente ele o Molkhiúl (Rei), pois no fundo sabíamos bem que sim. YAHUSHUA começou então a servir-nos pão e peixe.

.
14-Foi esta a terceira vez que YAHUSHUA apareceu aos discípulos depois da sua ressurreição.

Kafos é
restaurado

15-Terminando a refeição, YAHUSHUA disse a Shamiúl Kafos: Shamiúl, filho de YAHUNAH, amas-me mais do que estes?Sim, respondeu Kafos, sabes que eu te amo.YAHUSHUA disse: Então alimenta os meus cordeiros.

16-YAHUSHUA repetiu a pergunta: Shamiúl, filho de YAHUNAH, amas-me?Sim, Molkhiúl, disse Kafos, sabes que eu te amo.Então apascenta as minhas ovelhinhas.

17-18-Uma vez mais lhe perguntou: Shamiúl, filho de YAHUNAH, amas-me?Kafos sentiu-se magoado por YAHUSHUA o ter questionado pela terceira vez: Molkhiúl, tu conheces tudo e sabes que eu te amo.YAHUSHUA insistiu: Toma conta das minhas ovelhinhas. Presta bem atenção: Quando eras novo, fazias o que te apetecia e ias para onde querias; mas, quando fores velho, estenderás as mãos e outros te guiarão e levarão para onde não queres ir.

19-YAHUSHUA disse-lhe isto para que soubesse como iria morrer para glória de YAHU UL. Depois acrescentou: Segue-me.

20-Kafos voltou-se e viu que os seguia o discípulo que YAHUSHUA amava, aquele que se curvara na ceia para perguntar a YAHUSHUA: Maoro-éh, qual de nós te vai trair?

.
21-Kafos perguntou a YAHUSHUA: E que será deste, Molkhiúl?

22-YAHUSHUA respondeu: Se eu quiser que ele viva até ao meu regresso, que te importa isso? Segue-me tu.

23-Foi assim que se espalhou entre os crentes a ideia de que esse discípulo jamais morreria. No entanto, não foi o que YAHUSHUA disse, mas apenas: Se eu quiser que ele viva até que eu venha, que te importa isso?

24-Esse discípulo sou eu. Assisti a estes acontecimentos e aqui os deixo registados. E todos sabem bem que o meu relato destas coisas é exato

25-Suponho que, se todos os outros acontecimentos da vida de YAHUSHUA fossem escritos, nem no mundo inteiro caberiam todos os livros que se escrevessem!

 

Página atualizada no AS ESCRITURAS FALAM! Atenção: Todas as Publicações são Gratuitas!!Ver Página

 

 

 

 

 

 

 

 

 

YAHUKHANAM 1

 

 

 

Hol-MEHUSHKHAY
(O Messias), a Palavra eterna

1No
princípio era a Palavra, e a Palavra estava com YAHU UL, e a Palavra era YAHU
ULHÍM, o Criador Eterno. 2Aquele que é a Palavra sempre esteve com YAHU UL. 3Criou
tudo o que existe e nada existe que não tenha sido feito por ele. 4Nele está a
vida eterna, e essa vida dá luz a toda a humanidade. 5A sua vida é a luz que
brilha nas trevas, e estas nunca poderão pôr fim a essa luz. 6-7 YAHU UL enviou
YAHUKHANAM Batista para dar testemunho da verdadeira luz. 8 YAHUKHANAM não era
a luz, mas apenas uma testemunha para que essa luz pudesse ser conhecida. 9Mais
tarde, veio aquele que é a verdadeira luz para brilhar sobre todo o ser humano.
10Esteve neste mundo, que foi criado por ele, mas não o conheceram. 11Veio para
o seu povo e os seus não o receberam. 12Mas, a todos quantos o receberam,
deu-lhes o poder de serem feitos Filhos de YAHU UL; a saber: aos que creem no
seu (Nome)Shúam; 13 os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne,
nem da vontade do varão, mas de YAHU UL. 14A Palavra tornou-se homem e viveu
aqui na terra entre nós, cheio de amor e perdão, cheio de verdade. E vimos a
sua glória, a glória do ha-BOR único de YAHU ABí. 15 YAHUKHANAM deu testemunho
dele clamando à multidão: Eis aquele de quem eu falava quando disse: veemEsse
que vem depois de mim é muito maior do que eu, porque existia antes de mimveem.
16-17Todos nós recebemos da abundância dos seus bens, e a sua graça contínua.
Mehushua deu-nos a lei, mas YAHUSHUA hol-MEHUSHKHAY trouxe-nos a graça e a
verdade. 18Nunca ninguém viu YAHU UL. Mas o seu ha-BOR único, que vive na
intimidade de YAHU ABí, no-lo revelou.

YAHUKHANAM
Batista nega ser hol-MEHUSHKHAY

19Os chefes
YAHÚ-dim enviaram intermediários e intermediários auxiliares desde
YAHUSHUA-oléym para perguntarem a YAHUKHANAM: Quem és tu? 20E ele afirmou-lhes
claramente:Eu não sou hol-MEHUSHKHAY. 21Então quem és tu?, repetiram. Serás
Uli-YAHU?Não, respondeu.Serás o profeta? Não. 22Então quem és? É preciso que
nos digas para que possamos responder aos que nos enviaram. Que tens a dizer de
ti mesmo? 23 YAHUKHANAM respondeu: Sou, como anunciou YASHUAYAHU,

veemUma voz vinda do deserto e que grita:
Preparem-se para a vinda de YAHU ULHÍM!veem
24-25Então os enviados, que eram Farsyím, perguntaram a YAHUKHANAM
Batista: Se não és ha-MEHUSHKHAY, nem Uli-YAHU, nem o profeta, porque baptizas
tu? 26-27Eu baptizo com água, mas aqui nesta multidão está alguém que não
conhecem, e que em breve começará a sua obra no vosso meio; eu nem sequer sou
digno de lhe descalçar o calçado. 28Deu-se isto em Bóhay-Anyáo, uma localidade
do outro lado do YArdayán, onde YAHUKHANAM baptizava.

YAHUSHUA o
Cordeiro de YAHU UL

29-31No dia
seguinte, YAHUKHANAM viu YAHUSHUA aproximar-se e disse: Olhem, ali está o
Cordeiro de YAHU UL, que tira o pecado do mundo. É ele de quem eu falava quando
disse: veemEm breve virá um muito maior do que eu e que já existia antes de
mimveem. Eu não sabia que era ele, mas eu tenho estado a batizar com água a fim
de o revelar ao povo de YAshorúl. 32Então YAHUKHANAM contou como vira o RÚKHA
hol-HODSHUA (Espírito Santo) descer do céu com a forma de uma pomba e pousar
sobre YAHUSHUA. 33-34Não sabia que era ele, repetiu YAHUKHANAM, mas, quando
YAHU UL me enviou para batizar, disse-me: veemQuando vires o RÚKHA hol-HODSHUA
descer e pousar sobre alguém, esse é aquele que batizará com o RÚKHA
hol-HODSHUA.veem Vi isso acontecer e dou testemunho de que é ha-BOR de YAHU UL.

Os primeiros
discípulos de YAHUSHUA

35-36No dia
seguinte, estande YAHUKHANAM com dois dos seus discípulos, YAHUSHUA passou
junto deles. YAHUKHANAM disse: Aqui está o cordeiro de YAHU UL! 37Então os dois
discípulos de YAHUKHANAM voltaram-se e seguiram YAHUSHUA. 38Olhando para trás,
YAHUSHUA viu que eles o seguiam: Que querem?, perguntou-lhes. YAHU UL, onde
vives? 39Venham ver. Assim, foram até ao lugar onde morava, e com ele ficaram
desde cerca das quatro daquela tarde até ao fim do dia. 40Um destes homens era
Andorúl, irmão de Shamiúl KAFOS. 41Então Andorúl foi à procura de seu irmão KAFOS
e disse-lhe: Encontramos hol-MEHUSHKHAY! (quer dizer o Messias). 42E levou-o
para que conhecesse YAHUSHUA. Este olhou para KAFOS durante um hora e disse: Tu
és Shamiúl, filho de YAHUKHANAM, mas serás chamado KAFOS.

YAHUSHUA
chama Felipe e Naokhan-Úl

43Um dia
depois, YAHUSHUA resolveu ir para a Galileia e, encontrando Felipe, disse-lhe:
Vem comigo. 44Felipe era de Bóhay Shua-odái, a terra natal de Andorúl e de KAFOS.
45Felipe, por sua vez, foi ter com Naokhan-Úl e contou-lhe: Encontramos aquele
acerca de quem Mehushua e os profetas escreveram! O seu (Nome) Shúam é
YAHUSHUA, filho de YAHU-saf, de Nudtzoróth. 46De Nudtzoróth?, perguntou
Naokhan-Úl admirado. Poderá vir daí alguma coisa boa?Vem e vê!, disse Felipe. 47Ao
aproximarem-se, YAHUSHUA disse: Aí vem um homem honesto, um verdadeiro filho de
YAshorúl. 48Como sabes o que sou?, perguntou Naokhan-Úl. YAHUSHUA respondeu:
Vi-te debaixo da figueira, ainda antes de Felipe te ter encontrado. 49Então
Naokhan-Úl replicou: Maoro-éh, tu és ha-BOR de YAHU UL, o Rei de YAshorúl!
50YAHUSHUA perguntou-lhe: Acreditas nisso só por eu te dizer que te tinha visto
debaixo da figueira? Terás provas muito mais fortes do que esta. 51A verdade é
que vocês hão-de ver o céu aberto e os anjos de YAHU UL indo e vindo sobre mim,
ha-BOR do Homem.

YAHUKHANAM 2

YAHUSHUA
transforma água em vinho

1-2Passados
dois dias, a mãe de YAHUSHUA foi convidada para um casamento na aldeia de Caná,
na Galileia. YAHUSHUA e os seus discípulos também foram convidados. 3A certa
altura da celebração, o vinho acabou-se e a mãe de YAHUSHUA procurou-o para
resolver o problema. 4As tuas preocupações não são as minhas, respondeu. Aliás,
ainda não chegou a minha hora. 5A sua mãe recomendou aos criados: Façam tudo o
que ele vos disser. 6-8Encontravam-se ali seis jarros de pedra que eram
utilizados para as celebração de purificação dos YAHÚ-dim e que levavam entre
75 e 115 litros cada. YAHUSHUA disse aos criados que os enchessem até acima com
água. Feito isto, ordenou: Tirem algum e levem-no ao chefe de celebração. Assim
o fizeram. 9Quando este provou a água transformada em vinho, e não sabendo qual
a sua origem (embora os criados o soubessem), chamou o noivo: 10É costume o
dono da casa gastar primeiro o vinho melhor e depois, quando todos se fartaram,
apresentar o vinho inferior. Mas vocês guardaram o melhor para o fim. 11Este
milagre de Caná da Galileia foi a primeira manifestação pública que YAHUSHUA
deu do poder divino. E os seus discípulos acreditavam que era realmente hol-MEHUSHKHAY.
12Depois deste banquete de casamento, foi para Kefár-NAOKHEM com a mãe, os
irmãos e os discípulos, e permaneceram ali alguns dias.

YAHUSHUA no
Templo

13Veio a
celebração YAHÚ-di da PósqaYA, e YAHUSHUA foi a YAHUSHUA-oléym. 14-16No recinto
do Templo, viu comerciantes que vendiam gado, ovelhas e rolas para os
sacrifícios, e cambistas que trocavam dinheiro sentados atrás de bancas. Com
cordas, YAHUSHUA fez um chicote e pô-los fora do Templo, assim como os bois e
ovelhas, espalhando o dinheiro dos que faziam negócio, e derrubando as mesas.
Dirigindo-se aos vendedores de pombos, mandou: Tirem isto daqui! Não façam da
casa de meu YAHU ABí uma feira! 17Os discípulos lembraram-se então disto, que
as Qaotáv dizem: Arde em mim um grande zelo com a tua casa! 18Com que direito
os mandas sair daqui?, inquiriram os YAHÚ-dim. Se a tua autoridade vem de YAHU
UL, mostra-nos um milagre que a prove. 19Está bem, este será o milagre que vos
farei: destruam este Templo, que eu em três dias o porei novamente de pé. 20O
quê?, exclamaram. Se o Templo levou quarenta e seis anos a construir, tu
poderás refazê-lo em três dias? 21-22Mas o Templo do que ele falava era o seu
corpo. Depois de ter ressuscitado, os discípulos lembraram-se destas palavras e
compreenderam que a frase que ele tinha citado das Qaotáv dizia respeito a si
próprio. 23-25Por causa dos milagres que fez em YAHUSHUA-oléym durante a
celebração da PósqaYA, muitas pessoas creram nele. YAHUSHUA, porém, não
confiava nelas, pois conhecia bem as pessoas. Não era preciso ninguém dizer-lhe
como é a natureza humana, nem o que está dentro dela.

YAHUSHUA
ensina Nakdímos

1-2Certa
noite, um chefe religioso chamado Nakdímos, um Farsyí, procurou YAHUSHUA:
Maoro-éh, todos sabemos que YAHU UL te enviou para nos ensinares, e bastam os
teus milagres para o provar. 3YAHUSHUA retorquiu: Digo-te muito seriamente que,
se alguém não nascer de novo, não poderá ver o reino de YAHU UL. 4Que queres
dizer com isso?, exclamou Nakdímos. Como pode uma pessoa voltar para o ventre
de sua mãe e nascer outra vez? 5-7YAHUSHUA respondeu: O que tão seriamente te
digo é isto: aquele que não nascer da água e do RÚKHA não pode entrar no reino
de YAHU UL. Os homens só conseguem reproduzir vida humana, mas o RÚKHA
hol-HODSHUA dá vida espiritual; por isso não te admires de te ter dito que
precisas de nascer de novo. 8Assim como ouves o vento, mas não sabes donde vem
nem para onde vai, assim se passa com aquele que é nascido do RÚKHA. 9Que
queres dizer?, perguntou Nakdímos. 10-13YAHUSHUA respondeu: Então tu, um
respeitado ensinador, não compreendes estas coisas? Estou a dizer-te aquilo que
sei e que vi, e, contudo, não queres acreditar em mim. Mas, se nem sequer
acreditas em mim enquanto te falo nestas coisas que acontecem aqui entre os
homens, como poderás crer se te falar de coisas celestiais? Pois só eu, ha-BOR
do Homem, desci à terra e voltarei novamente para o céu. 14-15Assim como
Mehushua ergueu no deserto a figura de uma serpente, assim também eu irei ser
levantado, para que todo aquele que crer em mim tenha a vida eterna. 16 YAHU UL
amou tanto o mundo que deu o seu único ha-BOR para que todo aquele que nele crê
não se perca espiritualmente, mas tenha a vida eterna. 17 YAHU UL não mandou o
seu ha-BOR para condenar o mundo, mas para o salvar. 18Para os que confiam nele
como MíhushuaYA não há condenação eterna. Mas os que não confiam nele já estão
julgados e condenados por não crerem no Shúam (Nome) do ha-BOR único de YAHU
UL. 19E são condenados por a luz do céu ter vindo ao mundo mas eles preferirem as
trevas à luz, pois só fazem o mal. 20Eles odeiam a luz celestial porque querem
pecar nas trevas. Afastam-se da luz com medo de os seus pecados serem postos às
claras e sofrerem castigo. 21Mas os que procedem bem procuram a luz para que
todos vejam que estão a fazer o que YAHU UL deseja.

O testemunho
de YAHUKHANAM Batista sobre YAHUSHUA

22Depois
disto, YAHUSHUA e os discípulos saíram de YAHUSHUA-oléym e ficaram durante
algum tempo na YAHUDAH, baptizando ali. 23-24Nessa altura, YAHUKHANAM Batista
não estava ainda preso. Baptizava em Enom, perto de Salim, porque ali havia
água em abundância, e o povo vinha ter com ele para ser baptizado. 25Um dia,
alguém começou a discutir com os discípulos de YAHUKHANAM acerca de questões
relacionadas com a purificação. 26Foram então ter com YAHUKHANAM e
informaram-no: Maoro-éh, o homem que conheceste do outro lado do rio YArdayán,
aquele que afirmaste ser o enviado de YAHU UL, anda também a batizar, e toda a
gente vai lá ter com ele. 27 YAHUKHANAM esclareceu: Uma pessoa só pode receber
o que lhe for dado do céu. O meu trabalho é preparar o caminho para aquele
Homem, para que todos o procurem. 28Vocês próprios sabem como eu sempre disse
que não sou hol-MEHUSHKHAY. Estou aqui para lhe preparar o caminho. 29As
pessoas procuram, naturalmente, aquilo que mais as atrai – a noiva vai para
junto do noivo. Os amigos do noivo alegram-se com ele. Ora, eu sou o amigo do
noivo, e o seu triunfo enche-me de alegria. 30Ele deve tornar-se cada vez
maior, e eu cada vez mais pequeno. 31-34Ele veio do céu e é maior do que
ninguém. Eu sou da terra e o meu entendimento limita-se às coisas terrenas. Ele
fala do que viu e ouviu, mas são poucos os que acreditam nas suas palavras! Os
que nele creem descobrem que YAHU UL é a fonte da verdade. Pois esse, o enviado
de YAHU UL, fala as palavras de YAHU UL, porque o RÚKHA-YAHU está sobre ele,
sem medida nem limite. 35-36O YAHU ABí ama ha-BOR, e deu-lhe autoridade sobre
tudo o que existe. E todos os que creem nele, em ha-BOR de YAHU UL, têm a vida
eterna; os que não creem nunca participarão da vida eterna, antes a ira de YAHU
UL permanece sobre eles.

YAHUKHANAM 4

YAHUSHUA
conversa com a mulher Shomoroniyá

1-2Os
Farsyím ouviram dizer que YAHUSHUA estava a batizar e a ganhar mais discípulos
que YAHUKHANAM (embora de fato não era YAHUSHUA que baptizava, mas os seus
discípulos). 3Quando YAHU UL constatou isso, deixou a YAHUDAH e voltou para a
província da Galileia. 4-6Para isso, tinha de atravessar Shuamor-YAHU. Cerca do
meio-dia, ao aproximar-se da localidade de Sicar, chegou ao poço de YAHUCAF, no
terreno que este dera a seu filho YAHU-saf. Cansado da longa caminhada,
YAHUSHUA sentou-se junto ao poço. 7Apareceu uma samaritana para tirar água, e
YAHUSHUA pediu-lhe: Dá-me de beber. 8(Os discípulos tinham ido à aldeia comprar
comida.) 9A mulher estava admirada, pois os YAHÚ-dim não comunicam com os
Shomroním, e disse: Como, sendo tu YAHÚ-di, me pedes de beber a mim, que sou
samaritana? 10YAHUSHUA respondeu: Se ao menos compreendesses o dom maravilhoso
que YAHU UL tem para ti e quem eu sou, serias tu a pedir-me que te desse água
viva. 11-12Mas tu não tens com que a tirar, tornou ela, e o poço é fundo. Onde
ias buscar essa água viva? Além disso, serás maior que o nosso antepassado
YAHUCAF? Como poderás tu oferecer água melhor do que esta, que ele, os seus
filhos e o seu gado beberam? 13-14YAHUSHUA respondeu: As pessoas que bebem
desta água depressa ficam outra vez com sede. Mas a água que eu lhes der
torna-se numa fonte sem fim dentro delas, dando-lhes vida eterna. 15Maór, dá-me
dessa água, para não sentir mais sede e não ter de vir aqui tirar água! 16Vai
chamar o teu marido, disse-lhe YAHUSHUA. 17Não tenho marido.YAHUSHUA disse: É
verdade, não tens marido. 18Porque tiveste cinco maridos e nem sequer estás
casada com o homem com quem vives agora. 19-20 Maór, exclamou a mulher, deves
ser profeta! Mas diz-me: porque é que vocês, YAHÚ-dim, teimam que
YAHUSHUA-oléym é o único lugar de adoração? Para nós, Shomroním, esse lugar é
aqui no monte Gerizim, onde os nossos antepassados adoravam. 21-24YAHUSHUA
esclareceu-a: Vem o tempo em que já não teremos que nos preocupar se YAHU ABí
deve ser adorado aqui ou em YAHUSHUA-oléym, mas sim, se a nossa adoração é
espiritual e autêntica. YAHU UL é RÚKHA; os que o adoram devem adorá-lo em
espírito e em verdade. É assim que YAHU ABí quer que o adoremos. Mas vocês
Shomroním sabem bem pouco acerca dele, adorando-o às cegas, enquanto que nós,
YAHÚ-dim, temos dele um conhecimento perfeito, pois é através dos YAHÚ-dim que
a salvação vem ao mundo. 25-26A mulher disse: Eu sei que há-de vir
hol-MEHUSHKHAY, chamado Messias, e que quando vier nos explicará tudo.Então
YAHUSHUA disse-lhe: Sou eu hol-MEHUSHKHAY. 27Nesse momento chegaram os
discípulos, que ficaram espantados ao encontrá-lo a falar com aquela mulher,
mas ninguém lhe perguntou porquê. 28-30A mulher deixou o balde junto ao poço e,
voltando para a aldeia, disse a toda a gente: Venham ver um homem que me disse
tudo o que eu fiz! Não será ele hol-MEHUSHKHAY (o Messias)? Então o povo veio a
correr da localidade para o ver. 31Entretanto, os discípulos insistiam com
YAHUSHUA para que comesse. 32Não, disse-lhes. Eu tenho um alimento que vocês
não conhecem. 33E puseram-se a perguntar uns aos outros quem lhe teria trazido
comida. 34YAHUSHUA explicou: O meu alimento é fazer a vontade de YAHU UL, que
me enviou, e terminar a sua obra. 35Pensam, porventura, que a ceifa só começará
quando o Verão acabar daqui a quatro meses? Olhem à vossa volta! Em torno de
nós amadurecem vastos campos, já prontos para a ceifa. 36Os ceifeiros recebem o
seu salário e o fruto que colhem são pessoas trazidas para a vida eterna. E que
alegria, tanto daquele que semeia como daquele que colhe! 37-38Pois é bem
verdade que um semeia o que outro irá colher. Mandei-vos colher onde não
semearam; outros tiveram o trabalho e vocês receberam a colheita. 39-41Muitos
dos habitantes daquela terra samaritana creram em YAHUSHUA, levados por aquilo
que a mulher afirmara: Disse-me tudo o que fiz! Os que foram vê-lo junto ao
poço pediram-lhe que ficasse na sua aldeia, e YAHUSHUA assim fez durante dois
dias, o suficiente para que muitos outros cressem depois de o ouvirem. 42Então
disseram à mulher: Agora acreditamos porque nós próprios o ouvimos e não apenas
pelo que nos contaste. É, de fato, o MíhushuaYA (Salvador) do mundo.

YAHUSHUA
cura o filho de um oficial

43-45Depois
de ter ficado ali dois dias, seguiu para a Galileia, embora ele próprio tivesse
dito que um profeta tem honras em toda a parte menos na sua própria terra. Mas
os galileus receberam-no de braços abertos, pois tinham estado em
YAHUSHUA-oléym durante a celebração da PósqaYA e assistido aos seus milagres.
46-47No decurso da sua deslocação através da Galileia, chegou à vila de Caná,
onde tinha transformado a água em vinho. Enquanto ali esteve, um homem que
morava na cidade de Kefár-NAOKHEM, funcionário do governo e cujo filho estava
muito mal, ouviu dizer que YAHUSHUA viera da YAHUDAH e andava pela Galileia.
Então foi a Caná e, encontrando YAHUSHUA, pediu-lhe que o acompanhasse a Kefár-NAOKHEM
e lhe curasse o filho que estava às portas da morte. 48YAHUSHUA perguntou-lhe:
Então nenhum de vocês acredita em mim a não ser vendo-me fazer milagres? 49Mas
o homem rogou-lhe: Molkhiúl, vem já, antes que o meu filho morra. 50Volta para
casa porque o teu filho vai sobreviver. O homem, crendo em YAHUSHUA, voltou
para casa. 51Ainda ia a caminho, saíram-lhe ao encontro alguns servos seus com
a notícia de que o seu filho já estava bom. 52Perguntou-lhes quando fora que o
jovem se sentira curado, e responderam: Ontem à tarde, por volta da uma hora, a
febre desapareceu. 53Então aquele pai compreendeu que isso sucedera no momento
em que YAHUSHUA lhe dissera: O teu filho vai sobreviver. Ele e toda a sua casa
creram. 54Foi este o segundo milagre de YAHUSHUA na Galileia depois de ter
vindo da YAHUDAH.

YAHUKHANAM 5

A cura do
paralítico no tanque de Bóhay-Hosodyá

1-2Mais
tarde, YAHUSHUA regressou a YAHUSHUA-oléym para uma das celebrações religiosas
YAHÚ-dim. Dentro da cidade, próximo da porta das Ovelhas, ficava o tanque de
Bóhay-Hosodyá, com cinco plataformas cobertas à volta. 3-4Multidões de doentes
– coxos, cegos, paralíticos – estavam deitados nas plataformas, à espera de
certo movimento da água, pois de vez em quando vinha um anjo de YAHU UL que a
agitava, e a primeira pessoa que nela entrasse, logo depois, ficava curada.
5-6Um dos homens que ali se encontravam estava aleijado havia trinta e oito
anos. Quando YAHUSHUA o viu e soube há quanto tempo estava doente,
perguntou-lhe: Queres ficar curado? 7Sim, o doente disse, mas não tenho ninguém
que me ajude a entrar no tanque logo que a água se agita. Enquanto estou a
tentar entrar, há sempre outro que se mete à minha frente. 8YAHUSHUA disse-lhe:
Levanta-te, enrola a tua esteira e vai para casa! 9Imediatamente aquele homem
ficou bom e, enrolando a esteira, começou a andar. Ora, este milagre foi
realizado num Shábbos (Sábado). 10Os dirigentes religiosos YAHÚ-dim começaram a
dizer ao homem que fora curado: Não se pode trabalhar em dia de Shábbos! É
ilegal carregares hoje com essa esteira! 11Mas ele respondeu: Aquele que me
curou é que me disse para o fazer. 12E quem foi que te mandou fazer uma coisa
dessas?, exigiram eles. 13O homem não sabia, pois entretanto YAHUSHUA
desaparecera na multidão. 14Mais tarde, YAHUSHUA encontrou-o no Templo e
disse-lhe: Agora que estás curado, pára de pecar, para que não te aconteça
alguma coisa ainda pior. 15O homem foi ter com os chefes YAHÚ-dim e disse-lhes
que YAHUSHUA é que o curara.

Vida através
do ha-BOR de YAHU UL

16Os
YAHÚ-dim começaram a fazer uma campanha contra YAHUSHUA, dizendo que
transgredia a lei de descanso no dia de Shábbos. 17Mas YAHUSHUA respondeu: Meu
YAHU ABí trabalha até agora, e eu trabalho também. 18Por causa disto, os
YAHÚ-dim sentiam ainda maior desejo de o matar, pois, além de desobedecer à
suas leis acerca do Shábbos, chamara YAHU UL seu ABí, pondo-se assim em
igualdade com YAHU UL. 19YAHUSHUA acrescentou: O ha-BOR nada pode fazer por si
só. Faz unicamente o que vê YAHU ABí fazer, e do mesmo modo. 20Pois YAHU ABí
ama ha-BOR e diz-lhe tudo o que faz; e ha-BOR realizará obras maiores do que a
cura deste homem, de forma que hão-de ficar maravilhados. 21Tal como YAHU ABí
ressuscita os mortos e os vivifica, assim também ha-BOR dará a vida a quem ele
entender. 22-23E YAHU ABí confia todo o julgamento ao ha-BOR, para que todos
honrem ha-BOR, assim como honram YAHU ABí. Mas se não quiserem honrar ha-BOR de
YAHU UL, que ele vos enviou, certamente não estarão a honrar YAHU ABí. 24Digo e
repito que todo aquele que ouve a minha mensagem e crê em YAHU UL, que me
enviou, tem a vida eterna e não será condenado pelos seus pecados, antes passou
já da morte para a vida. 25-27E solenemente afirmo que vem o tempo, já chegou
mesmo, em que os mortos ouvirão a minha voz, a voz do ha-BOR de YAHU UL. E os
que a escutarem viverão. YAHU ABí tem vida em si mesmo, e concedeu ao ha-BOR
que também ele tenha vida em si mesmo, e deu-lhe autoridade para julgar toda a
humanidade, por ser ha-BOR do Homem. 28-30Não se admirem! Vem até o tempo em que
todos os mortos ouvirão nas suas sepulturas a voz do ha-BOR de YAHU UL. E
levantar-se-ão de novo, os que praticaram o bem, para a vida eterna, e os que
continuaram no mal, para o julgamento. Mas eu não pronuncio sentença sem falar
com YAHU ABí. Julgo segundo ele me manda. E o meu julgamento é justo, pois está
de acordo com a vontade de YAHU UL, que me enviou, e não é só meu.

Testemunhos
sobre YAHUSHUA

31-34Se dou
testemunho de mim próprio, o meu testemunho não é aceite. Mas há um outro que
dá esse mesmo testemunho a meu favor. Vocês foram escutar as pregações de
YAHUKHANAM Batista, e posso garantir que tudo o que diz acerca de mim é
verdadeiro. Mas o testemunho mais verdadeiro que tenho não provém de um homem,
embora vos tenha lembrado o testemunho de YAHUKHANAM para crerem em mim e serem
salvos. 35-38 YAHUKHANAM brilhou durante algum tempo, e vocês, que tiraram
proveito disso, alegraram-se. Mas eu tenho um testemunho maior do que o de
YAHUKHANAM: os milagres que faço; esses foram-me confiados pelo YAHU ABí, e
provam que foi ele quem me enviou. E o próprio YAHU ABí deu testemunho acerca
de mim, embora sem vos aparecer pessoalmente nem vos falar de forma direta Mas
vocês não me escutam porque não querem crer em mim, que fui enviado para vos
dar a mensagem de YAHU UL. 39-40Examinem as Qaotáv, porque vocês creem que elas
vos trarão a vida eterna, e são elas que apontam para mim. No entanto, não
querem vir a mim para que vos dê essa mesma vida eterna. 41-43A vossa aprovação
nada significa para mim, porque sei que não têm o amor de YAHU UL em vocês. Vim
em Shúam (Nome) de meu YAHU ABí, e não querem receber-me, embora recebam
aqueles que não são enviados por ele, mas que se representam a si próprios.
44Não admira que não possam crer! Porque de bom grado se honram uns aos outros,
mas não cuidam da honra que provém do único YAHU UL! 45No entanto, não sou eu
quem vos acusará disto diante de YAHU ABí, mas sim Mehushua, esse a cujas leis
vão buscar as vossas esperanças do céu! 46Porque também não querem crer em
Mehushua. Ele escreveu acerca de mim, mas vocês recusam crer nele e, portanto,
não querem crer em mim. 47E, uma vez que não acreditam no que ele escreveu, não
admira que também não me dêem crédito.

YAHUKHANAM 6

YAHUSHUA
alimenta os cinco mil homens

1Depois,
YAHUSHUA atravessou o Mar da Galileia, também conhecido como Mar de Tiberíades.
2-4Uma multidão enorme – em grande parte formada por viajantes que iam a
YAHUSHUA-oléym para a celebração anual da PósqaYA – seguia-o para onde quer que
fosse, para o ver curar os doentes. Assim, quando YAHUSHUA subiu ao monte e se
sentou com os discípulos à sua volta, 5em breve viu que um grande grupo de
pessoas subia também a colina à sua procura. Voltando-se para Felipe,
perguntou: Felipe, onde poderemos comprar pão para alimentarmos esta gente
toda? 6Estava a experimentá-lo, pois já sabia o que ia fazer. 7Felipe
respondeu: Só para isso era preciso uma fortuna. 8Andorúl, irmão de Shamiúl KAFOS,
acrescentou: 9Está aqui um rapaz com cinco pães de cevada e alguns peixes! Mas
de que serve para multidão tão numerosa? 10-11Digam a toda a gente que se
sente, mandou YAHUSHUA. E todos se sentaram na colina relvada – só homens eram
aproximadamente cinco mil. YAHUSHUA, pegando nos pães, deu graças a YAHU UL e
passou-os ao povo. Depois fez o mesmo com os peixes. E toda a gente comeu até
estar satisfeita. 12Agora juntem os sobejos, disse YAHUSHUA aos discípulos,
para que nada se estrague. 13E encheram-se doze cestos, só de restos. 14Quando
o povo se deu conta daquele grande milagre, exclamou: Sem dúvida é este o
Profeta, cuja vinda temos esperado! 15YAHUSHUA viu que estavam a ponto de o
levar para fazer dele o seu rei e, assim, subiu o monte ainda mais para o alto,
ficando sozinho.

YAHUSHUA
anda sobre a água

16-21Ao cair
da noite, os discípulos desceram à praia para o esperar; mas fez-se noite e,
como YAHUSHUA ainda não tivesse voltado, meteram-se no barco e remaram para
Kefár-NAOKHEM, do outro lado do lago. Em breve, porém, se abateu um vendaval
sobre eles enquanto remavam, e o mar ficou bravo. Encontravam-se a cinco ou
seis quilômetros de terra quando viram YAHUSHUA a caminhar para o barco.
Ficaram cheios de medo, mas ele disse-lhes que não se assustassem. Fizeram-no
entrar, e o barco chegou ao destino desejado. 22-24Na manhã seguinte, de novo no
outro lado, as multidões começaram a juntar-se na praia, pois sabiam que ele e
os discípulos tinham atravessado juntos e que estes últimos haviam partido no
barco, deixando-o em terra. Encontravam-se ali perto várias embarcações
pequenas de Tiberíades, e, quando o povo viu que nem YAHUSHUA nem os discípulos
estavam ali, meteu-se nas embarcações e atravessou para Kefár-NAOKHEM a fim de
o procurar.

YAHUSHUA, o
pão da vida

25-27Quando
chegaram e o encontraram, disseram:
Molkhiúl, quando vieste aqui?YAHUSHUA retorquiu: A verdade é que vocês
vieram ter comigo porque vos alimentei, e não porque acreditam em mim. Mas não
se devem preocupar tanto com coisas que se acabam, tal como o alimento.
Esforcem-se antes por procurar a vida eterna que eu, ha-BOR do Homem, vos posso
dar; pois YAHU ABí (o Pai), me enviou para isso mesmo. 28Perguntaram-lhe então:
Que devemos fazer para obedecer à vontade de YAHU UL? 29A vontade de YAHU UL é
que creiam naquele que ele enviou. 30-31Eles responderam: Que sinal fazes para
que creiamos em ti? Os nossos pais comeram do maná, no deserto, como dizem as
Qaotáv: veemMehushua deu-lhes pão do céu.veem E tu, que fazes? 32-33YAHUSHUA
disse: Não. Na verdade não foi Mehushua quem lho deu, mas meu YAHU ABí. Mas,
agora, ele oferece-vos o verdadeiro pão do céu. O pão verdadeiro é uma pessoa:
é aquele que foi enviado do céu por YAHU UL e que dá a vida ao mundo.
34Molkhiúl, dá-nos sempre desse pão! 35Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não
terá fome. Quem crê em mim nunca terá sede. 36O pior, como vos disse, é não
acreditarem, mesmo depois de me terem visto. 37Mas alguns virão ter comigo,
aqueles que YAHU ABí me deu, e a esses jamais mandarei embora. 38Eu vim do céu
para fazer a vontade de YAHU UL, que me enviou, e não a minha. 39E a vontade de
YAHU UL é esta: que eu não perca nem um só daqueles que ele me deu, antes os
faça viver de novo para a vida eterna, no último dia. 40Porque a vontade de meu
YAHU ABí é que todo aquele que vê ha-BOR, e nele crê, tenha a vida eterna, para
que lhe torne a dar vida no último dia. 41Então os YAHÚ-dim começaram a
murmurar contra ele por dizer que era o pão do céu. 42O quê?, exclamavam. Se
ele não é outro senão YAHUSHUA, filho de YAHU-saf, cujo pai e mãe conhecemos.
Que é isto que diz agora, que veio do céu? 43Mas YAHUSHUA respondeu: Não
murmurem por eu ter dito isso. 44Ninguém pode vir a mim se YAHU ABí, que me
enviou, o não atrair a mim, e no último dia os trarei a todos de novo para a
vida. 45Como dizem as Qaotáv, veemTodos eles serão ensinados por YAHU UL.veem Aqueles
que escutaram YAHU ABí e que dele aprendem serão atraídos para mim. 46Aliás,
ninguém realmente vê YAHU ABí; só eu o vi. 47E solenemente vos digo que todo
aquele que crê em mim tem a vida eterna! 48Eu sou o pão da vida! 49Os vossos
antepassados, no deserto, comeram o maná e morreram. 50Mas aqui está o pão que
veio do céu e que dá a vida a todo aquele que o come. 51E eu sou o pão da vida,
que veio do céu. Quem comer deste pão viverá para sempre; a minha carne é esse
pão, que darei para dar vida à humanidade. 52Então os YAHÚ-dim começaram a
discutir entre si acerca do que queriam dizer as suas palavras. Como nos pode
este homem dar a sua carne a comer? 53-56E YAHUSHUA repetiu: Solenemente vos
digo isto: a não ser que comam a carne do ha-BOR do Homem e bebam o seu
veemDAMveem (sangue), não poderão ter em vós a vida eterna. Mas todo aquele que
comer a minha carne e beber o meu veemDAMveem (sangue) tem a vida eterna, e eu
o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne é o alimento verdadeiro, e
o meu DAM (sangue) é a bebida verdadeira. Todo aquele que come a minha
carne e bebe o meuDAM (sangue) está em mim, e eu nele. 57-58Assim como
eu vivo pelo YAHU ABí, o qual me enviou e vive eternamente, do mesmo modo
aqueles que se alimentam de mim por mim viverão. Eu sou o pão vindo do céu; e
todo aquele que comer este pão viverá para sempre, e não morrerá. Não é o caso
dos vossos antepassados, que comeram o maná e morreram. 59Estas coisas ele
disse enquanto ensinava na sinagoga em Kefár-NAOKHEM.

Muitos
discípulos abandonam YAHUSHUA

60Até os
discípulos diziam: Isto é muito difícil de compreender. Quem é que pode aceitar
estas coisas? 61YAHUSHUA sabia em si mesmo que os seus discípulos se queixavam,
e disse-lhes: Estas coisas chocam-vos? 62 Então o que pensarão quando me virem,
a mim, ha-BOR do Homem, voltar de novo para o céu? 63Só o RÚKHA hol-HODSHUA dá
a vida eterna. Pelo poder humano jamais se receberá este dom. As palavras que
eu vos disse são espírito e vida. 64Alguns de vocês, porém, não creem em mim.
(Pois YAHUSHUA sabia desde o princípio quem não cria, e quem o ia trair.) 65Era
isto que eu queria dizer quando revelei que ninguém pode vir a mim a não ser
que YAHU ABí o traga para mim. 66Nesta altura muitos dos seus discípulos se
afastaram e o abandonaram. 67YAHUSHUA voltou-se para os doze e perguntou-lhes:
Também se querem ir embora? 68Shamiúl KAFOS respondeu: Maoro-éh, para quem
iremos nós? Só tu tens as palavras que dão a vida eterna; 69nós acreditamos
nelas e sabemos que és o santo ha-BOR de YAHU UL. 70Então YAHUSHUA informou-os:
Escolhi-vos a todos, mas um é um diabo. 71(Falava de Yudas, filho de Shamiúl
Ish-Kerióth, um dos doze, que o iria trair.)

YAHUKHANAM 7

YAHUSHUA vai
à celebração dos tabernáculos

1-2Depois
disto, YAHUSHUA ficou na Galileia, andando de terra em terra, pois queria
conservar-se fora da YAHUDAH, onde os dirigentes YAHÚ-dim tramavam a sua morte.
Em breve, porém, vieram as celebração do Khag Sukkós (Tabernáculos), e 3os
irmãos de YAHUSHUA disseram-lhe que fosse para a YAHUDAH: Vai para onde os teus
discípulos possam ver os teus milagres. 4Não podes tornar-te conhecido se te
esconderes assim. Já que fazes estas coisas, mostra-te ao mundo! 5Pois os seus
irmãos não acreditavam nele. 6YAHUSHUA respondeu: Ainda não chegou o meu tempo.
Mas o vosso tempo sempre está presente. 7O mundo não vos pode querer mal; mas a
mim aborrece-me, porque o acuso do pecado e do mal. 8Vão, pois, que eu seguirei
mais tarde, quando chegar a altura. 9E assim ficou na Galileia. 10Todavia,
depois de os seus irmãos terem partido para a celebração, foi também, embora em
segredo, conservando-se longe dos olhares do público. 11-13Os chefes YAHÚ-dim
procuravam-no na celebração, perguntando se alguém o teria visto. Entre a
multidão, YAHUSHUA era assunto de muitas discussões, dizendo alguns: É um homem
de bem. Enquanto que outros afirmavam: Não, anda mas é a enganar o povo.
Ninguém, aliás, tinha a coragem de falar a seu favor em público, com medo dos
dirigentes.

YAHUSHUA
ensina na celebração

14-15A meio
da celebração religiosa, YAHUSHUA foi ao Templo e começou a ensinar o povo. Os
dirigentes YAHÚ-dim ouviam-no com espanto. Como pode saber tanta coisa se não
andou nas nossas escolas? 16-19Então YAHUSHUA disse-lhes: O que vos ensino não
são os meus pensamentos, mas os de YAHU UL, que me enviou. Se alguém quiser
fazer a vontade de YAHU UL, saberá de certeza se o meu ensino vem de YAHU UL ou
se é só de mim mesmo. Todo aquele que apresenta as suas próprias ideias procura
ser louvado, mas quem se esforça por honrar quem o enviou é verdadeiro e está a
atuar com justiça. Não vos deu Mehushua a lei? Contudo nenhum de vocês cumpre a
lei. Porque procuram matar-me? 20A multidão respondeu: Estás doido! Quem
procura matar-te? 21Trabalhei em dia de Shábbos para curar um homem e ficaram
espantados. 22Mas também vocês trabalham ao Shábbos quando é para cumprir com a
lei de Mehushua da circuncisão. (Aliás, esta tradição da circuncisão é mais
antiga do que a lei de Mehushua; ela remonta a Abruham.) 23Porque, se o momento
de circuncidar os vossos filhos calha a um Shábbos, não hesitam em fazê-lo,
para não quebrar a lei de Mehushua. Então porque serei eu condenado por curar
um homem num Shábbos? 24Não devem julgar segundo a aparência, mas segundo a
verdadeira justiça.

Será
YAHUSHUA hol-MEHUSHKHAY?

25-27Algumas
das pessoas que viviam ali em YAHUSHUA-oléym diziam entre si: Não é este o
homem que querem matar? Mas aqui está ele a falar em público e não lhe dizem
nada. Será que os nossos dirigentes acabaram por descobrir que é, de fato, hol-MEHUSHKHAY
(o Messias)? Mas como pode ser? Sabemos onde este nasceu. Quando hol-MEHUSHKHAY
vier, limitar-se-á a aparecer sem que ninguém saiba donde vem. 28-29Então
YAHUSHUA, enquanto estava a ensinar no Templo, disse: Sim, conhecem-me e sabem
onde nasci e fui criado, mas aquele que me enviou, que expressa a verdade,
vocês não o conhecem. Eu conheço-o porque sou dele, e foi ele que me enviou a
vocês. 30Procuraram prendê-lo, mas ninguém lhe pôs a mão, pois não chegara
ainda a hora marcada por YAHU UL. 31Muitas pessoas de entre as multidões que
acorriam ao Templo criam nele: Ao fim e ao cabo, que milagres esperam vocês que
hol-MEHUSHKHAY (o Messias) faça e que este homem não tenha já feito? 32Quando
souberam o que a multidão pensava, os Farsyím e os principais dos
intermediários mandaram guardas para prendê-lo. Mas YAHUSHUA disse-lhes:
33-34Deverei estar convosco mais algum tempo, e então voltarei para aquele que
me enviou. Vocês procurar-me-ão mas não me acharão. Para onde eu vou não podem
vocês ir. 35-36Os YAHÚ-dim ficaram intrigados com esta afirmação: Onde
tencionará ir? Talvez pense ir aos YAHÚ-dim doutras terras, ou ensinar aos
YAHÚ-dim Gregos. Que quer ele dizer com aquilo de o procurarmos e não o
podermos encontrar e de não podermos ir para onde ele vai? 37-38No último dia,
o momento mais importante da celebração, YAHUSHUA clamou às multidões: Se
alguém tem sede, venha a mim e beba. Pois as Qaotáv dizem que do mais íntimo de
todo aquele que crê em mim sairão rios de água viva. 39(Referia-se ao RÚKHA hol-HODSHUA,
que seria dado a todos quantos cressem nele; mas o RÚKHA ainda não fora dado,
porque YAHUSHUA não voltara ainda à sua glória no céu.) 40Quando as multidões o
ouviram dizer isto, houve quem afirmasse: Não há dúvida de que este homem é o
Profeta. 41Outros diziam: É hol-MEHUSHKHAY. E outros ainda: Mas é impossível
que o seja! Porventura virá hol-MEHUSHKHAY (o Messias) da Galileia? 42Pois as
Qaotáv dizem claramente que hol-MEHUSHKHAY (o Messias) nascerá da família real
de Dáoud, em Beth-Lékhem, a terra onde Dáoud nasceu. 43E a multidão tinha
opiniões diferentes acerca dele. 44Havia quem quisesse que fosse preso, mas
ninguém se atrevia a tocar-lhe.

A descrença
dos chefes YAHÚ-dim

45A guarda
do Templo, que fora mandada para o prender, voltou para os principais dos
intermediários e para os Farsyím. Porque não o trouxeram?, exigiram. 46Nunca
ninguém falou como este homem!, os guardas responderam. 47-49Também vocês foram
desencaminhados?, retorquiram os Farsyím. Porventura algum dos chefes YAHÚ-dim
ou dos Farsyím creu nele? A multidão ignorante da lei, essa sim. Malditos
sejam! 50Então falou Nakdímos, aquele chefe YAHÚ-di que tivera uma entrevista
secreta com YAHUSHUA: 51Será legal condenar um homem ainda antes de ser
julgado? 52E responderam: Também tu és um desses galileus? Pesquisa e verás que
da Galileia nunca veio qualquer profeta! 53E foram todos para casa.

YAHUKHANAM 8

1-2YAHUSHUA
voltou para o Monte das Oliveiras, mas logo no dia seguinte, de manhã cedo,
encontrava-se de novo no Templo. Em breve se juntou uma multidão e,
sentando-se, pôs-se a falar-lhe. 3Enquanto falava, os professores da lei e os
Farsyím trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério, e puseram-na diante do
povo: 4-5 Maoro-éh, esta mulher foi apanhada em flagrante adultério. As leis de
Mehushua ordenam que a apedrejemos. Que achas? 6-8Procuravam, assim, levá-lo a
dizer qualquer coisa que pudessem usar contra ele. YAHUSHUA, baixando-se,
pôs-se a escrever na terra com a ponta do dedo. Eles teimavam em ter uma
resposta. Então, endireitando-se, disse: Está bem, apedrejem-na, mas que a
primeira pedra seja lançada por aquele que nunca tenha pecado. E, curvando-se
de novo, continuou a escrever no pó do chão. 9-10E começaram a afastar-se um a
um, principiando pelos mais velhos, até que ficou só YAHUSHUA com aquela
mulher. Tornando a erguer-se e vendo só a mulher perguntou-lhe: Onde estão os
teus acusadores? Nem um sequer te condenou? 11Não, Molkhiúl.E YAHUSHUA
disse-lhe: Também eu não te condeno. Vai e não tornes a pecar.

A validade
do testemunho de YAHUSHUA

12Numa outra
ocasião, YAHUSHUA disse ao povo: Eu sou a luz do mundo. Quem me segue não
andará em trevas, mas terá a luz da vida. 13Os Farsyím exclamaram: Falas de ti
próprio. O teu testemunho não tem valor! 14-16YAHUSHUA disse-lhes: O que afirmo
acerca de mim mesmo é verdadeiro, embora seja eu a dizê-lo, pois sei donde vim
e para onde vou, e isso não sabem vocês acerca de mim. Julgam-me, mas de uma
forma humana. Contudo eu não julgo ninguém, mas mesmo que eu julgue, o meu
julgamento é justo, pois tenho comigo YAHU ABí que me enviou. 17-18Segundo as
vossas leis, se dois homens concordarem um com o outro acerca de qualquer
coisa, o seu testemunho é aceite como verdadeiro. Pois bem: Eu sou uma
testemunha e a outra é o meu YAHU ABí, que me enviou. 19Onde está o teu YAHU
ABí?, perguntaram. Então YAHUSHUA respondeu: Não sabem quem sou e, portanto,
não conhecem o meu YAHU ABí. Se me conhecessem, conhecê-lo-iam também a ele.
20YAHUSHUA disse estas coisas no local do Templo onde eram recolhidas as ofertas.
Ninguém o prendeu porque não tinha chegado a sua hora. 21Disse-lhes outra vez:
Vou-me embora. Vocês procurar-me-ão e morrerão nos vossos pecados. Para onde eu
vou não podem vocês ir. 22Os YAHÚ-dim perguntaram: Acaso pensa em matar-se? Que
quer dizer com aquilo, veempara onde vou não podem vocês irveem? 23-24Ele
disse-lhes: Vocês são cá de baixo, e eu sou de cima. Vocês são do mundo, e eu
não. Por isso é que disse que haviam de morrer nos vossos pecados; porque, se
não crerem que eu sou quem sou, morrerão nos vossos pecados. 25-26Declara-nos
quem és, insistiram. Então YAHUSHUA respondeu: Eu sou aquele que sempre disse
que era. Poderia condenar-vos por muitas coisas; mas eu digo aquilo que me
transmite aquele que me enviou; e ele é a verdade. 27No entanto, continuavam
sem perceber que era de YAHU UL que lhes falava. 28Então YAHUSHUA disse: Quando
tiverem levantado na poste ha-BOR do Homem, compreenderão quem sou eu e que não
tenho estado a dar-vos as minhas próprias ideias, antes transmiti o que YAHU ABí
me ensinou. 29 E aquele que me enviou está comigo, não me abandonou, pois faço
sempre o que lhe agrada.

Os filhos de
Abruham

30-32 Muitos
que o ouviram declarar estas coisas começaram a acreditar que era ele
hol-MEHUSHKHAY (o Messias). YAHUSHUA dizia a estes: Serão verdadeiramente meus
discípulos se viverem obedecendo aos meus ensinos. E conhecerão a verdade, e a
verdade vos tornará livres. 33Mas nós somos descendentes de Abruham, tornaram
eles, e nunca fomos escravos de ninguém. Como é que dizes que seremos livres?
34YAHUSHUA respondeu: Certamente, quem comete pecado é um escravo do pecado.
35E os escravos não pertencem à família. Mas um filho está ligado para sempre à
família. 36Assim, se ha-BOR vos libertar, ficarão livres, de verdade. 37-38Sim,
bem sei que são descendentes de Abruham! Contudo, alguns de vocês tentam
matar-me porque a minha mensagem não encontra abrigo nos vossos corações. O que
eu vos digo é o que vi junto de meu YAHU ABí; mas é o conselho do vosso pai que
vocês seguem. 39O nosso pai é Abruham, declararam.Não, respondeu YAHUSHUA. Se
fossem filhos de Abruham, seguiriam o seu exemplo. 40Em vez disso, porém,
procuram matar-me, apenas por vos ter dito a verdade que ouvi de YAHU UL.
Abruham jamais faria uma coisa dessas! 41Procedendo assim, é ao vosso
verdadeiro pai que obedecem.Protestaram: Não somos bastardos; o nosso
verdadeiro pai é o próprio Criador Eterno.

Os filhos de
ha-Satan

42YAHUSHUA
disse-lhes: Se YAHU UL fosse o vosso pai, amar-me-iam, porque é da parte de
YAHU UL que vim. Não estou aqui por resolução minha, antes foi ele que me
enviou. 43Porque não entendem o que vos digo? Porque não podem compreender.
44-45Pois vocês são filhos do vosso pai, ha-Satan, e querem praticar a maldade
que ele pratica. Desde o princípio que ele tem sido homicida e inimigo da
verdade; nele não há nada de verdade. Quando ele mente, faz o que lhe é
próprio, porque é o pai da mentira. Assim, quando vos digo a verdade, é natural
que não acreditem. 46-47Qual de vocês me pode acusar com verdade de um único
pecado que seja? E, uma vez que vos digo a verdade, porque não acreditam em
mim? Todo aquele cujo YAHU ABí é YAHU UL escuta as palavras que de YAHU UL vêm.
Uma vez que o não fazem, isso só prova que não são de YAHU UL.

YAHUSHUA
fala de si próprio

48O povo
retorquiu: Bem dizemos nós que és Shomroní e que tens demônio! 49-51Não, disse
YAHUSHUA, não tenho demônio, porque honro meu YAHU ABí, mas vocês desonram-me.
E, embora não tenha desejo de me glorificar, YAHU UL quer que eu o seja. É ele
quem julga. Digo-vos com toda a verdade que quem guarda as minhas palavras não
verá a morte! 52Os YAHÚ-dim exclamaram: Agora sabemos que estás possuído por um
demônio Até Abruham e os profetas morreram e, contudo, dizes que obedecer-te
faz com que uma pessoa não morra. 53Serás porventura maior do que o nosso pai
Abruham, que morreu? E do que os profetas, que morreram? Quem julgas tu que és?
54-56YAHUSHUA respondeu: Se estivesse simplesmente a honrar-me a mim próprio,
isso não contaria. Meu pai, a quem vocês chamam vosso Criador Eterno, é quem me
honra. Mas vocês nem sequer o conhecem, enquanto que eu conheço-o. Se dissesse
qualquer outra coisa, seria tão mentiroso como vocês. Mas, na verdade,
conheço-o e obedeço-lhe. O vosso pai Abruham alegrou-se ao ver o meu dia. Sabia
que eu viria e ficou satisfeito. 57Os YAHÚ-dim disseram: Não tens ainda
cinquenta anos e viste Abruham? 58YAHUSHUA replicou: A verdade é que ainda
antes de Abruham nascer eu já era quem sou!
59Naquela altura, pegaram em pedras para o matar. Mas YAHUSHUA foi
ocultado à sua vista e, passando por eles, saiu do Templo.

YAHUKHANAM 9

YAHUSHUA
cura um cego de nascença

1Enquanto
YAHUSHUA caminhava, viu um homem que era cego de nascença. 2Maoro-éh,
perguntaram-lhe os discípulos, porque foi que este homem nasceu cego? Por causa
dos seus pecados ou por causa dos pecados de seus pais? 3Nem uma coisa nem
outra, disse YAHUSHUA, mas para nele se mostrar o poder de YAHU UL. 4Temos
todos de fazer as obras daquele que me enviou, enquanto é dia. A noite desce e
todo o trabalho pára. 5Mas, enquanto estiver aqui neste mundo, sou a luz do
mundo. 6-7Então, cuspiu no chão e, fazendo lama com o cuspo, espalhou-a sobre
os olhos do cego e disse-lhe: Vai lavar-te ao tanque de Shelóé (Shelóé
significa enviado). O homem assim fez e depois de se lavar voltou, vendo. 8Os
vizinhos e outros que o tinham conhecido ainda cego perguntavam: Será o mesmo
homem, o tal pedinte? 9Uns diziam que sim e outros: Não há dúvida de que se
parece com ele!O cego dizia: Sou eu mesmo! 10-11Então perguntaram-lhe como fora
possível ter-se curado da cegueira. Que acontecera? E ele contou: Um homem a
quem chamam YAHUSHUA fez lama, aplicou-ma nos olhos e depois disse-me que fosse
ao tanque de Silóakh para a tirar. Assim fiz, e fiquei a ver! 12Onde está ele
agora?, perguntaram.Não sei.

Os Farsyím
investigam a cura

13Então
levaram o homem aos Farsyím. 14Ora, tudo isto se passou num dia de Shábbos.
15Os Farsyím interrogaram-no e ele contou-lhes como YAHUSHUA lhe espalhara lama
sobre os olhos e como, depois de os lavar, já via. 16Alguns dos Farsyím
disseram: Esse tal YAHUSHUA não pode ser um homem de YAHU UL, porque trabalha
num Shábbos. Outros diziam: Mas como pode um pecador vulgar fazer milagres
assim? E havia grandes discussões entre eles por causa disto. 17Os Farsyím
voltaram-se para o antigo cego e perguntaram-lhe:Esse homem que te abriu os
olhos, quem achas tu que é?O homem respondeu: É um profeta. 18Os YAHÚ-dim não
queriam crer que ele tivesse sido cego, até que, por fim, chamaram os pais:
19Esse homem é o vosso filho? Nasceu cego? Se nasceu, como é que vê agora? 20E
os pais responderam: Sabemos que este é o nosso filho, cego de nascença, 21mas
ignoramos o que aconteceu para que agora veja, ou quem o teria feito. Já tem
idade, perguntem-lhe a ele, e ele que vos explique. 22Diziam isto com medo dos
YAHÚ-dim, que tinham avisado que quem quer que afirmasse que YAHUSHUA era
hol-MEHUSHKHAY (o Messias) seria expulso da sinagoga. 23Por isso os pais
disseram: Ele tem idade suficiente para falar por si. Perguntem-lhe. 24Pela
segunda vez, os Farsyím mandaram vir o que tinha sido cego e disseram-lhe: Dá
glória antes a YAHU UL, porque sabemos que esse homem é um pecador. 25Ele
respondeu: Se é pecador, não sei, mas o que sei é isto: que era cego e agora
vejo. 26Mas que te fez ele? Como é que te curou?, perguntaram-lhe. 27O homem
exclamou: Já vos expliquei uma vez e não ouviram. Porque é que querem ouvir
outra vez a mesma coisa? Também querem ser seus discípulos? 28-29Eles
injuriaram-no: Discípulo dele sejas tu; nós somos discípulos de Mehushua.
Sabemos que YAHU UL falou a Mehushua, mas quanto a este nada sabemos. 30-33Que
coisa esquisita!, tornou o homem. Ele curou-me, e vocês nada sabem acerca dele.
YAHU UL não escuta os pecadores, mas sim os que o honram e fazem a sua vontade.
Desde que o mundo é mundo, ninguém jamais conseguiu abrir os olhos a um cego de
nascença. Se este homem não viesse de YAHU UL, não conseguiria fazê-lo. 34Tu
nasceste em pecado, responderam, e queres ensinar-nos? E expulsaram-no da
sinagoga.

A cegueira
espiritual

35Quando
YAHUSHUA soube do sucedido, encontrando o homem, perguntou-lhe: Crês no ha-BOR
de YAHU UL? 36Quem é ele, Molkhiúl, para que creia nele? 37Já o viste, disse
YAHUSHUA. É aquele que fala contigo. 38O homem disse: Sim, Molkhiúl, creio! E
adorou-o. 39YAHUSHUA explicou: Vim para julgar o mundo. Vim para dar vista aos
cegos e para mostrar àqueles que julgam ver que, afinal, são eles os cegos.
40Os Farsyím que ali estavam perguntaram: Queres dizer com isso que somos
cegos? 41Se fossem realmente cegos, não teriam culpa, respondeu YAHUSHUA. Mas a
vossa culpa mantém-se, pois afirmam que podem ver.

YAHUKHANAM
10

O Ro-éh
(Apascentador) e o rebanho

1Todo aquele
que recusa entrar no estábulo pela porta e que prefere esgueirar-se por cima do
muro é certamente ladrão. 2Porque o apascentador, esse entra pela porta; 3o
guarda abre-lha, as ovelhas ouvem a sua voz e aproximam-se dele; ele chama as
ovelhas pelo seu nome e leva-as para fora. 4Depois de as ajuntar, ele caminha à
sua frente e elas seguem-no, porque reconhecem a sua voz. 5Se fosse um
estranho, não o seguiriam; antes fugiriam dele por não lhe conhecerem a voz.
6-8Aqueles que ouviram este exemplo não compreenderam o que queria dizer, e
assim YAHUSHUA explicou: Eu sou a porta das ovelhas. Todos os que vieram antes
de mim eram ladrões e salteadores, mas as ovelhas não os escutaram. 9Eu sou a
porta. Quem entrar por mim salvar-se-a. E entrará, sairá e encontrará
pastagens. 10O ladrão só quer roubar, matar e destruir. Mas eu vim para dar
vida, e com abundância. 11-13Eu sou o bom apascentador O bom apascentador
sacrifica a vida pelas ovelhas. Quem é assalariado para guardar o rebanho foge
quando vê vir um lobo. Ele abandona o rebanho porque não lhe pertencem e ele
não é verdadeiramente o seu apascentador Assim o lobo salta sobre elas e
espalha o rebanho. Tal homem foge porque é contratado e não se preocupa a sério
com as ovelhas. 14-16Eu sou o Tav Ro-éh (Bom Apascentador) e conheço as minhas
ovelhas, e elas conhecem-me também, assim como meu YAHU ABí me conhece e eu
conheço o meu YAHU ABí. E sacrifico a minha vida pelas ovelhas. Tenho ainda
mais ovelhas que não estão neste curral. Preciso de as trazer também, e ouvirão
a minha voz; e haverá um só rebanho e um só apascentador 17-18O YAHU ABí ama-me
porque dou a minha vida para poder tornar a recebê-la. Ninguém me pode matar
sem o meu consentimento, é de livre vontade que dou a vida. Porque tenho o
direito e o poder de a sacrificar quando quiser, e também o direito e o poder
de a tornar a receber. Porque esse direito foi YAHU ABí quem mo deu. 19Quando
disse estas coisas, os YAHÚ-dim ficaram novamente divididos nas suas opiniões
acerca dele. 20Alguns comentavam: Ou tem demônio ou está doido. Para que serve
dar-lhe ouvidos? 21Outros, porém, diziam: Estas palavras não são de um homem
dominado pelo demônio Poderá um demônio abrir os olhos aos cegos?

A descrença
dos YAHÚ-dim

22-24Era
agora Inverno e YAHUSHUA encontrava-se em YAHUSHUA-oléym na altura das
celebração da Khag Kanukáh (Dedicação). Quando atravessava a parte do Templo a
que chamavam o alpendre de Shua-ólmoh, os YAHÚ-dim rodearam-no e
perguntaram-lhe: Durante quanto tempo mais nos vais manter nesta incerteza? Se
és ha-MEHUSHKHAY (o Messias), o enviado de YAHU UL, di-lo claramente.
25-26YAHUSHUA respondeu: Já vos disse e não acreditaram. A prova está nos
milagres que faço em nome de meu YAHU ABí, mas vocês não creem em mim porque
não pertencem ao meu rebanho. 27-29As minhas ovelhas conhecem a minha voz, e eu
conheço-as a elas, e elas seguem-me. Dou-lhes a vida eterna e jamais perecerão.
Ninguém mas arrancará, porque meu YAHU ABí é quem mas deu. E sendo ele mais
poderoso do que ninguém, pessoa alguma mas pode roubar. 30Eu e YAHU ABí somos
um. 31-32Então os dirigentes YAHÚ-dim tornaram a pegar em pedras para o apedrejar.
YAHUSHUA perguntou: Por ordem de YAHU UL fiz muitas obras boas. Por qual dessas
obras querem agora matar-me? 33E responderam: Não por qualquer obra boa, mas
por ofensa a YAHU UL; pois tu, um simples homem, afirmas ser Criador Eterno:
YAHU ULHÍM. 34-38YAHUSHUA replicou: Mas na vossa lei está escrito que YAHU UL
disse: veemVocês são veemulhímveem. Então, se as Qaotáv, que não podem ser
anuladas, dizem serem veemulhímveem aqueles a quem foi enviada a mensagem de
YAHU UL, como é que vocês agora afirmam que aquele que foi santificado e
enviado ao mundo pelo YAHU ABí está a ofender YAHU UL ao declarar: veemSou
ha-BOR de YAHU ULveem? Compreende-se que não acreditem em mim a não ser que
faça as obras do meu YAHU ABí. Mas, já que as realizo, acreditem nelas, mesmo
que não creiam em mim. Então ficarão convencidos de que YAHU ABí está em mim, e
eu em YAHU ABí. 39Uma vez mais procuravam prendê-lo. Ele, porém, afastou-se e
deixou-os. 40-42Atravessou o rio YArdayán até ao local onde YAHUKHANAM andara
primeiro a batizar, e muitos o seguiam.
YAHUKHANAM não fez milagres, diziam entre si, mas realizaram-se todas as
suas predições acerca deste homem. E ali muitos creram nele.

YAHUKHANAM
11

A morte de
Úlozor

1Havia em
Bóhay-Anyáo um homem chamado Úlozor, que vivia com suas irmãs, Maoro-ém e
Marta. 2Maoro-ém foi aquela que deitou o perfume muito caro sobre os pés de
YAHUSHUA e os enxugou com os cabelos. Úlozor adoeceu, 3e as duas irmãs mandaram
recado a YAHUSHUA, dizendo: Molkhiúl, o nosso irmão está muito mal. 4Contudo, quando
YAHUSHUA soube disso, observou: Essa doença não é para morte, mas para a glória
de YAHU UL. Eu, ha-BOR de YAHU UL, receberei glória em resultado desta
enfermidade. 5Embora YAHUSHUA fosse muito amigo de Marta, de Maoro-ém e de
Úlozor, 6ficou onde estava durante mais dois dias, sem nada fazer para ir ter
com eles. 7Por fim, passados esses dois dias, disse aos discípulos: Vamos para
a YAHUDAH. 8Mas os discípulos opuseram-se. Maoro-éh, ainda há uns dias atrás os
YAHÚ-dim procuraram matar-te, e queres voltar para lá? 9-10YAHUSHUA respondeu:
Há doze horas de luz em cada dia e em que uma pessoa pode caminhar sem
tropeçar. Só de noite é que há perigo de se dar um passo em falso por causa da
escuridão. 11E acrescentou depois: O nosso amigo Úlozor adormeceu, mas agora
vou acordá-lo! 12-13Os discípulos, pensando que YAHUSHUA quisesse dizer que
Úlozor estava a dormir normalmente, comentaram: Isso significa que está melhor.
Mas o que YAHUSHUA queria dizer era que Úlozor tinha morrido. 14-15Então
disse-lhes abertamente: Úlozor morreu, e por vossa causa estou satisfeito por
não me encontrar ali nessa altura, pois isto dar-vos-á outra oportunidade de
confirmarem a vossa fé. Vamos ter com Úlozor. 16Tomé, que também era chamado o
Gémeo, disse aos outros discípulos: Vamos nós também, para morrer com YAHUSHUA.

YAHUSHUA
consola as irmãs

17-19Quando
chegaram a Bóhay-Anyáo, souberam que Úlozor já estava sepultado havia quatro
dias. Bóhay-Anyáo ficava a poucos quilômetros na estrada para YAHUSHUA-oléym, e
muitos dos YAHÚ-dim tinham ido para consolar Marta e Maoro-ém na sua perda.
20-22Quando Marta soube que YAHUSHUA vinha a caminho, foi ao seu encontro; mas
Maoro-ém ficou em casa. Marta disse a YAHUSHUA, Molkhiúl, se cá estivesses, o
meu irmão não teria morrido. Mas eu sei que mesmo agora não é tarde demais,
pois que tudo o que pedires a YAHU UL ele te dará. 23YAHUSHUA respondeu-lhe: O
teu irmão ressuscitará. 24Sim, tornou Marta, quando toda a gente ressuscitar no
dia da ressurreição. 25-26YAHUSHUA disse-lhe: Eu sou a ressurreição e a vida.
Quem crer em mim viverá, mesmo que morra. É-lhe dada a vida eterna por crer em
mim e nunca mais morrerá. Crês nisto, Marta? 27Sim, Maoro-éh. Creio que és
ha-MEHUSHKHAY (o Messias), ha-BOR de YAHU UL, aquele que há tanto tempo
esperávamos. 28-29Então ela retirou-se e foi chamar Maoro-ém à parte: O
Maoro-éh já chegou e quer ver-te. Esta foi logo ter com ele. 30-32Ora, YAHUSHUA
parara fora da aldeia, no local onde Marta se encontrara com ele. Quando os
YAHÚ-dim, que estavam na casa e procuravam confortar Maoro-ém, a viram sair tão
apressadamente, pensaram que fosse ao túmulo de Úlozor para chorar, e
seguiram-na. Chegada ao lugar onde YAHUSHUA se encontrava, Maoro-ém caiu-lhe
aos pés, dizendo: Molkhiúl, se tivesses estado aqui, o meu irmão não teria
morrido. 33Ao vê-la chorar acompanhada no seu pranto pelas pessoas da terra,
YAHUSHUA comoveu-se e sentiu forte emoção: 34Onde está ele sepultado?,
perguntou-lhes.Vem ver, disseram-lhe. 35E YAHUSHUA chorou. 36Vejam como ele era
amigo de Úlozor!, comentaram as pessoas. 37Mas outros disseram: Se pôde curar
cegos, porque não evitou a morte de Úlozor? 38

YAHUSHUA
ressuscita Úlozor

YAHUSHUA
comoveu-se muito outra vez.

Entretanto,
chegaram ao sepulcro. Era uma gruta com uma pesada pedra a tapar a entrada.
39Retirem a pedra, ordenou YAHUSHUA. Mas Marta, irmã de Úlozor, observou: Já
deve cheirar muito mal, porque há quatro dias que morreu. 40YAHUSHUA respondeu:
Não te disse que, se creres, verás a glória de YAHU UL? 41-43Rolaram pois a
pedra. YAHUSHUA ergueu o olhar para o céu e disse:  YAHU ABí, graças te dou por me ouvires. Tu
ouves-me sempre, mas digo isto por causa de toda a gente que aqui está, para
que creiam que me enviaste. Então YAHUSHUA mandou, em voz muito forte: Úlozor,
sai! 44Úlozor surgiu, ainda todo envolvido em panos e o rosto tapado com uma
toalha. YAHUSHUA ordenou-lhes: Desliguem-no e deixem-no ir! 45E foi assim que,
finalmente, muitos YAHÚ-dim que se encontravam com Maoro-ém, e viram isto
acontecer, creram nele.

O plano para
matar YAHUSHUA

46Alguns,
porém, foram ter com os Farsyím e contaram-lhes o sucedido. 47Os principais
intermediários e os Farsyím convocaram o supremo conselho para discutir o caso.
Que vamos fazer?, perguntavam-se uns aos outros. Não há dúvida de que este
homem faz grandes milagres. 48Se não interviermos, toda a gente o seguirá, e o
exército romano virá e destruirá tanto o nosso Templo como a nossa nação.
49-50Um deles, Caifás, que naquele ano era supremo intermediário, disse: Vocês
não percebem nada. Deixem este homem morrer pelo povo. Porque é que se há-de
perder toda a nação? 51-52Esta revelação de que YAHUSHUA deveria morrer por
toda a nação veio da boca de Caifás, no seu cargo de supremo intermediário; não
foi coisa que ele tivesse pensado por si próprio, mas foi inspirado a dizê-lo.
Era uma predição de que a morte de YAHUSHUA não seria só por YAshorúl, mas para
reunir todos os filhos de YAHU UL espalhados pelo mundo. 53A partir daí,
começaram a planear a morte de YAHUSHUA. 54YAHUSHUA já não andava
manifestamente em público. Saindo de YAHUSHUA-oléym, dirigiu-se para a
proximidade do deserto, para a localidade de Efroím, onde ficou com os
discípulos. 55-56A PósqaYA dos YAHÚ-dim estava próxima, e muitos daquela
província entraram em YAHUSHUA-oléym antes da data para poderem proceder
primeiro à cerimônia da purificação. Queriam ver YAHUSHUA e perguntavam uns aos
outros: O que é que acham? Virá ele à PósqaYA? 57Entretanto, os principais
intermediários e Farsyím tinham anunciado publicamente que, se alguém visse
YAHUSHUA, devia participar imediatamente o fato para que o pudessem prender.

YAHUKHANAM
12

YAHUSHUA é
ungido em Bóhay-Anyáo

1Seis dias
antes do começo das celebração da PósqaYA, YAHUSHUA chegou a Bóhay-Anyáo, onde
morava Úlozor, a quem tornara a dar vida. 2-3Fizeram um jantar em honra de
YAHUSHUA; Marta servia à mesa e Úlozor estava ali sentado com ele. Então
Maoro-ém pegou num vaso de perfume caro feito de essência de nardo e deitou-o
sobre os pés de YAHUSHUA, enxugando-os com o cabelo; toda a casa se encheu
daquele belo cheiro. 4Mas Yudas Ish-Kerióth, um dos discípulos, aquele que o
iria trair, comentou: 5Este perfume valia uma fortuna. Melhor teria sido
vendê-lo e dar o dinheiro aos pobres. 6Falava assim, não porque se preocupasse
com os pobres, mas porque estava encarregado do dinheiro dos discípulos e
costumava servir-se dele em seu benefício próprio. 7YAHUSHUA respondeu-lhe:
Deixem-na. Ela fez isto como preparação para a minha morte. 8Sempre terão
pobres para lhes valer, mas eu não estarei convosco muito mais tempo. 9-11Quando
o povo de YAHUSHUA-oléym soube da sua chegada, acorreu a vê-lo, a ele e a
Úlozor, o ressuscitado. Então os principais intermediários decidiram matar
Úlozor também, pois fora por causa dele que muitos YAHÚ-dim o tinham seguido,
crendo ser YAHUSHUA o seu Messias

A entrada em
YAHUSHUA-oléym

12-13No dia
seguinte, a notícia de que YAHUSHUA ia a caminho de YAHUSHUA-oléym espalhou-se
pela cidade, e uma multidão enorme de gente de fora que tinha ido para celebrar
a PósqaYA pegou em ramos de palmeira, veio ao seu encontro e seguiu pela
estrada adiante, gritando: Glória a YAHU UL! Bendito o Rei de YAshorúl, que vem
em Shúam (Nome) de YAHU UL! 14-15YAHUSHUA ia montado num jumento novo, dando
cumprimento ao que na Qaotáv estava escrito:

Não receies, ó povo de YAshorúl. O teu rei
virá a ti com humildade,sentado na cria de um jumento! 16Naquela altura, os
discípulos não compreenderam que era o cumprimento duma profecia. Somente
depois de YAHUSHUA ter voltado para a sua glória no céu é que repararam no cumprimento
das profecias das Qaotáv a seu respeito. 17-18E aqueles dentre a multidão que
tinham visto YAHUSHUA chamar Úlozor de novo à vida contavam o caso aos
restantes. Foi esse o principal motivo que levou tantos a saírem ao seu
encontro, por terem ouvido falar neste grandioso milagre. 19Os Farsyím disseram
entre si: Perdemos! Olhem como todo o povo vai atrás dele!

YAHUSHUA
prediz a sua morte

20-22Alguns
dos Gregos que tinham ido a YAHUSHUA-oléym para assistir à PósqaYA vieram ter
com Felipe, que era de Bóhay Shua-odái da Galileia, e pediram: Nós queríamos
conhecer YAHUSHUA! Felipe falou neste pedido a Andorúl, e foram juntos ter com
YAHUSHUA. 23YAHUSHUA esclareceu que chegara a hora de voltar para a sua glória
no céu e acrescentou: 24A verdade é esta: se um grão de trigo, ao cair na
terra, não morrer, ficará somente uma semente isolada. Mas se morrer, ele
produzirá muitos grãos. 25Quem amar a sua vida irá perdê-la, enquanto quem
desprezar a sua vida neste mundo irá guardá-la para a vida eterna. 26Se alguém quer
ser meu discípulo, que venha e me siga, pois os meus servos deverão estar onde
eu estiver. E, se me seguirem, YAHU ABí os honrará. 27Agora a minha alma está
perturbada. Deverei eu orar para que YAHU ABí me livre do que me espera? Mas se
foi para isso mesmo que vim! 28 YAHU ABí, traz honra ao teu Shúam (Nome)!E
ouviu-se uma voz vinda do céu que disse: Já o honrei, e glorificá-lo-ei outra
vez. 29Quando a multidão ouviu a voz, alguns julgaram que fosse um trovão,
enquanto que outros afirmavam que um anjo lhe tinha falado. 30 YAHUSHUA
explicou-lhes: A voz que ouviram foi para vosso bem e não para o meu. 31Chegou
a hora de o mundo ser julgado, e a hora também em que o príncipe deste mundo
será expulso. 32E quando eu for erguido da terra atrairei todos a mim. 33Disse
isto indicando a maneira como ia morrer. 34A multidão perguntou: A lei
ensina-nos que hol-MEHUSHKHAY (o Messias) vive para todo o sempre. Porque dizes
que ele devera ser levantado? De quem falas tu? 35YAHUSHUA respondeu: A minha
luz brilhará para vocês mais algum tempo ainda. Caminhem enquanto têm a luz,
para que as trevas não vos apanhem; quem anda nas trevas não sabe para onde
vai. 36Acreditem na luz enquanto ainda há tempo; então tornar-se-ão filhos da
luz. Depois de dizer estas coisas, YAHUSHUA retirou-se e ocultou-se da vista
das pessoas.

Os YAHÚ-dim
continuam na sua descrença

37-38Mas,
apesar de todos os milagres que tinha feito, havia muita gente que não cria
nele, exatamente como YASHUAYAHU, o profeta, havia dito:

YAHU UL, quem crerá na nossa mensagem? Quem
aceitará a revelação do poder de YAHU UL? 39-40Mas não podiam crer porque, como
YASHUAYAHU também disse:

YAHU UL fechou-lhes os olhos e
endureceu-lhes os coraçõesde forma que não veem nem entendem, nem se voltam
para Ele para que os cure. 41YASHUAYAHU, ao fazer esta revelação, referia-se a
YAHUSHUA, pois tinha tido uma visão da sua glória. 42-43Por outro lado, mesmo
muitos dos chefes YAHÚ-dim acreditavam nele, sem contudo o confessarem,
receosos de que os Farsyím os expulsassem da sinagoga, porquanto davam mais
apreço ao louvor dos homens do que ao louvor a YAHU UL. 44-47YAHUSHUA clamou à
multidão: Quem crê em mim crê naquele que me enviou. E quem me vê a mim vê
aquele que me enviou. Vim como a luz que veio ao mundo para que todo o que crê
em mim não fique nas trevas. 48-50Se alguém ouvir as minhas palavras e não
crer, não sou eu quem o julga, pois vim para salvar o mundo e não para o
julgar. Mas todos quantos me rejeitam, a mim e as minhas palavras, serão
julgados no dia do julgamento pelas próprias palavras que lhes falei. Porque o
que tenho falado não é de mim mesmo; apenas vos disse o que YAHU ABí me mandou
que vos comunicasse. Os seus preceitos conduzem à vida eterna; por isso digo
tudo o que ele me manda dizer.

YAHUKHANAM
13

YAHUSHUA
lava os pés aos discípulos

1-2Na noite
da PósqaYA, YAHUSHUA já sabia que seria aquela a sua última noite neste mundo
antes de voltar para junto de YAHU ABí. Ha-Satan já convencera Yudas
Ish-Kerióth, filho de Shamiúl, a traí-lo. 3YAHUSHUA sabia que YAHU ABí dera
tudo nas suas mãos e que viera de YAHU UL e para YAHU UL voltaria. Quanto aos
seus discípulos, amou-os sempre da forma mais perfeita! 4-5Depois da ceia,
levantou-se da mesa, despiu a túnica, pôs uma toalha à volta da cintura, e,
deitando água numa bacia, começou a lavar os pés dos discípulos e a enxugá-los
com a toalha. 6Quando chegou a vez de Shamiúl KAFOS, este observou-lhe:
Maoro-éh, não devias lavar-me os pés. 7YAHUSHUA retorquiu: Agora não entendes o
que faço, mas virá o dia em que compreenderás. 8Não, protestou KAFOS. Não
consinto que me laves os pés!Se não deixares, não poderás ter parte comigo. 9KAFOS
respondeu: Molkhiúl, então não só os pés, mas as mãos e a cabeça! 10YAHUSHUA
respondeu: Aquele que se lavou por completo só precisa de lavar os pés para se
manter limpo. Agora estás limpo, mas nem todos os que aqui se encontram o
estão. 11Pois YAHUSHUA sabia quem o ia trair. Por isso disse aquela frase: Nem
todos vocês estão limpos. 12Depois de lhes ter lavado os pés, tornou a vestir a
túnica e, sentando-se, perguntou: Compreendem o que eu fiz? 13Chamam-me
Maoro-éh e Molkhiúl, e fazem bem, porque é verdade. 14E uma vez que eu,
Molkhiúl e Maoro-éh, vos lavei os pés, também devem lavar os pés uns aos
outros. 15Dei-vos um exemplo; façam como eu vos fiz. 16-17É bem verdade que o
criado não é mais do que o seu patrão, nem o mensageiro mais importante do que
aquele que o enviou! Agora que sabem estas coisas, serão felizes se as
praticarem.

YAHUSHUA
fala da traição

18-19Ao
dizer estas coisas, não me refiro a todos sem excepção; porque vos conheço bem.
Eu próprio vos escolhi! As Qaotáv dizem: veemO que comia do meu pão, até esse
me traiveem. Isto cumprir-se-a. Digo-vos isto agora para que, quando acontecer,
possam crer que eu sou quem sou. 20Na verdade, todo aquele que receber quem eu
enviar recebe-me a mim. E receber-me a mim é receber YAHU ABí que me enviou.
21Neste momento, YAHUSHUA começou a angustiar-se e exclamou: Sim, é verdade, um
de vocês vai trair-me. 22Os discípulos entreolharam-se sem saberem a quem se
referia. 23-25Um deles, que estava à mesa, ao lado de YAHUSHUA, era o seu amigo

mais íntimo. Shamiúl KAFOS fez-lhe sinal para que lhe perguntasse de quem
falava. Então inclinando-se para YAHUSHUA, perguntou-lhe:  Molkhiúl, quem é? 26-27YAHUSHUA disse: Aquele
a quem eu der o pão ensopado no molho. E, depois de ter molhado um pedaço de
pão, deu-o a Yudas, filho de Shamiúl Ish-Kerióth. Logo que Yudas o comeu,
ha-Satan entrou nele, e YAHUSHUA disse-lhe: O que pretendes fazer fá-lo já.
28-30Nenhum dos outros que estavam à mesa percebeu com que propósito YAHUSHUA
lhe dissera aquilo. Alguns pensavam que, como Yudas era o tesoureiro, YAHUSHUA
o mandara pagar a refeição ou dar dinheiro aos pobres. Yudas saiu imediatamente
e desapareceu na noite.

YAHUSHUA
prediz que KAFOS o vai negar

31-32Logo
depois, disse: Chegou a hora da glória do ha-BOR do Homem, e YAHU UL receberá
glória por ele. YAHU UL dar-lhe-á a sua glória, em breve. 33Meus queridos
filhos, vou estar convosco por pouco tempo mais! E então, apesar de me
procurarem, não poderão vir ter comigo, tal como disse aos YAHÚ-dim. 34Assim,
dou-vos agora um novo mandamento: que se amem uns aos outros. Como eu vos tenho
amado, assim devem amar-se uns aos outros. 35O vosso amor uns pelos outros
provará ao mundo que são meus discípulos. 36Shamiúl KAFOS perguntou:  Molkhiúl, para onde vais?E YAHUSHUA replicou:
Agora não podes ir comigo, mas seguir-me-ás mais tarde. 37Porque é que não
posso ir agora, se estou pronto a morrer por ti? 38YAHUSHUA respondeu: Morrer
por mim? Não; antes que o galo cante de madrugada, três vezes negarás que me
conheces!

YAHUKHANAM
14

YAHUSHUA
conforta os discípulos

1Que o vosso
coração não se aflija. Creem em YAHU UL, creiam também em mim. 2-3Há muitas
moradas onde vive meu YAHU ABí, e vou aprontá-las para a vossa chegada. Quando
tudo estiver pronto, então virei para vos levar, para que possam estar sempre
comigo onde eu estiver. Se assim não fosse, eu próprio vos teria dito
claramente. 4Aliás vocês sabem para onde vou e como se vai para lá.

YAHUSHUA é o
caminho para YAHU ABí

5Não, não
sabemos, interrompeu Tomé. Se não fazemos a menor ideia para onde vais, como
podemos conhecer o caminho? 6-7YAHUSHUA disse-lhe: Sou eu o caminho. Sim, e a
verdade e a vida. Ninguém pode chegar a YAHU ABí sem ser através de mim. Se
tivessem sabido quem sou, então saberiam também quem é o meu YAHU ABí. A partir
de agora, já o conhecem e o têm visto! 8Felipe disse:  Molkhiúl, mostra-nos YAHU ABí, e isso nos
basta. 9-11YAHUSHUA respondeu: Ainda não sabes quem eu sou, Felipe, mesmo
depois de todo este tempo que passei convosco? Todo aquele que me viu, viu
também YAHU ABí. Então, porque me pedes para o veres? Não acreditas que eu
estou em YAHU ABí e que YAHU ABí está em mim? As palavras que digo não são minhas,
mas vêm do meu YAHU ABí, que vive em mim. E é através de mim que ele realiza as
suas obras. Creiam somente que estou em YAHU ABí e que YAHU ABí está em mim. Ou
então acreditem por causa das obras que me viram fazer. 12-14Digo-vos
solenemente que aquele que crer em mim fará as mesmas obras que eu, e maiores
até, porque vou para junto de YAHU ABí. Podem pedir-lhe tudo, em meu Shúam
(Nome), que eu o farei, pois isso contribuirá para a glória de YAHU ABí por
causa do que eu, ha-BOR, farei por vocês. Sim, peçam seja o que for,
servindo-se do meu Shúam (Nome), que eu o farei.

YAHUSHUA
promete o RÚKHA hol-HODSHUA (Espírito Santo)

15-17Se me
amam, obedeçam-me; e eu pedirei a YAHU ABí que vos envie outro conselheiro, e
este nunca vos abandonará. Ele é o RÚKHA hol-HODSHUA, o RÚKHA que conduz a toda
a verdade. O mundo não o pode receber porque nem o procura, nem o reconhece.
Mas vocês, sim, pois ele vive convosco e estará mesmo no vosso íntimo.
18-21Não, não vos abandonarei nem vos deixarei na orfandade; antes virei até
vocês. Mais um pouco e terei saído do mundo, mas continuarei convosco. Pois
tornarei a viver, e vocês também. Quando eu voltar à vida, hão-de saber que eu
estou no meu YAHU ABí, e vocês em mim, e eu em vocês. Aquele que me obedece é
aquele que me ama; e, por ele me amar, meu YAHU ABí amá-lo-á; e também eu o
amarei e me revelarei a ele. 22YAHUDAH (não o Yudas Ish-Kerióth)
perguntou-lhe:  Molkhiúl, porque é que te
revelarás unicamente a nós, e não a todo o mundo? 23-24YAHUSHUA respondeu:
Porque só me revelarei àqueles que me amam e me obedecem. Também YAHU ABí os
amará, e viremos a eles e com eles viveremos. Aquele que não me obedece não me
ama. Esta resposta à vossa pergunta não é imaginação minha! É a resposta dada
pelo YAHU ABí, que me enviou. 25-26Digo-vos estas coisas enquanto estou ainda
convosco. Mas, YAHU ABí mandará o Mináokhem (Conselheiro) em meu Shúam (Nome) –
esse Mináokhem é o RÚKHA hol-HODSHUA – ele vos ensinará muitas coisas e vos
lembrará tudo o que eu próprio vos tenho dito. 27-28Deixo-vos a minha paz. E a
paz que eu dou não é como aquela que o mundo dá. Por isso, não se aflijam nem
tenham receio. Lembrem-se do que vos disse: Retiro-me, mas voltarei de novo
para vocês. Se realmente me amam, sentir-se-ão felizes, pois agora posso ir
para YAHU ABí, que é maior do que eu. 29Disse-vos estas coisas antes de
acontecerem para que, quando se realizarem, possem crer. 30Não tenho muito mais
tempo para falar convosco, pois que se aproxima o dominador deste mundo. Ele
não tem poder sobre mim; 31mas o mundo deve saber que amo YAHU ABí e que faço
exatamente o que meu YAHU ABí me mandou fazer. Levantem-se. Vamos.

YAHUKHANAM
15

A videira e
os ramos

1-2Eu sou a
videira verdadeira, e meu YAHU ABí é o lavrador. Ele corta todos os ramos que
não produzirem fruto. E, aos que o produzem, poda-os para que frutifiquem ainda
mais. 3Ele já cuidou de vocês, podando-vos para que tenham mais vigor e
utilidade, graças aos ensinamentos que vos dei. 4Tenham o cuidado de viver em
mim, e deixem-me viver em vocês. Porque um ramo não pode dar fruto quando
separado da videira. Por isso não poderão dar fruto afastados de mim. 5Sim, eu
sou a videira, e vocês são os ramos. Aquele que viver em mim e eu nele
produzirá muito fruto. Pois sem mim nada podem fazer. 6-8Se alguém se separar
de mim, será lançado fora por ser um ramo inútil; seca e é posto com todos os
outros que serão depois queimados. Mas se continuarem em mim e obedecerem aos
meus mandamentos, poderão pedir o que quiserem, que vos será concedido. Os meus
verdadeiros discípulos produzem muito fruto, o que traz grande glória ao meu
YAHU ABí. 9-14Amei-vos como YAHU ABí me amou. Vivam no meu amor. Se guardarem
os meus mandamentos estarão a viver no meu amor, assim como eu obedeço ao meu
YAHU ABí e vivo no seu amor. Disse-vos isto para que se possam encher da minha
alegria. Sim, a vossa taça de alegria transbordará! Mando-vos que se amem uns
aos outros como eu vos amei. E é esta a medida: o maior amor é mostrado quando
alguém dá a vida pelos seus amigos. E vocês serão meus amigos se fizerem o que
vos mando. 15-16Já não vos chamo criados, pois estes não acompanham o que faz o
patrão. Vocês são meus amigos, e a prova disso é o fato de vos ter revelado
tudo o que YAHU ABí me disse. Não foram vocês quem me escolheram, mas eu vos escolhi
a vocês e vos nomeei para irem e produzirem fruto, e fruto que perdure, de modo
que YAHU ABí vos dê tudo o que lhe pedirem em meu Shúam (Nome). 17É pois isto o
que vos mando, que se amem uns aos outros.

O mundo
odeia os discípulos

18-20Se o
mundo vos aborrece, primeiro me aborreceu a mim. O mundo amar-vos-ia se vocês
lhe pertencessem; mas vocês não lhe pertencem. Eu vos escolhi para saírem do
mundo, e por isso o mundo vos odeia. Lembrem-se do que vos disse: O criado não
é maior do que o seu chefe! Assim, visto que me perseguiram, também vos
perseguirão a vocês. E, se me tivessem escutado, escutar-vos-iam também a
vocês. 21A gente do mundo perseguir-vos-á por me pertencerem, pois não conhecem
YAHU UL que me enviou. 22Se eu não tivesse vindo e não lhes tivesse falado, não
seriam culpados. Mas agora o seu pecado não tem desculpa. 23Qualquer que me
repudia, repudia também o meu YAHU ABí. 24Se eu não tivesse feito entre eles as
coisas que mais ninguém fez, não seriam considerados culpados. Mas eles viram esses
milagres, e mesmo assim aborreceram-nos, a mim e ao meu YAHU ABí. 25Assim se
cumpriu o que está escrito na sua lei: veemOdeiam-me sem motivo. 26-27Mas
mandar-vos-ei o RÚKHA hol-HODSHUA, fonte de toda a verdade. Ele virá desde YAHU
ABí e vos dirá tudo a meu respeito. E também vocês devem testemunhar de mim,
porque têm estado comigo desde o princípio.

YAHUKHANAM
16

1Disse-vos
estas coisas para que não se desviem. 2-3Porque serão expulsos das sinagogas, e
aqueles que vos matarem julgarão ter feito um serviço a YAHU UL, porque nunca
conheceram nem YAHU ABí nem a mim. 4Sim, digo-vos estas coisas agora para que,
quando se derem, se lembrem de que vos avisei. Não vos disse mais cedo porque
ia ainda estar convosco mais algum tempo.

A obra do
RÚKHA hol-HODSHUA

5Agora,
volto para aquele que me enviou. Mas nenhum de vocês me pergunta para onde vou.
6Em vez disso, sentem apenas tristeza. 7Mas a verdade é que melhor vos será que
eu me vá, porque se eu não for, não virá o RÚKHA hol-HODSHUA. Se eu for, ele
virá, pois vou enviá-lo a vocês. 8E quando ele vier, convencerá o mundo do
pecado, de que tem de contar com a justiça de YAHU UL, e de que haverá um
juízo. 9-11O pecado do mundo é não crer em mim. Haverá justiça porque eu vou
para YAHU ABí e vocês não me verão mais. O juízo virá porque o príncipe deste
mundo já foi julgado. 12Ficam ainda tantas outras coisas que vos queria dizer,
mas agora não as podem suportar! 13-14Mas quando o RÚKHA da verdade vier, ele
vos guiará em toda a verdade. Ele não vos apresentará as suas próprias ideias,
antes irá transmitir aquilo que ouviu. Ele vos revelará o futuro. Louvar-me-á e
me trará grande honra, mostrando-vos a minha glória. 15Toda a glória de YAHU
ABí me pertence; é isto que quero dizer ao afirmar que ele vos mostrará a minha
glória. 16Mais um pouco de tempo e terei partido, e não me tornarão a ver; mas
mais um pouco de tempo ainda e ver-me-ão de novo!

A tristeza
dará lugar à alegria

17-18Mas que
está ele a dizer?, interrogaram-se os discípulos. Que é isto quando ele diz:
veemVocês não me verão, mas mais tarde hão-de ver-meveem? Que quer dizer:
veemEu vou para YAHU ABíveem? E o que significa: veemum pouco mais tardeveem?
Não entendemos. 19-21YAHUSHUA percebeu que eles pretendiam que se explicasse
melhor e disse: Perguntam a si mesmos o que quero dizer? Eu disse, num breve
tempo partirei e vocês não me verão mais. Então um pouco mais tarde, vocês me
verão de novo. O mundo ficará muito feliz com o que me vai acontecer, e vocês
chorarão. Mas o vosso choro se transformará de súbito em alegria, a mesma
alegria que tem uma mulher quando nasce o seu filho, pois nela, ao medo
segue-se o encanto, e a dor fica esquecida. 22-24Agora têm desgosto, mas eu
tornarei a ver-vos, e então alegrar-se-ão; e essa alegria ninguém vo-la pode
roubar. Então não precisarão de me pedir nada, pois poderão falar com YAHU ABí
e pedir-lhe, e ele vos dará o que desejam se falarem em meu Shúam (Nome). Ainda
não experimentaram fazê-lo; mas peçam, invocando o meu Shúam (Nome), e
receberão, e terão alegria abundante. 25-28Falei nestas coisas muito por meio
de parábolas, mas virá o tempo em que isso não será necessário e em que de
forma bem clara vos revelarei YAHU ABí. Então poderão apresentar os vossos
pedidos em meu Shúam (Nome). E não será preciso eu pedir a YAHU ABí por vós,
pois o próprio YAHU ABí vos tem grande amor por me amarem e crerem que venho
dele. Sim, vim de YAHU ABí a este mundo, e deixarei o mundo para voltar para
YAHU ABí. 29-30Até que enfim que falas claramente, reconheceram os discípulos,
e não por enigmas. Agora compreendemos que sabes tudo e sabes até o que
precisamos de conhecer, sem te interrogarmos. Por isso acreditamos que foi de
YAHU UL que vieste. 31-32YAHUSHUA disse: Acreditam finalmente? Mas virá tempo,
e é agora mesmo, em que serão espalhados, cada um seguindo o seu próprio
caminho, deixando-me só. No entanto, não estarei sozinho, porque YAHU ABí está
comigo. 33Disse-vos tudo isto para que tenham paz. Aqui na terra terão muitos
sofrimentos; mas tenham coragem, porque eu venci o mundo.

YAHUKHANAM
17

YAHUSHUA
fala com YAHU ABí (o Pai)

1Depois de
ter falado em todas estas coisas, YAHUSHUA levantou o olhar para o céu e
disse:  YAHU ABí, chegou a altura. Revela
a glória de teu ha-BOR para que ele te possa dar também glória a ti. 2Porque lhe
deste autoridade sobre cada ser humano em toda a terra. Ele dá a vida eterna a
todo aquele que tu lhe confiaste. 3E a vida eterna significa conhecer-te a ti,
o único YAHU UL verdadeiro, e a YAHUSHUA hol-MEHUSHKHAY, a quem enviaste ao
mundo. 4-5Trouxe-te glória aqui na terra fazendo o que me deste a fazer. E
agora, YAHU ABí, dá-me a glória que eu tinha junto de ti, antes de o mundo
começar.

YAHUSHUA ora
pelos discípulos

6-8Revelei-te
a estes homens. Eles estavam no mundo, mas depois deste-mos. Foram sempre teus,
e tu mos deste; e eles têm obedecido à tua palavra. Agora sabem que tudo o que
tenho provém de ti. Porque lhes transmiti as ordens que me deste; e eles
aceitaram-nas e sabem de certeza que eu desci à terra vindo de ti, e creem que
me enviaste. 9-10Peço, não pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque te
pertencem. E todos eles, uma vez que são meus, te pertencem a ti também; e tu
mos tornaste a dar com tudo o mais que é teu, e, assim, eles são a minha
glória. 11Agora vou deixar o mundo e deixá-los a eles também, para ir para
junto de ti. YAHU ABí Santo, guarda-os sob o teu cuidado, todos aqueles que me
deste, para que permaneçam unidos, como nós estamos unidos. 12Durante o tempo
que aqui estive, tenho conservado seguros em teu Shúam (Nome) todos estes que
me deste, guardando-os de modo que nenhum se perdeu, exceto aquele que tinha de
perder-se, conforme predisseram as Qaotáv. 13-14E agora vou para junto de ti.
Disse-lhes muitas coisas enquanto estive com eles, para que ficassem cheios da
minha alegria. Dei-lhes os teus ensinamentos. E o mundo quer-lhes mal porque
não se adaptam ao mundo, como eu também nele não tenho lugar. 15Não te peço que
os tires do mundo, mas que os conserves a salvo do poder de ha-Satan 16Eles não
são parte deste mundo, como também eu o não sou. 17Torna-os santos,
ensinando-lhes as tuas palavras da verdade. 18Assim como me enviaste ao mundo,
também eu os envio ao mundo. 19E dedico-me a ir ao encontro da sua necessidade
de crescerem na verdade e santidade.

YAHUSHUA ora
por todos os crentes

20Não oro só
por estes, mas também por todos os futuros crentes que venham a mim pelo
testemunho que estes derem. 21E a minha oração para todos eles é que estejam
unidos, como tu e eu o estamos, YAHU ABí, para que, assim como estás em mim e
eu em ti, também eles estejam em nós, e para que o mundo acredite que tu me
enviaste. 22Dei-lhes a glória que me deste, para que possam ser um, como nós o
somos; 23eu neles, e tu em mim, e tudo perfeito num só, para que o mundo saiba
que me enviaste e compreenda que os amas tanto como tu me amas a mim próprio.
24 YAHU ABí, quero tê-los comigo, aqueles que me deste, para que possam ver a
minha glória. Essa glória deste-ma tu por me amares antes do princípio do
mundo. 25-26 YAHU ABí justo, o mundo não te conhece, mas eu conheço-te, e estes
discípulos sabem que me enviaste. Eu revelei o teu Shúam (Nome) a eles e
continuarei a revelar-o, para que o amor que tens por mim esteja neles, e eu
neles esteja também.

YAHUKHANAM
18

YAHUSHUA é
preso

1-2Depois de
dizer estas coisas, YAHUSHUA atravessou o vale de Kidron com os discípulos e
entrou num olival, local conhecido de Yudas, o traidor, por YAHUSHUA ali ter
ido muitas vezes com os discípulos. 3Os principais intermediários e Farsyím
tinham dado a Yudas um destacamento de soldados e polícias, que o acompanharam.
Chegaram ao olival à luz de archotes e lanternas, e de armas na mão. 4YAHUSHUA
sabia bem tudo o que lhe ia acontecer e, avançando ao encontro deles,
perguntou: Quem procuram? 5YAHUSHUA Nudtzorothíy, responderam.Sou eu, disse
YAHUSHUA. Yudas estava ali com eles quando YAHUSHUA se identificou. 6-7Quando
YAHUSHUA disse, Sou eu, todos caíram para trás. Uma vez mais lhes perguntou:
Quem procuram?YAHUSHUA Nudtzorothíy. 8-9Já vos disse que sou eu, disse
YAHUSHUA. Uma vez que é a mim que procuram, deixem estes outros irem-se embora.
Procedeu assim em cumprimento daquilo que tinha dito, havia pouco tempo, quando
orava: Não perdi um único daqueles que me deste. 10-11Então Shamiúl KAFOS puxou
de uma espada e cortou a orelha direita de Malco, servo do supremo
intermediário. YAHUSHUA, porém, disse a KAFOS: Guarda a espada. Não devo eu
beber a taça que meu YAHU ABí me deu?

YAHUSHUA
perante Anás

12-14Os
guardas e os soldados, mais o comandante, prenderam YAHUSHUA, amarraram-no e
levaram-no primeiro a Anás, sogro de Caifás, que era o supremo intermediário
daquele ano. Fora Caifás quem dissera aos outros dirigentes YAHÚ-dim: É melhor
que um homem morra pelo povo.

KAFOS nega
YAHUSHUA

15-17Shamiúl
KAFOS seguiu-os, assim como outro discípulo que conhecia o supremo
intermediário. Por isso, esse outro discípulo foi autorizado a entrar no pátio
juntamente com YAHUSHUA, enquanto que KAFOS ficou fora do portão. Então esse
discípulo falou à Jovem que guardava o portão, e ela deixou KAFOS entrar. A
rapariga perguntou a KAFOS: Não és um dos discípulos de YAHUSHUA?Não, não sou,
respondeu. 18Os guardas e os criados estavam à volta de uma fogueira que tinham
feito, pois o tempo ia frio. KAFOS encontrava-se com eles, a aquecer-se.

O supremo
intermediário interroga YAHUSHUA

19-21Lá
dentro, o supremo intermediário começou a interrogar YAHUSHUA acerca dos seus
seguidores e do que lhes andara a ensinar. YAHUSHUA respondeu: O que tenho
ensinado é bem conhecido, pois preguei com regularidade nas sinagogas e no
Templo; todos os YAHÚ-dim me ouviram e nada ensinei em particular que não
tivesse já dito em público. Aliás, porque me fazes tal pergunta? Interroga
aqueles que me ouviram. Alguns estão aqui e sabem o que eu disse. 22Um dos
soldados que ali se encontrava deu-lhe uma bofetada: É assim que respondes ao
supremo intermediário? 23Se menti, prova-o, replicou YAHUSHUA. Se não, porque
me feres? 24Então Anás enviou YAHUSHUA, amarrado, a Caifás, o supremo
intermediário.

KAFOS nega
YAHUSHUA mais duas vezes

25Entretanto,
estando Shamiúl KAFOS junto à fogueira, tornaram a perguntar-lhe: Não és um dos
seus discípulos?Não sou, não, disse KAFOS. 26Mas um dos criados da casa do
supremo intermediário, parente do homem cuja orelha KAFOS tinha cortado, inquiriu:
Não foi a ti que eu vi no olival com YAHUSHUA? 27Uma vez mais, KAFOS negou. E
imediatamente cantou um galo.

YAHUSHUA
perante Pilatos

28-29O
julgamento de YAHUSHUA na presença de Caifás só acabou de madrugada. Levaram-no
em seguida para o palácio do governador romano. Os seus acusadores não podiam
entrar porque isso os tornaria impuros, segundo diziam, impedindo-os de comer o
cordeiro pascal. Assim, Pilatos, que era o governador, saiu ao encontro deles e
perguntou: Que queixa têm contra este homem? 30Se não fosse malfeitor não to
teríamos trazido, retorquiram. 31-32Então levem-no e julguem-no vocês mesmos de
acordo com as vossas leis, tornou-lhes PilatosMas queremos que seja morto, e
nós não podemos fazê-lo, replicaram os YAHÚ-dim. Assim se cumpriu a predição de
YAHUSHUA acerca do modo como havia de morrer. 33PilATOS voltou para dentro do
palácio e mandou que lhe levassem YAHUSHUA. És o rei dos YAHÚ-dim?,
perguntou-lhe. 34YAHUSHUA replicou: Perguntas isso de ti mesmo, ou são outros
que o querem saber? 35Sou porventura YAHÚ-di?, replicou Pilatos O teu povo e os
seus intermediários é que te trouxeram aqui. Que fizeste? 36Então YAHUSHUA
respondeu: Não sou um rei terreno. Se o fosse, os meus seguidores teriam lutado
quando os YAHÚ-dim me prenderam. Mas o meu reino não é deste mundo. 37Então és
rei?, perguntou Pilatos Então YAHUSHUA respondeu: Tens razão em dizer que sou
rei. De fato, foi para isso que nasci. E vim para trazer a verdade ao mundo.
Todos os que amam a verdade reconhecem que eu falo a verdade. 38-39O que é a
verdade?, exclamou Pilatos Tornando a sair ao povo, anunciou: Ele não é culpado
de crime algum todavia, é vosso costume pedir-me que solte alguém da prisão
todos os anos pela PósqaYA. Assim, se desejam, solto-vos o rei dos
YAHÚ-dim. 40Mas eles, em alta gritaria, responderam: Não! Não soltes este,
mas sim Barrabás! Barrabás era um salteador.

YAHUKHANAM
19

YAHUSHUA é
condenado

1-2Então
Pilatos mandou açoitar YAHUSHUA. Os soldados fizeram uma coroa de espinhos e
colocaram-lha sobre a cabeça, vestindo-lhe um manto cor de púrpura. 3Viva, ó
rei dos YAHÚ-dim! E batiam-lhe. 4PilATOS apareceu de novo: Vou tornar a
trazê-lo, mas que fique bem entendido que não o acho culpado de coisa nenhuma.
5YAHUSHUA surgiu com uma coroa de espinhos e uma túnica cor de púrpura. Pilatos
disse: Eis o Homem! 6Ao vê-lo, os principais intermediários e os seus guardas
do Templo começaram a gritar: Sacrifica-o! Sacrifica-o!Sacrificam-no vocês, disse
Pilatos, que eu não acho que esteja culpado de nada. 7Os YAHÚ-dim responderam-lhe:
Pelas nossas leis deve morrer porque se intitulou ha-BOR de YAHU UL. 8-9Quando
Pilatos ouviu isto, ficou mais assustado do que nunca. Tornando a levar
YAHUSHUA para dentro do palácio, perguntou-lhe: De onde és tu? Mas YAHUSHUA não
deu resposta. 10Não queres dizer nada?, insistiu Pilatos Não compreendes que
tenho poder para te soltar ou para te Sacrificar? 11YAHUSHUA disse: Não terias
poder nenhum sobre mim se não te tivesse sido dado do alto. Por isso ainda
maior é o pecado de quem me trouxe aqui. 12PilATOS tentou ainda soltá-lo, mas
os chefes YAHÚ-dim avisaram-no: Se soltares esse homem, não és amigo de César.
Quem se proclama rei é culpado de rebelião contra César. 13Perante estas
palavras, Pilatos tornou a levar-lhes YAHUSHUA e sentou-se no banco do juiz, na
plataforma de lajes. 14Era agora cerca do meio-dia, da véspera da PósqaYA. E
Pilatos disse aos YAHÚ-dim: Aqui têm o vosso rei! 15Fora com ele, clamavam,
fora com ele! Sacrifica-o!Quê? Sacrificar o vosso rei?, perguntou PilatosNão temos
outro rei senão César, gritaram os principais dos intermediários. 16

YAHUSHUA é
Sacrificado

Então
Pilatos entregou-lhes YAHUSHUA  para ser Sacrificado

Pegaram nele
e levaram-no para fora da cidade. 17Carregando a poste, YAHUSHUA foi para o
local a que chamavam Caveira (em Hebraico, Gólgota). 18Ali o sacrificaram na
companhia de dois outros homens, um de cada lado. 19-20E Pilatos pôs por cima
dele uma tabuleta que dizia: YAHUSHUA NUZROTHÍY, REI DOS YAHÚ-DIM. Muitos
YAHÚ-dim puderam ler estes dizeres porque o lugar onde YAHUSHUA foi Sacrificado
ficava perto da cidade. A tabuleta estava escrita em Hebraico, latim e Grego.
21Os principais intermediários disseram a Pilatos Muda a frase de modo que, em
vez de vRei dos YAHÚ-dim, fique o que ele disse de si: Eu sou o Rei
dos YAHÚ-dim. 22Mas Pilatos respondeu: O que escrevi, escrevi. 23-24Depois
de empalarem YAHUSHUA, os soldados fizeram quatro lotes com a sua roupa, um
para cada um deles. Mas disseram: Não rasguemos a túnica, porque não tinha
costura. Lancemos dados para ver quem fica com ela. Assim se cumpriu a profecia
das Qaotáv:

Repartem a minha roupa entre si, e tiram à
sorte a minha túnica. 25Junto à poste, estavam a mãe de YAHUSHUA, a sua tia
Maoro-ém (mulher de Cleofas) e Maoro-ém Magdalena. 26-27Quando YAHUSHUA viu a sua
mãe ali de pé junto ao discípulo a quem ele amava, disse-lhe: Ele é teu filho.
E ao discípulo: Ela é tua mãe! E, a partir daí, este recolheu-a em sua casa.

A morte de
YAHUSHUA

28YAHUSHUA
sabia que estava já tudo acabado e, para cumprir as Qaotáv, disse: Tenho sede.
29Encontrava-se ali pousado um recipiente com vinho azedo; mergulharam nele uma
esponja, e colocando-a numa cana, aproximaram-lha dos lábios. 30Depois de o ter
provado, YAHUSHUA disse: Está realizado! e, curvando a cabeça, entregou o espírito.
31-34Os dirigentes YAHÚ-dim não queriam que as vítimas continuassem ali
penduradas no dia seguinte, que era Shábbos – ainda por cima, um Shábbos
especial, por ser o da PósqaYA. Por isso pediram a Pilatos que lhes mandasse
partir as pernas, e já poderiam ser apeados. Assim os soldados vieram e
partiram as pernas dos dois que tinham sido sacrificados com YAHUSHUA; mas, quando
se aproximaram dele, viram que já estava morto, e não lhas quebraram. Mesmo
assim, um dos soldados ainda lhe atravessou o lado com uma lança, saindo sangue
e água da ferida. 35-37Eu próprio assisti a tudo isto e escrevi este relato
exato para que também vocês possam crer. Os soldados fizeram isto em
cumprimento da passagem das Qaotáv que diz: Nem um dos seus ossos será
quebrado, e Olharão para aquele a quem traspassaram.

YAHUSHUA é
sepultado

38Depois
disto, YAHU-saf de Arimateia, que fora discípulo secreto de YAHUSHUA com medo
dos YAHÚ-dim, pediu a Pilatos que autorizasse a descida do corpo; Pilatos
deixou, e assim ele levou o corpo. 39Nakdímos, o homem que procurara YAHUSHUA
de noite, veio também, trazendo quase cem libras de unguento de
embalsamento feito de mirra e aloés. 40Os dois envolveram o corpo de YAHUSHUA
em lençóis de linho embebidos em perfumes, de acordo com o costume YAHÚ-di de
enterramento. 41-42O local do sacrifício ficava perto de um jardim onde havia um
túmulo novo que nunca fora usado. E assim, devido à necessidade de se
apressarem antes que chegasse o Shábbos, e também por o túmulo ficar perto, ali
colocaram o corpo.

YAHUKHANAM
20

O túmulo
vazio

1-2Na
madrugada de domingo, fazendo ainda escuro, Maoro-ém Magdalena foi ao túmulo e
viu que a pedra tinha sido afastada da entrada. Correu logo a buscar Shamiúl KAFOS
e o outro discípulo, a quem YAHUSHUA tinha muita afeição, e disse: Levaram o
corpo de YAHU UL e não sei onde o puseram! 3-5KAFOS e o companheiro correram ao
túmulo a ver. O companheiro, mais veloz que KAFOS, chegou primeiro, e,
baixando-se, viu o lençol pousado. Mas não entrou. 6-7Depois, chegou Shamiúl KAFOS
e entrou no túmulo, reparando também no lençol ali caído, enquanto que a
ligadura que cobrira a cabeça de YAHUSHUA se encontrava dobrada a um canto.
8-10Então, também o outro discípulo entrou e ficou convencido, porque até ali
não se tinham apercebido de que as Qaotáv diziam que ele tornaria a viver. E
voltaram para casa.

YAHUSHUA
aparece a Maoro-ém Magdalena

11-12Maoro-ém
regressou ao túmulo, ficando do lado de fora a chorar. Enquanto chorava,
espreitou para dentro e viu dois anjos vestidos de branco, sentados à cabeceira
e aos pés do local onde estivera o corpo de YAHUSHUA. 13Porque choras?,
perguntaram-lhe os anjos.Porque levaram o meu Molkhiúl e não sei onde o
puseram. 14Então reparou que alguém estava atrás de si. Era YAHUSHUA, mas não o
reconheceu. 15Porque choras?, perguntou ele. Quem procuras? Ela pensava que
fosse o jardineiro: Se foste tu que o levaste, mostra-me onde o puseste que eu
vou buscá-lo. 16Maoro-ém!, disse YAHUSHUA la voltou-se para ele: Ro-ebohée!,
que quer dizer Maoro-éh meu. 17Não me toques, disse YAHUSHUA, porque ainda não
subi para meu YAHU ABí. Mas vai ter com os meus irmãos e diz-lhes que subo para
meu YAHU ABí e vosso ABí (Pai), meu YAHU UL e vosso Criador Eterno. 18Maoro-ém
Magdalena procurou os discípulos e disse-lhes: Vi YAHU UL!, dando-lhes em
seguida o recado.

YAHUSHUA
aparece aos discípulos

19Naquela
noite, encontravam-se os discípulos reunidos à porta fechada, com medo dos
YAHÚ-dim, quando surgiu YAHUSHUA no meio deles dizendo: A paz seja convosco!
20Depois de os saudar, mostrou-lhes as mãos e o lado. E qual não foi a alegria
deles ao verem o Molkhiúl! 21-23Ele tornou a falar-lhes: A paz seja convosco.
Assim como YAHU ABí me enviou, também eu vos envio. E, soprando sobre eles,
acrescentou: Recebam o RÚKHA hol-HODSHUA. Se perdoarem a alguém os seus
pecados, perdoados ficam. Se se recusarem a perdoá-los, ficarão por perdoar.

YAHUSHUA
aparece a Tomé

24-25Um dos
discípulos, Tomé (o Gémeo), não se encontrava ali com os outros. Mais tarde
quando teimaram com ele dizendo: Vimos o Molkhiúl, ele replicou, Não acredito,
a não ser que veja as feridas dos pregos nas suas mãos, ponha os dedos nelas, e
toque com a minha mão na sua ferida do lado. 26-27Passados oito dias, os
discípulos estavam outra vez juntos, e nessa ocasião encontrava-se Tomé também
presente. As portas estavam fechadas mas, tal como antes, YAHUSHUA apareceu no
meio deles e disse: Paz seja convosco! Depois disse a Tomé: Mete o dedo nas
feridas das minhas mãos, e a mão no meu lado. Não continues descrente. Acredita!
28YAHU UL (Criador) meu e meu Molkhiúl (Rei)!, exclamou Tomé. 29Então YAHUSHUA
observou-lhe: Crês porque me viste, mas benditos os que não me viram e, mesmo
assim, creem. 30-31Os discípulos de YAHUSHUA viram-no realizar muitos mais
milagres do que os registados neste livro. Mas estes vêm aqui descritos para
que creiam que ele é hol-MEHUSHKHAY (o Messias), ha-BOR de YAHU UL, e para que,
crendo nele, tenham vida em seu (Nome) Shúam.

YAHUKHANAM
21

YAHUSHUA e a
pesca milagrosa

1Mais tarde,
YAHUSHUA tornou a aparecer aos discípulos junto ao Mar da Galileia, e eis como
isto se passou: 2Estava lá um grupo formado por Shamiúl KAFOS, Tomé (o Gémeo),
Naokhan-Úl de Caná na Galileia, os filhos de Zebedeu, além de outros dois
discípulos. 3Shamiúl KAFOS disse: Vou à pesca.Também nós, disseram todos. Assim
fizeram; mas nada apanharam toda a noite. 4Ao romper do dia, avistaram um homem
de pé na praia, mas não conseguiram ver quem seria. 5Amigos, apanharam algum
peixe?, gritou ele.Não, responderam. 6Então ele disse: Lancem a rede do lado
direito do barco e apanharão bastante! Assim foi, e depois nem sequer podiam
puxar a rede devido ao peso do peixe, pela sua abundância. 7Então aquele
discípulo a quem YAHUSHUA amava disse a KAFOS: É o Molkhiúl! Ao ouvir isto,
Shamiúl KAFOS vestiu a roupa que tinha tirado e saltou para dentro da água.
8-9Os outros discípulos continuaram no barco e puxaram a rede carregada até à
praia, a cerca de cem metros de distância. Quando lá chegaram, viram uma
fogueira com peixe em cima; havia também pão. 10Tragam-me peixe do que acabaram
de apanhar, disse YAHUSHUA. 11Shamiúl KAFOS foi e puxou a rede para terra. Pela
sua contagem, havia cento e cinquenta e três peixes grandes, sem que, contudo,
a rede se tivesse rompido. 12-13Agora venham comer, disse YAHUSHUA. E nenhum de
nós se atrevia a perguntar-lhe se era realmente ele o Molkhiúl (Rei), pois no
fundo sabíamos bem que sim. YAHUSHUA começou então a servir-nos pão e peixe.
14Foi esta a terceira vez que YAHUSHUA apareceu aos discípulos depois da sua ressurreição.

KAFOS é
restaurado

15Terminando
a refeição, YAHUSHUA disse a Shamiúl KAFOS: Shamiúl, filho de YAHUNAH, amas-me
mais do que estes?Sim, respondeu KAFOS, sabes que eu te amo.YAHUSHUA disse:
Então alimenta os meus cordeiros. 16YAHUSHUA repetiu a pergunta: Shamiúl, filho
de YAHUNAH, amas-me?Sim, Molkhiúl, disse KAFOS, sabes que eu te amo.Então
apascenta as minhas ovelhinhas. 17-18Uma vez mais lhe perguntou: Shamiúl, filho
de YAHUNAH, amas-me?KAFOS sentiu-se magoado por YAHUSHUA o ter questionado pela
terceira vez:  Molkhiúl, tu conheces tudo
e sabes que eu te amo.YAHUSHUA insistiu: Toma conta das minhas ovelhinhas.
Presta bem atenção: Quando eras novo, fazias o que te apetecia e ias para onde
querias; mas, quando fores velho, estenderás as mãos e outros te guiarão e
levarão para onde não queres ir. 19YAHUSHUA disse-lhe isto para que soubesse
como iria morrer para glória de YAHU UL. Depois acrescentou: Segue-me. 20KAFOS
voltou-se e viu que os seguia o discípulo que YAHUSHUA amava, aquele que se
curvara na ceia para perguntar a YAHUSHUA: Maoro-éh, qual de nós te vai trair?
21KAFOS perguntou a YAHUSHUA: E que será deste, Molkhiúl? 22YAHUSHUA respondeu:
Se eu quiser que ele viva até ao meu regresso, que te importa isso? Segue-me
tu. 23Foi assim que se espalhou entre os crentes a ideia de que esse discípulo
jamais morreria. No entanto, não foi o que YAHUSHUA disse, mas apenas: Se eu
quiser que ele viva até que eu venha, que te importa isso? 24Esse discípulo sou
eu. Assisti a estes acontecimentos e aqui os deixo registados. E todos sabem
bem que o meu relato destas coisas é exato 25Suponho que, se todos os outros
acontecimentos da vida de YAHUSHUA fossem escritos, nem no mundo inteiro
caberiam todos os livros que se escrevessem!

Comentários: 1:1″ E a Palavra era YAHU ULHÍM, o Criador Eterno”, por sí só é suficiente em Provar que YAHUSHUA é o Mesmo YAHU o CRIADOR!

Contextos: YAHU-Khanam (“J”oão) 10:30/  14:7-11/ Colossenses 1:15/ 2 Coríntios 5:18-19/ 1 YAHU-Khanm 5:20. Comentários: Hoje, nós somos o Templo do ESPÍRITO, 1 Coríntios 3:16. O Rigor do Messias, Revela o quanto YAHUSHUA abomina as práticas erradas em nosso templo (nossos corpos).Yahucaf (Tiago) 4:4-5 nos dão uma inferência aos comentários.

4-5- Maoro-éh, esta mulher foi apanhada em flagrante adultério. As leis de Mehushua ordenam que a apedrejemos. Que achas?

O capítulo 8:4-5 que trata da mulher apanhada em flagrante adultério, nos traz Lições Incomparáveis:

1-YASHUSHUA Envergonha os Fariseus com uma Mensagem Pelo ESPÍRITO MAROÉH=MESTRE. Comentem o erro não apresentarem também o adúltero, pois a Lei se aplicava ao homem e à mulher! (Texto Escritural)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: