ministeriohorafinal

” A parábola do dinheiro investido (Talentos)

In Uncategorized on maio 26, 2010 at 11:24 am

14-15O Reino dos shua-ólmayao pode também ser comparado ao caso de um homem que ia para outro país e que, reunindo os empregados, lhes entregou dinheiro para o aplicarem por sua conta, enquanto andasse por fora. Entregou cinco moedas de ouro a um, duas a outro e uma ao último, conforme as capacidades de cada um, e depois partiu. 16-18O homem que recebeu cinco moedas de ouro começou logo a comprar e a vender com elas, e depressa ganhou outras cinco. O que tinha duas moedas deitou-se também ao trabalho e ganhou outras duas. Mas o que recebera uma cavou um buraco no chão e escondeu ali o dinheiro para o pôr bem seguro. 19Passado muito tempo, o patrão voltou da viagem e chamou-os para que dessem contas do dinheiro 20Aquele a quem tinha confiado cinco moedas de ouro trouxe-lhe dez 21O homem gabou-o pelo seu bom trabalho: ‘Foste fiel na maneira como negociaste com esta pequena quantia. Portanto vou entregar-te muito mais responsabilidades. E entretanto poderás gozar de todos os benefícios e privilégios que pus à tua disposição. 22Depois, veio o que tinha recebido duas moedas, que disse: ‘Confiaste-me duas moedas e dobrei a quantia. 23‘Bom trabalho, observou o patrão. ‘És um trabalhador capaz e de confiança. Foste fiel com essa pequena soma, por isso agora dou-te muito mais. 24-25Então veio o homem que recebera uma moeda e disse: ‘Molkhiúl, eu sabia que és um homem duro, ceifando onde não semeaste e colhendo onde não cultivaste. Tive medo de perder o teu dinheiro, portanto escondi-o na terra; aqui o tens. 26-28Mas o patrão respondeu: ‘Foste indolente e descuidado! Se sabias que ceifo onde não semeio e recolho onde não cultivo, devias ao menos ter posto o meu dinheiro no banco para que pudesse assim ter algum juro. Tirem o dinheiro a este homem e deem-no ao das dez moedas! 29-30Porque a quem usa bem o que lhe dão, mais se dará, e terá muito. Mas ao homem que é infiel, até o pouco que lhe foi confiado lhe será tirado. E mandem esse trabalhador inútil lá para fora, para a escuridão, onde há choro e desespero.Man-YAHU (Mat-us) 25:14-30

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: