ministeriohorafinal

Archive for maio \31\UTC 2010|Monthly archive page

“YAHU ULHIM Renova nossas forças!”

In Uncategorized on maio 31, 2010 at 11:06 am

“Não compreendes? Não sabes tu que o Eterno YÁHU ULHÍM, O Criador das mais distantes partes da terra, nunca fica cansado nem desfalecido? Ninguém jamais conseguirá descobrir as profundidades do seu pensamento. Dá novas forças ao que está cansado, multiplica as energias daquele que está fraco.  Até mesmo a juventude se cansará; há jovens que acabarão por desistir. Mas os que confiam em YÁHU ULHÍM renovarão as suas forças. Subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; andarão sem desfalecerem”.Yashua-YÁHU=Isaias- 40:28-31

Anúncios

A Cura do cego Bor-Timaús

In Uncategorized on maio 29, 2010 at 5:04 pm

Entretanto, chegaram a Yáricho. Quando, mais tarde, deixavam a cidade, seguia-os grande multidão, e aconteceu que um pedinte cego, chamado Bor-Timáus, filho de Timaus, estava sentado junto à estrada na altura em que YAOHÚSHUA passava. Quando Bor-Timaus soube que YAHÚSHUA Nudtzorothíy vinha perto, começou a gritar: “YAHÚSHUA, filho do rei Dáoud, tem misericórdia de mim!” ‘Cala-te’, diziam-lhe algumas pessoas. Mas ele gritava cada vez mais alto, sem se calar:’Ó filho de Dáoud, tem misericórdia de mim!’ YAHÚSHUA, ouvindo-o, parou no meio da estrada e mandou: “Digam-lhe que venha aqui”. E chamaram-no: “És um homem com sorte; vai que ele chamou-te”.Bor-Timaus despiu a capa que trazia, atirou-a para um lado, pôs-se de pé de um salto e encaminhou-se na direcção de YAHÚSHUA. “Que queres que te faça?”, perguntou YAHÚSHUA.”Maoro-éh, quero ver!” Está bem. A tua fé curou-te.” E no mesmo momento o cego começou a ver. E foi atrás de YAHÚSHUA pela estrada fora. Marcos 10:46-52

Tehillim 103

In Uncategorized on maio 26, 2010 at 10:16 pm

Teholyáo de Dáoud.

Oh, minha alma, louva YÁHU ULHÍM!
Que todas as fibras do meu ser exultem,  louvando o santo Shúam (Nome) de YÁHU ULHÍM!
Oh, minha alma, louva YÁHU ULHÍM! sem esquecer nenhuma das cousas boas que tem feito por mim!  Oh, minha alma, ele perdoa todos os teus pecados,  cura-te das tuas doenças!
Quer livrar-te do inferno  e encher a tua vida com a Sua Bondade, a sua misericórdia.
Encher-te-á de coisas boas,  de tal forma que a tua vida se renovará como a da águia!
YÁHU ULHÍM faz justiça a todos os oprimidos.
Revelou a sua vontade a Mehushúa. Mostrou tudo o que podia fazer ao povo de Yashorúl.
Ele é misericordioso e compassivo. Só em último caso é que atua com o seu castigo,  porque é grande a Sua Bondade.
Não guarda rancor, como os humanos, nem se mantém inflexivelmente irado, para sempre.
Pelo contrário: face aos nossos pecados,  não nos tratou como eles mereciam! Nem nos castigou como as nossas maldades o requeriam!
Pois a sua misericórdia para com os que o temem  é tão grande quanto a altura dos shua-ólmayao acima da terra.
Afastou de nós os nossos pecados para tão longe,  quanto o Oriente está afastado do Ocidente.
Ele é para nós como um pai,  afetuoso e compreensivo  para com todos os que o temem.
Pois conhece perfeitamente como somos feitos,  e lembra-se bem de que somos apenas pó!
Na verdade os nossos dias são poucos e curtos relativamente. Somos tal como as ervas e as plantas do campo,  que aparecem e crescem,  mas soprando-lhes o vento, desaparecem,  e só fica o lugar onde estavam!

Mas a misericórdia de YÁHU UL dura para sempre,  para com os que o temem. A sua salvação é para todos os que lhe são fiéis, assim como para os seus filhos  e toda a sua descendência,  desde que se lembrem dos seus mandamentos para os cumprirem.
YÁHU ULHÍM tem a base do seu poder lá em shua-ólmayao,  e dali domina sobre todas as coisas.
Haolul-YÁHU os seus anjos poderosos, que cumprem as suas ordens  e obedecem à sua palavra.
Haolul-YÁHU os seus exércitos celestiais,  que o servem e executam a sua vontade.
Haolul-YÁHU, todas as suas obras  que são o seu domínio. Oh, minha alma, louva YÁHU ULHÍM!

“Jogando por terra a mentira!”

In Uncategorized on maio 26, 2010 at 7:38 pm

Que foi que te disse YÁHU ULHÍM? , perguntou o rei ansioso. E a sua resposta foi:
Levanta-te Balaque e ouve. Escuta-me tu, filho de Zípor. YÁHU ULHÍM não é um homem para que possa mentir. Ele não muda de intenções como fazem os seres humanos. Alguma vez ele prometeu uma coisa sem que tenha cumprido o que disse?”Bamidbar(Números) 23:19

” A parábola do dinheiro investido (Talentos)

In Uncategorized on maio 26, 2010 at 11:24 am

14-15O Reino dos shua-ólmayao pode também ser comparado ao caso de um homem que ia para outro país e que, reunindo os empregados, lhes entregou dinheiro para o aplicarem por sua conta, enquanto andasse por fora. Entregou cinco moedas de ouro a um, duas a outro e uma ao último, conforme as capacidades de cada um, e depois partiu. 16-18O homem que recebeu cinco moedas de ouro começou logo a comprar e a vender com elas, e depressa ganhou outras cinco. O que tinha duas moedas deitou-se também ao trabalho e ganhou outras duas. Mas o que recebera uma cavou um buraco no chão e escondeu ali o dinheiro para o pôr bem seguro. 19Passado muito tempo, o patrão voltou da viagem e chamou-os para que dessem contas do dinheiro 20Aquele a quem tinha confiado cinco moedas de ouro trouxe-lhe dez 21O homem gabou-o pelo seu bom trabalho: ‘Foste fiel na maneira como negociaste com esta pequena quantia. Portanto vou entregar-te muito mais responsabilidades. E entretanto poderás gozar de todos os benefícios e privilégios que pus à tua disposição. 22Depois, veio o que tinha recebido duas moedas, que disse: ‘Confiaste-me duas moedas e dobrei a quantia. 23‘Bom trabalho, observou o patrão. ‘És um trabalhador capaz e de confiança. Foste fiel com essa pequena soma, por isso agora dou-te muito mais. 24-25Então veio o homem que recebera uma moeda e disse: ‘Molkhiúl, eu sabia que és um homem duro, ceifando onde não semeaste e colhendo onde não cultivaste. Tive medo de perder o teu dinheiro, portanto escondi-o na terra; aqui o tens. 26-28Mas o patrão respondeu: ‘Foste indolente e descuidado! Se sabias que ceifo onde não semeio e recolho onde não cultivo, devias ao menos ter posto o meu dinheiro no banco para que pudesse assim ter algum juro. Tirem o dinheiro a este homem e deem-no ao das dez moedas! 29-30Porque a quem usa bem o que lhe dão, mais se dará, e terá muito. Mas ao homem que é infiel, até o pouco que lhe foi confiado lhe será tirado. E mandem esse trabalhador inútil lá para fora, para a escuridão, onde há choro e desespero.Man-YAHU (Mat-us) 25:14-30

“YAOHU ULHIM não é homem, para mentir!”

In Uncategorized on maio 25, 2010 at 9:44 pm

“Que foi que te disse YÁHU ULHÍM? perguntou o rei ansioso. E a sua resposta foi:
Levanta-te Balaque e ouve. Escuta-me tu, filho de Zípor. YÁHU ULHÍM não é um homem para que possa mentir. Ele não muda de intenções como fazem os seres humanos. Alguma vez ele prometeu uma coisa sem que tenha cumprido o que disse?”Bamidbar (Números)23:19

“Os entendidos brilharão como o resplendor do sol, no firmamento. Os que ensinam a muitos a justiça refulgirão como ‘cocavím’ (est-elas) para sempre”.Dayan-ÚL 12:3

In Uncategorized on maio 21, 2010 at 10:58 am

” A Vinda de YAHU UL!” (O Arrebatamento)

In Uncategorized on maio 16, 2010 at 2:05 pm

A vinda de YÁHU UL!

“Não quero, irmãos, que ignorem o que se passa com os crentes que já dormem o seu último sono, para que não caiam na tristeza, como o resto das gentes que vivem sem esperança. Porque se cremos que YAHÚSHUA, depois de morrer, ressuscitou, também devemos crer que todos aqueles que morreram, fiéis a YAHÚSHUA, YÁHU UL os tornará a trazer à vida, na companhia de YAHÚSHUA. E isto vos dizemos apoiando-nos na palavra de YÁHU UL, que aqueles que estiverem vivos, quando da vinda de YÁHU UL, não serão esses quem primeiro se irá juntar a YÁHU UL. Antes YÁHU UL descerá do céu, acompanhado de um potente clamor, com brado de arcanjo e com o toque da trombeta de YÁHU UL. Então os crentes em hol-MEHUSHKHÁY ressuscitarão nessa altura. Depois, aqueles que estiverem vivos serão levados juntamente com eles nas núvens, ao encontro de YÁHU UL, nos ares. E assim ficaremos unidos a ele, para sempre. Que estas palavras vos sirvam para se animarem uns aos outros.

Quanto à época e ao momento em que isto acontecerá, irmãos, não preciso de vos escrever a esse respeito. Porque vocês sabem bem que esse grande dia virá inesperadamente, como um ladrão na noite. Na verdade, quando as pessoas disserem :”Agora há paz e segurança!”, então virá sobre elas, de súbito, a catástrofe. Será como quando uma grávida começa sentindo as dores do parto. Não poderão escapar, de forma alguma. Mas vocês, irmãos, já não vivem mais nas trevas, para que venham a ser surpreendidos por esse momento como por um ladrão. Pois são todos filhos da luz, filhos do dia. Não pertencemos mais ao domínio da noite e das trevas. Estejamos então vigilantes, e não adormecidos como o resto das gentes. Estejamos alerta e sejamos sóbrios. Em geral, é de noite que as pessoas dormem e também que se embebedam. Mas nós vivemos na luz do dia; e é por isso que devemos ser moderados, revestindo-nos da couraça da fé e do amor, tendo como capacete a esperança da salvação YÁOHU UL não nos destina à condenação, mas antes à posse da salvação, através de nosso Molkhiúl YAHÚSHUA hol-MEHUSHKHÁY, o qual morreu por nós para que, quer estejamos vivos, quer estejamos já mortos, quando ele vier, possamos viver juntamente com ele.Por isso animem-se uns aos outros, contribuindo mutuamente para o fortalecimento da fé; é aliás isso que têm vindo a fazer.”

Exortações e votos finais

“E pedimo-vos, irmãos, que respeitem aqueles que trabalham no vosso meio ao serviço de YÁHU UL, que vos dirigem e vos aconselham. Mostrem-lhes toda a vossa estima e afeição, porque é justo, em razão das funções que desempenham na obra de YÁHU UL. Vivam em paz uns com os outros. 14Admoestem os que são preguiçosos; animem os que se desencorajam facilmente; fortaleçam os que estão fracos; sejam pacientes com todos. Que ninguém retribua o mal com o mal. Que o bem seja a regra da vossa vida, não só entre crentes, como para com todos. Conservem em todo momento a vossa alegria. Orem sem cessar! Que todas as coisas sejam uma razão de expressarem o vosso reconhecimento a YÁOHU UL. Esta é a vontade de YÁHU UL para convosco, os que vivem em hol-MEHUSHKHÁY YAHÚSHUA. Não entravem a ação de RÚKHA-YÁHU. Não desprezem as profecias, mas examinem tudo o que é dito. Guardem o que for bom. Evitem qualquer espécie de mal. E que YÁHU UL de paz, Ele próprio, vos torne puros de uma forma integral. E que todo o vosso ser -espírito, alma e corpo- se mantenha plenamente sem culpa, até ao dia em que o nosso Molkhiúl YAHÚSHUA hol-MEHUSHKHÁY voltar. YÁHU UL, que vos chamou, é fiel. E ele tudo fará por vocês. Orem por nós, irmãos. Deem a todos os crentes um beijo fraterno. Em Shúam (Nome) de YÁHU UL vos peço que sem falta façam ler esta carta a todos os crentes, os filhos de YÁHU UL. O meu voto é que a graça de nosso Molkhiúl YAHÚSHUA hol-MEHUSHKHÁY seja convosco.”  1 Tessalonicenses 4;13/5:-28

“Oy de vocês, farsyím e professores da lei, fingidos!”

In Uncategorized on maio 14, 2010 at 1:25 pm

“Oy de vocês, Farsyím e profesores da lei, fingidos! Não deixam entrar os outros no reino dos shua-ólmayao, mas também lá não entrarão. Aparentam santidade com longas orações nas ruas, quando, afinal, roubam às viúvas, as suas casas! Sim, oy de vocês, fingidos, porque fazem tudo para converter alguém e depois tornam essa pessoa duas vezes mais filha do inferno do que vocês mesmos! Man-YAHU 23:15

” YAHU UL EM NÓS PELO RÚKHA HOL HODSHUA!”

In Uncategorized on maio 13, 2010 at 3:14 am

“Meus queridos amigos, vocês pertencem a YÁHU UL, e já está ganha a vossa luta contra aqueles que se opõem a hol-MEHUSHKHÁY, porque o RÚKHA que vive em vosso coração é maior que o espírito que vive nas pessoas do mundo.”1 YAHU-Khánam 4:4